Festival de Curitiba faz tributo a Roberto Innocente com Aconteceu no Brasil, Enquanto o Ônibus Não Vem

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo
Enviado especial ao Festival de Curitiba*

Aconteceu no Brasil, Enquanto o Ônibus não vem celebrou legado de Roberto Innocente, diretor vitimado pela Covid-19, no 30º Festival de Curitiba – Foto: Humberto Araújo – Blog do Arcanjo

Por MATHEUS CHERMONT
Colaboração para o Blog do Arcanjo no Festival de Curitiba*

A praça Santos Andrade recebeu na manhã desta quinta-feira (7), dentro da programação do Festival na Rua, o espetáculo Aconteceu no Brasil Enquanto o Ônibus Não Vem. A peça foi premiada em todas as categorias do Troféu Gralha Azul, o mais importante do teatro paranaense, além de ser um ícone nos 30 anos de história do Festival de Curitiba.

Roberto Innocente

Originalmente com a direção de Roberto Innocente, o espetáculo foi marcado por diversas homenagens, pois, na data da apresentação, completou um ano do falecimento dele, vítima da Covid-19. Foi também a primeira vez que a peça foi encenada após a morte do diretor.

O espetáculo protagonizado por Douglas Kodi, Mevelyn Gonçalves, Caroline Marzoni, Duilio de Pol, Joseane Berenda, Marcelo Felczak e Douglas Borba, do Grupo Commedia Dell’arte Brasileira, ao longe de seus 60 minutos, fala sobre a história sociopolítica, econômica e artística de uma forma poética.

Público lotou escadarias da UFPR na Praça Santos Andrade para ver Aconteceu no Brasil, Enquanto o Ônibus Não Vem, que celebrou legado de Roberto Innocente, diretor vitimado pela Covid-19, no 30º Festival de Curitiba – Foto: Humberto Araújo – Blog do Arcanjo

A trama traz ao público a história do Brasil contada de outra forma, buscando despertar uma reflexão sobre a colisão do passado com o presente e até mesmo com o futuro, utilizando-se de grande interação com o público.

O ator Douglas Kodi relata que a peça de rua dá a eles o direito de jogar com a plateia e traz também um maior realismo com o momento.

Sobre o troféu Gralha Azul, a mais importante premiação de teatro do Paraná, que foi concedido à peça em 2007, Douglas Kodi relembra:

“Foi muito importante, pois ganhamos em todas as categorias e fomos a primeira peça de rua a ganhar o prêmio”, afirmou.

Ele ainda reforçou o tamanho do feito conquistado, justamente pela peça ser voltada para comédia.

A próxima apresentação será no dia 9 de abril, às 11h, no calçadão de São José dos Pinhais.

*Reportagem por Matheus Chermont, estudante de Jornalismo da Universidade Positivo, sob orientação da jornalista e professora Katia Brembatti, em parceria com o Blog do Arcanjo no Festival de Curitiba. Conheça o site UP no Festival.

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado viajou a convite do Festival de Curitiba.

Siga @miguel.arcanjo no Instagram

Ouça Arcanjo Pod no Spotify

Blog do Arcanjo no YouTube

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Jornalista cultural influente e respeitado no Brasil, Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, desde 2019. É Mestre em Artes pela UNESP, Pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, Bacharel em Comunicação pela UFMG e Crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e apresenta o Arcanjo Pod. Eleito três vezes um dos melhores jornalistas culturais do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, UMA, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. Integra o júri de Prêmio Arcanjo, Prêmio Jabuti, Prêmio Governador do Estado de São Paulo, Prêmio Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Prêmio Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. Vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil, Prêmio Leda Maria Martins e Medalha Mário de Andrade do Prêmio Governador do Estado, maior honraria na área de Letras de São Paulo.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *