Zé Celso faz 85 anos e celebra Esperando Godot com Alexandre Borges e Marcelo Drummond

O diretor Zé Celso celebra aniversário na estreia nacional de sua peça - Foto: Jennifer Glass – Blog do Arcanjo
O diretor Zé Celso celebra aniversário na estreia nacional de sua peça – Foto: Jennifer Glass – Blog do Arcanjo

A noite desta quarta-feira, 30 de março, promete grandes emoções no palco do Teatro Sesc Pompéia, na capital paulista. Tudo porque o gênio da dramaturgia brasileira, José Celso Martinez Correa, o aclamado diretor Zé Celso, vai celebrar seus 85 anos de vida na estreia nacional do espetáculo Esperando Godot, protagonizado pelos atores Alexandre Borges e Marcelo Drummond.


O criador do Teat(r)o Oficina terá motivos de sobra para festejar – muito além de mais uma primavera. Será sua primeira direção teatral, depois de dois anos, desde a suspensão imposta pela pandemia da Covid-19.


A peça de Samuel Beckett, escrita pós Segunda Guerra Mundial, nasce para o mundo mais uma vez, como sempre surgiu, entre guerras, estremecendo nossas inércias e os abismos que nos circundam. O espetáculo ficará três semanas no Sesc SP e na sequência, seguirá em cartaz na sede do grupo, no Bixiga, eleito o mais belo teatro do mundo pelo jornal inglês The Guardian.


“Com sua verve dionisíaca e carnavalesca – em um mundo que se encontra órfão de encontros e fantasias. E sua interpretação mordaz das feridas que permanecem abertas, o Teatro Oficina volta a pisar o tablado diante de uma plateia”, ressalta Danilo Santos de Miranda, diretor do Sesc São Paulo.


O projeto marca também o retorno de Alexandre Borges a um espetáculo da companhia depois de quase 30 anos. O ator viveu o Rei Cláudio na montagem de Hamlet, de William Shakespeare, em 1993.
Vale ressaltar que Esperando Godot é uma peça de forte simbologia para a Companhia e foi o último espetáculo de Cacilda Becker (1969), que passou mal em cena e morreu pouco depois.

Colaborou Michele Marreira.

Vladimir (Alexandre Borges) e Estragão (Marcelo Drummond) - Foto: Jennifer Glass – Blog do Arcanjo
Vladimir (Alexandre Borges) e Estragão (Marcelo Drummond) – Foto: Jennifer Glass – Blog do Arcanjo


Esperando Godot
Quando: quarta a sábado, 19h. domingo, 17h. (15/04, feriado da Sexta-feira Santa, não haverá apresentação)
Onde: Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93 – Água Branca, São Paulo, SP
Quanto: R$ 40 (inteira), R$ 20 (credencial plena do Sesc: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo
Indicação etária: 18 anos

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.