Musical Morte e Vida Severina estreia no Tuca aplaudido por personalidades da cultura

As produtoras Célia Forte e Selma Morente, da Morente Forte, celebram o sucesso da estreia do musical Morte e Vida Severina, no Tuca, em São Paulo – Foto: Edson Lopes Jr. – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo
Fotos EDSON LOPES JR.
@edson_lopes_jr

Uma noite de fôlego novo na retomada de nosso teatro. Assim foi a movimentada estreia do musical Morte e Vida Severina, produzido pela Morente Forte, de Célia Forte e Selma Morente, no Teatro Tuca, em São Paulo, sob direção de Elias Andreato, nesta sexta (15). O musical está em cartaz às sextas e sábados, 21h, e domingo, 19h. Retire seu ingresso!

Dois destaques da encenação são a participação em voz de Maria Bethânia e a cenografia em tons pastéis criada por Elifas Andreato (1946-2022), grande artista brasileiro que morreu em 29 de março último e é irmão do diretor.

Trata-se da última criação de Elifas Andreato para o teatro brasileiro, com o qual teve grande proximidade durante toda sua trajetória, assim como a música popular. Elifas foi homenageado ao fim do espetáculo, emocionando a todos os presentes.

Aliás, na plateia da estreia estavam artistas consagrados e personalidades da cultura brasileira, como Marília Gabriela, Denise Fraga, Maria Luísa Mendonça e Leopoldo Pacheco, entre outros, como você verá a seguir.

O diretor Elias Andreato na estreia do musical Morte e Vida Severina no Tuca – Foto: Edson Lopes Jr. – Blog do Arcanjo
O ator Dudu Galvão abraça o diretor Elias Andreato na estreia do musical Morte e Vida Severina no Tuca – Foto: Edson Lopes Jr. – Blog do Arcanjo

Célia Forte, que também é dramaturga e escritora, fez questão de receber o público com um exemplar da edição original do livro de poesia Morte e Vida Severina, do poeta pernambucano João Cabral de Melo Neto (1920-1999).

A obra aborda as agruras do homem sertanejo que parte rumo à cidade grande e que ganhou canções de Chico Buarque no musical encenado pela primeira vez há 56 anos no mesmo Tuca, em 1965, sob direção de Silnei Siqueira e Roberto Freire.

Artistas no último ensaio momentos antes da estreia do musical Morte e Vida Severina no Tuca – Foto: Edson Lopes Jr. – Blog do Arcanjo

Dessa vez, sob comando de Elias Andreato, o elenco de Morte e Vida Severina é composto por 13 atores: Dudu Galvão, Andréa Bassitt, Badu Morais, Beatriz Amado, Fernando Rubro, Gabriella Britto, Ivan Vellame, Jana Fiarella, Jonathan Faria, João Pedro Attuy, Pablo Áscoli, Patricia Gasppar e Raphael Mota.

Já a banda, também presente em cena, é formada pelos músicos Beatriz França, Bruno Menegatti, Dicinho Areias, Raphael Coelho e Ricardo Dutra.

O diretor musical Marco França na estreia do musical Morte e Vida Severina no Tuca – Foto: Edson Lopes Jr. – Blog do Arcanjo

Morte e Vida Severina ainda conta com direção musical de Marco França, assistência de direção de Júnior Docini, além de figurinos de Fabio Namatame, luz de Elias Andreato e Júnior Docini, desenho de som de Marcelo Claret e direção de movimento de Roberto Alencar.

O Blog do Arcanjo acompanhou com exclusividade a noite de estreia e mostra como foi nas imagens de Edson Lopes Jr.

Blog do Arcanjo mostra bastidores da estreia do musical Morte e Vida Severina no Tuca

Blog do Arcanjo mostra quem aplaudiu estreia do musical Morte e Vida Severina no Tuca

Retire seu ingresso para Morte e Vida Severina

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Morte e Vida Severina volta ao Teatro Tuca após 56 anos – Divulgação/Morente Forte – Blog do Arcanjo
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.