Musical Sweeney Todd chega ao Brasil 43 anos após levar terror à Broadway

Sweeney Tood chega ao Brasil 43 anos após estrear na Broadway com Andrezza Massei e Rodrigo Lombardi – Foto: Stephan Solon Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Um dos grandes musicais de terror e suspense da Broadway, Sweeney Todd, O Cruel Barbeiro da Rua Fleet chega a São Paulo nesta sexta (18) no 033 Rooftop com a saga de um serial killer londrino, dono de uma afiada e temida navalha.

Com músicas e letras da lenda Stephen Sondheim, que morreu no ano passado, e libreto de Hugh Wheeler, o espetáculo estreou na Broadway em 1979 e levou 8 prêmios Tony. Agora, 43 anos depois, a versão brasileira é protagonizada por Rodrigo Lombardi.

O elenco traz astros e estrelas dos musicais, como Andrezza Massei, Mateus Ribeiro, Gui Leal, Guilherme Sant’Anna e Amanda Vicente, entre outros.

Não custa lembrar que a história virou o filme Sweeney Todd em 2007 sob direção de Tim Burton, com a dupla Johnny Depp e Helena Bonham Carter, produção vencedora do Oscar de melhor direção de arte.

No Globo de Ouro, o longa ganhou nas categorias de Melhor Filme de Comédia ou Musical, Melhor Ator em Comédia ou Musical (Johnny Depp), Melhor Atriz em Comédia ou Musical (Helena Bonham Carter) e Melhor Diretor (Tim Burton).

O musical no 033 Rooftop tem formato imersivo. Na plateia com mesas e cadeiras, o público poderá desfrutar de um menu variado com gastronomia feita totalmente com alimentação vegetariana.

Fio da navalha

A superprodução narra a vida de Benjamin Barker, barbeiro que se viu obrigado a ir embora de Londres por conta de uma briga com o cruel Juiz Turpin (Guilherme Sant’Anna).

Após 15 anos afastado da cidade ele retorna sob o pseudônimo Sweeney Todd (Rodrigo Lombardi) e sedento por vingança. Ao chegar ao lugar onde funcionava sua antiga barbearia, na Rua Fleet, Todd se depara com uma arruinada loja de tortas administrada pela Dona Lovett (Andrezza Massei).

A partir daí, Todd e Lovett unem forças para que ele se vingue de Turpin e ela, bem… para que ela faça sua loja crescer com tortas recheadas de ingredientes muito suspeitos. Mateus Ribeiro, astro dos musicais Peter Pan e Chaves, interpreta o jovem Tobias Ragg.

A adaptação brasileira tem direção musical de Fernanda Maia e direção geral de Zé Henrique de Paula, com produção executiva de Adriana Del Claro, da Del Claro Produções, mesmo trio responsável pelo sucesso de público e de crítica Chaves, Um Tributo Musical.

Atores e personagens

Rodrigo Lombardi – Sweeney Todd/ Benjamin Barker

Andrezza Massei – Dona Lovett

Mateus Ribeiro – Tobias Ragg

Amanda Vicente – Lucy Barker (e cover de Dona Lovett)

Guilherme Sant’Anna – Juiz Turpin

Gui Leal – Criado Bamford

Caru Truzzi – Johanna

Dennis Pinheiro – Anthony

Elton Towersey – Adolfo Pirelli

Pedro Navarro – Adolfo Pirelli

Renato Caetano – Cover de Juiz Turpin

Diego Luri – Cover de Sweeney Todd

Edmundo Vitor – Cover de Tobias Ragg

Davi Novaes – Cover de Criado Bamford

Pedro Silveira – Cover de Anthony

Sofie Orleans – Cover de Johanna

Bel Barros – Cover de Lucy Barker

Pamella Machado – Cover de Lucy Barker

SWEENEY TODD – O CRUEL BARBEIRO DA RUA FLEET

Quando: 18/03/2022 a 1º/5/2022 – Sextas, às 21h30 / Sábados, às 16h e 20h30 / Domingos, às 18h. 120 min (com 15 min de intervalo)
Onde: 033 Rooftop do Teatro Santander – Complexo do Shopping JK – Av. Juscelino Kubitschek, 2041 – Itaim Bibi – SP
Quanto: R$ 37,50 a R$ 220

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Um dos mais influentes e respeitados jornalistas e críticos culturais do Brasil, Miguel Arcanjo Prado dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Foi eleito entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, Rede Brasil, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil e Argentina se beijam na Copa do Mundo do Qatar 2022 Após críticas, Nômade Festival coloca negros com Erykah Badu Festival de Curitiba anuncia novidades em 2023 II Expo Internacional Consciência Negra SP The Crown mostra que Charles traiu Diana