Conselheiros da Adaap, Danilo Santos de Miranda e Maria Adelaide Amaral vencem Prêmio Governo do Estado de São Paulo

Danilo Santos de Miranda e Maria Adelaide Amaral, integrantes do Conselho da Adaap, venceram o Prêmio Governo do Estado de São Paulo – Foto: Divulgação e Bruno Poletti – Blog do Arcanjo

Os conselheiros da Adaap (Associação dos Artistas Amigos da Praça) Maria Adelaide Amaral e Danilo Santos de Miranda saíram vitoriosos do Prêmio Governo do Estado de São Paulo na última segunda, 13. Miranda, diretor regional do Sesc São Paulo, venceu na categoria Formação e Capacitação em Arte e Cultura, “pelo conjunto de atividades do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo”. Já Amaral, dramaturga, escritora e novelista, recebeu a Medalha Mário de Andrade, “por seu destaque e contribuição no campo das letras e da gestão”.

A cerimônia contou com a presença do governador de São Paulo, João Doria, do vice-governador, Rodrigo Garcia, do secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Sérgio Sá Leitão, e da secretária de Cultura da Cidade de São Paulo, Aline Torres.

Rodrigo Garcia, João Doria e Sérgio Sá Leitão no Prêmio Governo do Estado de São Paulo no Palácio dos Bandeirantes – Foto: Bruno Poletti – Divulgação

Também estiveram entre os melhores do evento Premiações da Cultura de São Paulo outros nomes da Adaap: o conselheiro da Adaap Eduardo Saron, na categoria Inovação e Tecnologia em Arte e Cultura, “pelo conjunto de atividades do Itaú Cultural”; Ivam Cabral, diretor executivo da Adaap e SP Escola de Teatro, e Rodolfo García Vázquez, coordenador do curso de Direção da SP Escola de Teatro, na categoria Grupos, Companhias e Corpos Estáveis, “pelo conjunto de atividades da Companhia de Teatro Os Satyros”; e Miguel Arcanjo Prado, coordenador de Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro, “pela realização do Blog do Arcanjo”.

O secretário de Cultura e Economia Criativa Sérgio Sá Leitão – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Governo de São Paulo homenageia 50 personalidades do setor cultural no Palácio dos Bandeirantes

Premiações da Cultura de São Paulo 2020/2021 concedeu medalhas, prêmios e troféus aos profissionais que se destacaram nas áreas das artes, como literatura, artes plásticas e gestão cultural

O governador João Doria realizou na noite desta segunda-feira 13/12, no Palácio dos Bandeirantes, a cerimônia de Premiações da Cultura de São Paulo 2020/2021. Na ocasião, foram condecorados 50 profissionais que se destacaram por seus trabalhos dedicados ao desenvolvimento e à promoção da cultura no Estado. O propósito foi reconhecer e prestigiar aqueles que mantiveram viva a cultura paulista durante o período de paralização das atividades presenciais e celebrar a retomada das operações culturais e criativas em São Paulo.

A honraria contemplou a entrega de três medalhas – Medalha Tarsila do Amaral (para as artes), Medalha Mário de Andrade (para as letras) e Mérito Museológico (para a conservação do patrimônio cultural) – e de dois prêmios – Prêmio São Paulo de Literatura e Prêmio Governo do Estado de São Paulo para as Artes. Entre os homenagedos, estavam presentes Benjamin Seroussi / Casa do Povo, Sérgio Freitas / Fábrica de Cultura 4.0 de São Bernardo do Campo, Preto Zezé / Central Única das Favelas, entre outros.

“O período da pandemia mostrou mais uma vez que a cultura é fundamental para o Brasil e para todos nós. Mais cultura significa mais renda, mais emprego, mais inclusão e mais desenvolvimento. Significa, também, mais educação, mais turismo, mais saúde e mais democracia” afirmou o governador João Dória. “O país precisa da cultura e dos artistas e produtores culturais para prosperar. Nada mais justo, portanto, do que reconhecer e homenagear quem faz a cultura de São Paulo brilhar.”

“2020 foi um ano muito difícil para todos. Em especial, para a cultura brasileira. Mas a cultura brasileira é intensa e potente. Seus profissionais são obstinados”, disse o secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado, Sérgio Sá Leitão. “Em São Paulo, o Governo do Estado elevou o investimento em cultura e ampliou os programas e ações. Assim, a cultura resistiu. E agora, com o avanço da vacinação, está em plena retomada.”

Conheça os vencedores em cada categoria:

Medalha Tarsila do Amaral
A Medalha Tarsila do Amaral foi criada em 2019 pelo Governo do Estado de São Paulo e tem o objetivo de reconhecer e homenagear quem se destaca por suas contribuições à cultura e à economia criativa de São Paulo no campo das artes.

Conheça os 15 agraciados com a Medalha Tarsila do Amaral 2020/2021:

– Abel Silveira Gomes (Abel Gomes)

– Adriana Barbosa

– Arrigo Barnabé

– Carlos Eduardo Brito Lira (Eduardo Lyra)

– Jorge Sirena Pereira (Dody Sirena)

– Emanoel Alves de Araújo (Emanoel Araújo)

– Emmanuele Baldini

– Isa Grinspum Ferraz

– Janaína Cecília Torres dos Santos Rueda (Janaína Rueda)

– Jefferson Rueda

– Jorge Philippe Takla (Jorge Takla)

– José Olympio da Veiga Pereira (José Olympio Pereira)

– Konrad Cunha Dantas (KondZilla)

– Marcello Dantas

– Monica Andreatta Tarragó (Monica Tarragó)


Medalha Mário de Andrade
A Medalha Mário de Andrade foi criada em 1977 pelo Governo do Estado de São Paulo e tem o objetivo de reconhecer e homenagear quem se destaca por suas contribuições à cultura e à economia criativa de São Paulo nos campos das letras e da gestão.

Conheça os 15 agraciados com a Medalha Mário de Andrade em 2020/2021:

– Ailton Alves Lacerda Krenak (Ailton Krenak)
– Aline Nascimento Barrozo Torres (Aline Torres)
– Ana Paula Maia
– Aracy Abreu Amaral (Aracy Amaral)
– Arnaldo Augusto Nora Antunes Filho (Arnaldo Antunes)
– Carlos Augusto Mattei Faggin (Carlos Faggin)
– Fábio de Sá Cesnik (Fábio Cesnik)
– Gabriela Prioli Della Vedova (Gabriela Prioli)
– João Silvério Trevisan
– Maria Adelaide Almeida Santos Amaral (Maria Adelaide Amaral)
– Murillo de Aragão
– Patrícia Campos Melo
– José Reinaldo Azevedo e Silva (Reinaldo Azevedo)
– Roberto Teixeira da Costa
– Sílvio Eduardo de Assis Pacheco Lancellotti (Sílvio Lancellotti)

Medalha Mérito Museológico
A Medalha do Mérito Museológico Waldisa Rússio Camargo Guarnieri foi criada em 2018 e tem o objetivo de reconhecer e homenagear quem se destaca por suas contribuições à cultura e à economia criativa de São Paulo no campo da museologia.

Conheça as 3 agraciadas com a Medalha do Mérito Museológico em 2020:

– Maria Cristina de Oliveira Bruno
– Ana Mae Barbosa
– Sônia Guarita do Amaral (In Memoriam)

Prêmio São Paulo de Literatura
O Prêmio São Paulo de Literatura foi criado em 2008 e tem o objetivo de reconhecer e homenagear os autores das obras escolhidas, por um júri formado por 10 especialistas, como o Melhor Romance de Estreia e o Melhor Romance publicados no Brasil no ano anterior. O júri, por sua vez, é indicado por uma comissão de 4 curadores. Cada autor premiado recebe R$ 200 mil.

Conheça os 2 autores agraciados com o Prêmio São Paulo de Literatura 2020:

– Melhor Romance de Estreia
Marcelo Labes / “Paraízo-Paraguay” (Editora Caiaponte)

– Melhor Romance
Claudia Lage / “O Corpo Interminável” (Editora Record)


Prêmio Artes
O Prêmio Governo do Estado de São Paulo para as Artes foi criado em 1950 e tem o objetivo de reconhecer e homenagear profissionais do setor cultural e criativo de São Paulo que se destacaram no ano anterior por suas realizações. Há 15 categorias temáticas. As indicações e escolhas são feitas por comissões, envolvendo ainda os órgãos colegiados de cultura do Governo do Estado de São Paulo. Os vencedores foram anunciados durante a cerimônia. Cada um recebeu, além do prêmio em dinheiro de R$ 30 mil, um troféu.


1. Museus, equipamentos e centros culturais
Benjamin Seroussi / Casa do Povo

2. Patrimônio cultural material e imaterial
Paula Egydio (Yá Paula de Yansã) / Terreiro Axé Ilê Obá

3. Grupos, companhias e corpos estáveis
Arthur Nestrovski, Marcelo Lopes e Thierry Fischer / Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo

4. Cultura popular e tradicional
Adriana Aragão, Elisabeth Belisário e Girlei Miranda / Bloco Afro Ilú Obá De Min

5. Cultura urbana
Glauciete Martins Gomes / Companhia Sansacroma

6. Empreendedorismo cultural e criativo
Alex Allard / Cidade Matarazzo

7. Inovação e tecnologia em arte e cultura
Sérgio Freitas / Fábrica de Cultura 4.0 de São Bernardo do Campo

8. Estudos e pesquisas em cultura e economia criativa
Ana Carla Fonseca Reis / “Dá Gosto Ser do Ribeira – Plano Estratégico de Economia Criativa do Vale do Ribeira”

9. Mostras, festivais, mercados e eventos culturais
Cristiane Guzzi e Marcelo Lima / ExpoCine

10. Produção cultural independente
Sérgio Ajzenberg / Divina Comédia Produções Artísticas

11. Inclusão, diversidade e acesso à cultura
Francisco José Pereira de Lima (Preto Zezé) / Central Única das Favelas

12. Formação e capacitação em arte e cultura
Danilo Miranda / Centro de Pesquisa e Formação do SESC SP

13. Livro, leitura e bibliotecas
Cibeli Moretti de Oliveira / Festival Literário de Votuporanga

14. Comunicação cultural
Juliana D’ Agostini / Programa “O Piano Mágico da Ju”, da TV Cultura

15. Iniciativas culturais para crianças e adolescentes
Patrícia Audi / Exposição “Tarsila para Crianças”

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Um dos mais influentes e respeitados jornalistas e críticos culturais do Brasil, Miguel Arcanjo Prado dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Foi eleito entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, Rede Brasil, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

The Crown mostra que Charles traiu Diana Caetano Veloso se emociona em show após morte de Gal Costa Prêmio Arcanjo de Cultura acontece no Teatro Sérgio Cardoso Gal Costa morre aos 77 anos Festival Satyrianas tem mil artistas na Praça Roosevelt