Artista imigrante afro-latina, Pipa Luke dá curso grátis de bambolê na SP Escola de Teatro

Pipa Luke: artista imigrante equatoriana afro-latina promove intercâmbio cultural com estudantes da SP Escola de Teatro – Foto: Divulgação

Por RODRIGO BARROS
Da SP Escola de Teatro


Negra, latina, circense, mãe e imigrante equatoriana no Brasil. Todas estas são facetas da orientadora do mais novo curso gratuito da SP Escola de Teatro. A artista circense Pipa Luke ministra Manipulação e Criação do Bambolê (Técnicas, Truques e Aprofundamento), que está com inscrições abertas até 17 de agosto. O curso será feito de modo presencial e ao ar livre, respeitando todos os protocolos, na Unidade Brás da SP Escola de Teatro, entre 24 de agosto e 28 de outubro, às terças e quintas, das 14h às 17h.

Inscreva-se grátis no curso de bambolê com Pipa Luke!

Pipa Luke

Imigrante equatoriana residente no Brasil desde 2016, Pipa é graduada em Produção Audiovisual, com habilitação em Produção, Direção, Cinema e Televisão pelo Instituto de Artes Visuales de Quito, capital do Equador. Natural de Machala, capital da província Del Oro, conhecida como a capital mundial da banana, localizada na costa equatoriana, Pipa desembarcou no Brasil acompanhada de sua filha, Isis Kat, atualmente com 9 anos, após uma convenção circense no Paraguai, no ano de 2016. Foi  lá que se apaixonou pelo bambolê. O encanto a levou a se tornar aprendiz autodidata da modalidade circense. Atualmente, a artista é uma grande especialista e pesquisadora do bambolê na América Latina.

Inscreva-se grátis no curso de bambolê com Pipa Luke!

Artista formada em Quito, no Equador, Pipa Luke mudou-se para o Brasil em 2016 – Foto: Divulgação

Mudança para o Brasil e arte em família

Ainda em 2016, Pipa mudou-se para Brasil, primeiramente para a cidade de Goiânia, capital do estado de Goiás, onde permaneceu pelo período de três anos. Lá, integrou a Escola do Futuro de Goiás em Artes Basileu França e do Circo Laheto, onde desenvolveu uma profunda pesquisa com o bambolê e se especializou em tecido acrobático, lira e outras artes aéreas circenses.

Há quase três anos morando em São Paulo, forma uma dupla de malabaristas e acrobatas em família com sua filha, Isis Kat. Juntas, participam de festivais nacionais e por toda a América Latina, levando o laço afetivo também para a arte.

Isis Kat e Pipa Luke juntas no palco: mãe e filha no bambolê em família – Foto: Divulgação

Pipa ainda realiza trabalhos no Centro de Memória do Circo, equipamento da Prefeitura da Cidade de São Paulo, além de integrar a ONG Palhaços Sem Fronteiras Brasil e ministrar diversos cursos e oficinas na cidade.

Ela também participa dos encontros entre artistas circenses no Circo do Beco, no tradicional Beco do Batman, localizado no artístico bairro paulistano da Vila Madalena.

Inscreva-se grátis no curso de bambolê com Pipa Luke!

Pipa Luke com sua filha Isis Kat: bambolê e diversão em família – Foto: Divulgação

Pipa Luke: uma Nova modernista

Em conversa com a reportagem da SP Escola de Teatro, Pipa revela “ansiedade e animação” com o curso que ministra pela primeira vez na instituição. Ela recebeu o convite do coordenador de Extensão Cultural Miguel Arcanjo Prado, que conheceu a artista no espetáculo Prot{Agô}nistas, espetáculo dirigido por Ricardo Rodrigues e marco histórico da representatividade negra e circense no palco do Theatro Municipal de São Paulo em 2019, dentro do projeto Novos Modernistas, criado pelo secretário de Cultura Alê Youssef e o diretor do Municipal co-fundador da SP Escola de Teatro, Hugo Possolo.

Para Pipa, uma das Novas Modernistas que imprime antropofagia à maior metrópole do Brasil, estar na SP em encontro com estudantes é uma grande oportunidade de artistas, com ou sem experiência com o bambolê, embarcarem em uma experiência de iniciação e enriquecimento com o curso.

“Que a dança, os truques e a agilidade possam engrandecer nossos movimentos, coordenações, equilíbrio mental e nossa concentração durante esse processo. O bambolê nos oferece diversas oportunidades de aprimoramento artístico”, afirma a artista.

Inscreva-se grátis no curso de bambolê com Pipa Luke!

Intercâmbio cultural latino-americano

Diretor executivo da SP Escola de Teatro, Ivam Cabral celebra o curso. “Pipa Luke vem se destacando com seu bambolê por onde passa. E ter uma artista imigrante latina e equatoriana em diálogo com a SP Escola de Teatro é um momento mais que especial. Temos certeza que o curso será uma grande ponte intercultural, sobretudo porque Pipa é uma das Novas Modernistas de nossa cultura e imprime sua arte ao legado da Semana de Arte Moderna de 1922”, pontua.

Coordenador de Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro, Miguel Arcanjo Prado destaca as múltiplas representatividades na figura de Pipa Luke: “Ela é uma artista circense, latina, imigrante equatoriana, negra e mãe. Todas estas facetas se unem em sua arte. Pipa Luke irradia com delicado carisma e doce presença cênica com seu bambolê. O curso ainda marca uma retomada gradual e muito cuidadosa de atividades presenciais na instituição, respeitando todos os protocolos vigentes, como uso obrigatório de máscara, distanciamento e muito álcool em gel para todos. Esperamos que seja um momento de redescoberta do encontro”, conclui.

Reportagem: Rodrigo Barros (colaborou Marie Ikonomidis)
Edição: Miguel Arcanjo Prado

Curso presencial e gratuito| Manipulação e criação do bambolê (técnicas, truques e aprofundamento)
Inscrições: 3 a 17 de agosto, grátis
Quando: De 24 de agosto a 28 de outubro de 2021, Terças e quintas, das 15h às 17h
Onde: SP Escola de Teatro – Unidade Brás – Avenida Rangel Pestana, 2401, Brás (CPTM Brás ou Metrô Bresser-Mooca)
Protocolo presencial para evitar transmissão da Covid-19:
Para a proteção de todas, todes e todos, é de suma importância o respeito aos protocolos de saúde e segurança contra a transmissão da Covid-19:
-> Obrigação do uso de máscaras durante todo o tempo na SP Escola de Teatro (nas aulas, entrada, saída e períodos de intervalo).
-> Respeitar o distanciamento social.
-> Disponibilidade de álcool em gel.
-> Preferência de aulas ao ar livre ou em lugares ventilados.

Siga @pipa_luke

Inscreva-se grátis no curso de bambolê com Pipa Luke!

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico de artes Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, Folha, Abril, Band e UOL. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Foto: Edson Lopes Jr.

© Blog do Arcanjo – Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados | Proibida reprodução sem citação com link.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *