Bárbara Paz volta à TV como Úrsula em Além da Ilusão: ‘Ardilosa’ | Entrevista

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Ardilosa. Assim a personagem Úrsula Alves é definida por sua intérprete Bárbara Paz na próxima novela das seis da Globo, Além da Ilusão, que estreia em 7 de fevereiro de 2022.

A trama de Alessandra Poggi tem direção artística de Luiz Henrique Rios e é escrita com Adriana Chevalier, Letícia Mey, Flávio Marinho e Rita Lemgruber, sob direção geral de Luís Felipe Sá e direção de Tande Bressane, Jeferson De e Joana Clark, além de produção de Mauricio Quaresma e direção de gênero de José Luiz Villamarim. 

Órfã ainda criança, a personagem Úrsula encontrou seu lugar na casa de Eugênio Barbosa (Marcello Novaes), onde torna-se cozinheira. Ela nutre uma paixão pelo patrão, a quem convida para ser padrinho de seu filho, Joaquim (Thiago Voltolini/Danilo Mesquita). O rapaz torna-se mau-caráter e é bastante influenciado pela mãe. O filho de Úrsula sonha em se tornar herdeiro do padrinho, sem que este desconfie de suas tramoias.

Ao herdar um bom dinheiro, Eugênio vai propor sociedade a Violeta (Malu Galli), viabilizando a construção de uma tecelagem nas terras do antigo engenho de cana-de-açúcar. Com isso, o interesse de Joaquim também alcança as posses da Família Tapajós, já que sua mãe o incentiva a se aproximar de Isadora (Sofia Budke/ Larissa Manoela) ainda na infância para um dia casar com ela e também herdar tudo.
 
Ao Blog do Arcanjo, Bárbara Paz dá detalhes da personagem que marca sua volta às novelas após cinco anos nos quais de dedicou mais ao cinema e ao premiado filme Babenco – Alguém Tem Que Ouvir o Coração e Dizer: Parou, vencedor do Festival de Veneza e do Prêmio Arcanjo de Cultura 2020.

Leia com toda a calma do mundo.

Bárbara Paz é a ardilosa Úrsula em Além da Ilusão, nova novela das seis da Globo - Foto: Paulo Belote/Divulgação Globo - Blog do Arcanjo 2022
Bárbara Paz é a ardilosa Úrsula em Além da Ilusão, nova novela das seis da Globo – Foto: Paulo Belote/Divulgação Globo – Blog do Arcanjo 2022

Blog do Arcanjo – Como você define a Úrsula e em que se inspirou para interpretá-la?
Bárbara Paz –
Úrsula é misteriosa, ardilosa, uma mulher ambiciosa, e que tem uma história de vida forte. Não me inspirei em ninguém para fazê-la, simplesmente acho que uma mulher dos anos 40, que passou por essa guerra, que passou por várias coisas num momento da vida em que a mulher não tinha voz, uma pessoa que se cria sozinha, que é mãe solteira tem muitos obstáculos. E falo não só da Úrsula, mas das mulheres em geral dessa época em que se divorciar, separar, ser mãe solteira era incabível, um afronte, era mulher non grata… Então essas mulheres, sim, são as inspirações. Em uma época em que ao mesmo tempo nós, mulheres, sofremos, mas é também um período muito bonito, começando a libertação, dos anos 20, 30 e 40, com movimentos muito importantes para o feminino.
 
Blog do Arcanjo – Qual sua expectativa para esse trabalho?
Bárbara Paz –
‘Além da Ilusão’ é uma novela leve, suave, uma novela das seis, que conta quase como uma fábula uma história de amor e dor, porque todo amor tem dor, um grande folhetim como deve ser. É uma novela que tem a leveza que um folhetim pode ter, que tem seus lados escuros e claros, como é a vida. Fala dos dois lados de uma mesma história, do que o destino reserva para cada um, e como um pode enganar o outro. Acho que tudo tem um outro lado na vida, nada é uma coisa só, nada é o que parece, sempre tem o outro lado da moeda. Esses dois lados que todo ser humano tem.
 
Blog do Arcanjo – Como é a relação de Úrsula com seu filho Joaquim?
Bárbara Paz –
A Úrsula, como uma boa mãe possessiva, usa bastante o filho para ensinar o que não deveria e para suprir o que ela não teve em vida. Está gerando uma pessoa bastante ambiciosa, assim como ela, talvez até pior. A criação do Joaquim não foi fácil, mas os dois têm uma relação de cumplicidade, até certo ponto, que a gente vai ver durante a novela, mas é uma relação de cumplicidade muito forte, de um endeusamento que esse filho tem por essa mãe, de uma confiança, uma entrega… Eles viram o jogo mesmo, Úrsula e Joaquim são parceiros no jogo da vida.
 
Blog do Arcanjo – E a relação da Úrsula com o patrão Eugênio?
Bárbara Paz –
Eugênio é a grande paixão da vida da Úrsula, foi um homem que a ajudou na vida e ela vai fazer de tudo para conquistá-lo, para conquistar esse coração, passando por cima de tudo o que vier pela frente, para poder deixá-lo sozinho no caminho. Essa é a grande meta da Úrsula, conquistar o Eugênio, com tudo o que vem junto.
 
Blog do Arcanjo – Úrsula é a grande vilã da novela?
Bárbara Paz –
Vilão é uma palavra tão forte, né? Acredito que ela não é só uma pessoa malvada, que vai fazer coisas ruins. Não. Ela é uma mulher tentando sobreviver, tentando ser alguém na vida, mesmo que, pra isso, ela tenha que passar por cima de muita coisa e muita gente. Ela vai fazer de tudo para alcançar o que deseja na vida, que é ser alguém, ter um sobrenome, uma família, uma estabilidade financeira… E aí durante a novela você vai perceber quem ela é. Acho que de vilania todo ser humano está cheio, depende do ponto de vista. Então ela é mais uma.

Agradecimento Comunicação Globo

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg


 

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.