APCA escolhe Top 50 álbuns 2021: veja lista!

Top 50 da APCA traz os melhores discos de 2021 pelo júri de Música da Associação Paulista de Críticos de Artes - Foto: Divulgação - Blog do Arcanjo
Top 50 da APCA traz os melhores discos de 2021 pelo júri de Música da Associação Paulista de Críticos de Artes – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

O júri de Música da APCA (Associação Paulista dos Críticos de Artes) anunciu a sua lista com os 50 melhores álbuns brasileiros lançados em 2021, uma pré-lista que definirá o melhor disco da categoria neste ano. Os indicados foram selecionados pelo júri formado pelos jornalistas Adriana de Barros (editora do site da TV Cultura e colunista do Portal Terra), Alexandre Matias (Trabalho Sujo), José Norberto Flesch (youtube.com/JoseNorbertoFlesch), Marcelo Costa (Scream & Yell), Pedro Antunes (Tem um Gato na Minha Vitrola) e Roberta Martinelli (Radio Eldorado e TV Cultura). Os jurados de Música se reunirão novamente em janeiro de 2022 para debater a pré-lista dos demais prêmios (como Artista do Ano e Revelação, entre outros). A APCA, por sua vez, irá se reunir no final de janeiro para escolher os melhores de 2021 em 10 categorias. A data da cerimônia de premiação referente aos Melhores de 2021 ainda será marcada, devendo ocorrer no primeiro trimestre de 2022, em formato a ser definido. O Blog do Arcanjo mostra a lista dos 50 melhores álbuns brasileiros lançados em 2021 pela APCA, em ordem alfabética, a seguir.

TOP 50 Álbuns 2021 da APCA

Alessandra Leão – “Acesa” (Garganta Records / Ori Records / Yb Musi)

Amaro Freitas – “Sankofa” (Far Out Recordings / Natura Musical)

Badsista – “Gueto Elegante” (Independente)

BaianaSystem – “OxeAxeExu” (Selo Máquina de Louco)

Bemti – “Logo Ali” (Independente / Natura Musical))

Blubell – “Música Solar Para Tempos Sombrios” (YB MUsic)

Bonifrate – “Corisco” (OAR)

Caetano Veloso – “Meu Coco” (Sony Music)

Charme Chulo – “O Negócio É O Seguinte” (Independente)

Djonga – “Nu” (Ceia)

Don L – “Roteiro Pra Aïnouz, Vol. 2” (Caro Vapor Vidas)

Duda Beat – “Te Amo Lá Fora” (Independente)

Duda Brack – “Caco de Vidro” (Matogrosso / Alá Comunicação e Cultura)

Eliminadorzinho – “Rock Jr.” (Cavaca Records)

FBC & VHOOR – “Baile” (Independente)

Francisco, El Hombre – “Casa Francisco” (Independente)

Fresno – “Vou Ter Que Me Virar” (BMG)

Giovani Cidreira – “Nebulosa Baby” (Selo RISCO)

In Venus – “Sintoma” (Efusiva)

Índio da Cuíca – “Malandro 5 Estrelas” (QTV)

Jadsa – “Olho de Vidro” (Balaclava Records)

Jennifer Souza – “Pacífica Pedra Branca” (Balaclava Records)

João Donato e Jards Macalé – “Síntese do Lance” (Rocinante)

Jonathan Ferr – “Cura” (SLAP)

Juçara Marçal – “Delta Estácio Blues” (QTV / Natura Musical)

Juliana Linhares – “Nordeste Ficção” (Independente)

Liège – “Ecdise” (Natura Musical)

Liniker – “Indigo Borboleta Anil” (Estúdio Brocal)

Linn da Quebrada – “Trava Línguas” (Independente / Natura Musical)

Lupe de Lupe – “Lula” (Balaclava Records / Geração Perdida de Minas Gerais)

Macaco Bong – “Mondo Verbero” (Independente)

Manu Gavassi – “Gracinha” (Universal)

Maria Portugal – “Erosão” (Selo RISCO)

Marina Sena – “De Primeira” (Alá Comunicação e Cultura / A Quadrilha)

Marisa Monte – “Portas” (Phonomotor / Sony Music)

Mateus Aleluia – “Afrocanto das Nações – Jêje” (Natura Musical)

Mbé – “Rocinha” (QTV)

Nego Bala – “Da Boca do Lixo” (CoalaLab)

Pabllo Vittar – “Batidão Tropical” (Sony Music)

Papangu – “Holoceno” (Independente)

Psilosample – “Jornada Selvagem” (Voodoohop)

Rico Dalasam – ”Dolores Dala Guardião do Alívio” (Independente)

Rodrigo Amarante – “Drama” (Polyvinyl)

Sophia Chablau e Uma Enorme Perda de Tempo – “Sophia Chablau e Uma Enorme Perda de Tempo” (Selo RISCO)

Sugar Kane – “Novidade Média” (Flecha Discos / Forever Vacation Records )

Tagore – “Maya” (Estelita)

Tasha & Tracie – “Diretoria” (Ceia)

The Baggios – “Tupã-Rá” (Toca Discos)

Thiago França – “Bodiado” (Independente)

Tuyo – “Chegamos Sozinhos em Casa” (Independente)

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico de artes Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Grupo Folha, Grupo Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, UMA, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor das premiações Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil, entre outras. Foto: Edson Lopes Jr.

© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados | Proibida reprodução sem citação com link.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *