Teatro Cemitério de Automóveis abre nova sede com peça premiada de Mário Bortolotto Nossa Vida Não Vale Um Chevrolet

Cena da premiada peça Nossa Vida Não Vale Um Chevrolet - Foto: Edson Kumasaka - Blog do Arcanjo
Cena da premiada peça Nossa Vida Não Vale Um Chevrolet – Foto: Edson Kumasaka – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

O tempo voou para o grupo de teatro Cemitério de Automóveis, que contabiliza nada menos que quatro décadas de história. Uma das novidades da companhia, que fez história na rua Frei Caneca, é a inauguração de seu novo espaço de atuação. O novo endereço está localizado na Rua Francisca Miquelina, 155, no bairro da Bela Vista, em São Paulo.

Para abrir a sede, a trupe escolheu remontar a peça Nossa Vida Não Vale Um Chevrolet, de seu fundador, o dramaturgo, ator e diretor Mário Bortolotto. O premiado espetáculo de 32 anos será encenado no palco André Ceccato, uma merecida homenagem ao ator que integrava o grupo e que morreu em julho do ano passado.

O elenco é formado por Carcarah, Rebecca Leão, Eldo Mendes, Daniel Sato, Alexandre Tigano, Débora Stérr, Paulo Jordão e Ian Uviedo.

Vale destacar que o autor e diretor Mário Bortolotto recebeu o Prêmio Shell de Melhor Autor do ano de 2000 por esse texto e, no mesmo ano, recebeu o Prêmio APCA de Melhor Autor pelo Conjunto da Obra.

A montagem participou da edição de 2001 do Porto Alegre Em Cena e da edição de 2002 do Festival Internacional Palco e Rua de Belo Horizonte. A obra esteve em cartaz pela última vez em 2008.

A trama

O espetáculo acompanha quatro irmãos que precisam lidar com a morte do pai e suas consequências, em um meio onde não se é possível confiar em ninguém.

Os quatro filhos do ladrão de carros Osvaldo Castilho não parecem ter um rumo certo na vida. Enquanto a única mulher, Magali, vive como stripper e tem um relacionamento com o mau caráter Gomes, os irmãos Monk e Lupa seguem roubando carros.

O mais novo do bando, Slide, sem dom para o crime, tenta aproveitar a oportunidade de se tornar um lutador de rua. Enquanto isso, a solitária Silvia se envolve com cada um dos homens da família Castilho.

Colaborou Michele Marreira

Nossa Vida Não Vale Um Chevrolet

Quando: 27 de abril até 08 de maio de 2022. De quarta a sábado, às 21h, domingos, às 20h.
Onde: Novo Teatro Cemitério de Automóveis – Rua Francisca Miquelina, 155, Bela Vista, SP.
Quanto: R$40 (inteira) e R$20 (meia-entrada) – Retire seu ingresso!

Blog do Arcanjo mostra imagens da peça

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.