Festival de Cinema de Gramado: tudo sobre 49ª edição, de 13 a 21 de agosto

O 49º Festival de Cinema de Gramado terá premiações para diversas categorias - Foto: Edison Vara/Pressphoto/Divulgação - Blog do Arcanjo
49º Festival de Cinema de Gramado terá premiações para diversas categorias – Foto: Edison Vara/Pressphoto/Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Um dos festivais de cinema mais importantes e respeitados do país e da América Latina, o Festival de Cinema de Gramado, está de volta de 13 ao dia 21 de agosto. A edição tem formato especial que mistura apresentações online e também via canais de televisão, mas também mantendo seus tradicionais espaços físicos de realização, devidamente ambientados e decorados durante todo o evento para visitação do público e fãs, cumprindo os protocolos sanitários vigentes.

Pelas redes sociais do evento, também será possível acessar informações adicionais, cenas dos bastidores e curiosidades que estarão bombando por todo o evento.

Com uma programação extensa e variada, o Blog do Arcanjo prepara uma série de matérias que acompanhará cada detalhe do festival, para você ficar por dentro de tudo e aproveitar da melhor maneira possível! Vem com a gente!

O 49º Festival de Cinema de Gramado estará presente em diversas plataformas e mídias em 2021 - Foto: Edson Vara/Pressphoto/Divulgação - Blog do Arcanjo
O 49º Festival de Cinema de Gramado estará presente em diversas plataformas e mídias em 2021 – Foto: Edson Vara/Pressphoto/Divulgação – Blog do Arcanjo

Festival de Cinema de Gramado distribui R$ 325 mil em prêmios

O Festival de Cinema de Gramado de 2021 distribui R$ 325 mil em prêmios. Uma das novas premiações é o Prêmio Edina Fuji, que concederá R$ 20 mil em locação de equipamentos de iluminação, acessórios e maquinária ao melhor longa brasileiro e R$ 10 mil para os vencedores das categorias de melhor curta brasileiro, melhor curta gaúcho e melhor longa gaúcho.

O Prêmio Tecna, oferecido pelo centro de produção audiovisual Tecna, ofertará valores para a utilização de seus laboratórios e estúdios para as categorias de Melhor Filme e tambémMelhor Desenho de Som de longas brasileiros e gaúchos. O Tecna também premiará o melhor curta Universitário do Conexões Gramado Film Market.

Já a Secretaria da Cultura do Estado e o Instituto Estadual de Cinema, em parceria com Gramado, lançarão o Prêmio Sedac/Iecine, exclusivo para a produção de longas-metragens gaúchos. Este prêmio contemplará 10 categorias: Melhor filme, Melhor direção, Melhor ator, Melhor atriz, Melhor roteiro, Melhor fotografia, Melhor direção de arte, Melhor montagem, Melhor desenho de som e Melhor trilha musical.

Outro prêmio direcionado apenas para as produções gaúchas é o Prêmio Leonardo Machado, destinado a celebrar um personalidade do audiovisual escolhida pelo júri, além do Prêmio novas Façanhas, que será para destacar 3 novos talentos da cena audiovisual gaúcha.

Os curtas-metragens nacionais concorrem ao Prêmio Aquisição Canal Brasil, com uma premiação de 15mil, além de exibição garantida na grade de programação do Canal Brasil.

Confira o perfil do Festival de Cinema de Gramado no TikTok e fique por dentro de tudo:

@festivaldegramado

saiba como acompanhar o 49⁰ Festival de Cinema de Gramado! #FestivaldeGramado #49FCG

♬ som original – FestivaldeGramado

Os filmes selecionados de 2021

Chegando em sua 49ª edição, o Festival teve 893 filmes inscritos, dos quais 52 foram selecionados e divididos entre prêmios para longas e curtas metragens, tanto internacionais quanto nacionais, além de contar este ano com uma categoria exclusiva para produções gaúchas, justamente como forma de resistência e incentivo para o cinema nacional em um período tão difícil para as artes brasileiras.

Conheça aqui a lista dos filmes selecionados em suas próprias categorias, as datas e os links para se assistir cada uma das categorias e, ao final da lista, as redes sociais do festival:

Longas-Metragens Brasileiros

A Primeira Morte de Joana (RS),de Cristiane Oliveira
A Suspeita (RJ),de Pedro Peregrino
Álbum em Família (RJ),de Daniel Belmonte
Carro Rei (PE),Renata Pinheiro
Homem Onça (RJ),de Vinícius Reis
Jesus Kid (PR),de Aly Muritiba
O Novelo (SP),de Claudia Pinheiro 

Longas-Metragens Estrangeiros

Gran Avenida (Chile),de Moises Sepulveda
La teoría de los vidrios rotos (Uruguai, Brasil e Argentina),de Diego Fernández Pujol
Planta permanente (Argentina e Uruguai),de Ezequiel Radusky
Pseudo (Bolívia),de Gory Patiño e Luis Reneo 

Longas-Metragens Gaúchos

A Colmeia (Porto Alegre),de Gilson Vargas
Cavalo de Santo (Porto Alegre),de Mirian Fichtner e Carlos Caramez
Extermínio (Cachoeira do Sul),de Mirela Kruel

A exibição de todos os longas acontece de 13 a 19 de agosto, a partir das 21h30, na grade linear do Canal Brasil e nos streamings Canais Globo e Globoplay + Canais ao Vivo – somente durante o horário da exibição na TV. Os Longas Gaúchos estarão disponíveis, de 16 a dia 21 de agosto, nestes mesmos serviços de streaming.

Curtas-Metragens Brasileiros

A Beleza de Rose (CE),de Natal Portela
A Fome de Lázaro (PB),de Diego Benevides
Animais na Pista (PB),de Otto Cabral
Aonde vão os Pés (PR),de Débora Zanatta
Da Janela Vejo o Mundo (PR),de Ana Catarina Lugarini
Desvirtude (RS),de Gautier Lee
Entre Nós e o Mundo (SP),de Fabio Rodrigo
Eu não sou um robô (RS),de Gabriela Lamas
Fotos Privadas (RJ),de Marcelo Grabowsky
Memória de Quem (Não) Fui (RJ),de  Thiago Kistenmacker
O que Há em Ti (SP),de Carlos Adriano
Per Capita (PE),de Lia Leticia
Quanto Pesa (MA),de Breno Nina
Stone Heart (AM),de Humberto Rodrigues 

A exibição dos curtas nacionais será de 13 a 19 de agosto, a partir das 21h30, na grade linear do Canal Brasil, e nos serviços de streaming Canais Globo e Globoplay + Canais ao Vivo. De 14 a 21 de agosto, os filmes ficam disponíveis nos serviços de streaming Canais Globo e Globoplay + Canais ao Vivo.

Curtas-Metragens Gaúchos

Jardim das Horas (Porto Alegre),de Matheus Piccoli
Cacicus (Santa Cruz do Sul),de Bruno Cabral e Gabriela Dullius
Era uma Vez… uma Princesa (Porto Alegre),de Lisiane Cohen
Depois da Meia Noite (Caxias do Sul),de Mirela Kruel
Para Colorir (Porto Alegre),de Juliana Costa
Um dia de primavera (Porto Alegre),de Lisi Kieling
Nave Mãe (Sapucaia do Sul),de Gisa Galaverna e Wagner Costa
Rota (São Leopoldo),de Mariani Ferreira
Tormenta (Porto Alegre),de Emiliano Cunha e Vado Vergara
Não Sou Eu (Porto Alegre),de Theo Tajes
Comboio pra Lua (Pelotas),de Rebeca Francoff
Fé (Porto Alegre),de Thais Fernandes
Tom (Porto Alegre),de Felippe Steffens
Solilóquio (Porto Alegre),de Marcelo Stifelman
Nilson filho do campeão (Santa Cruz do Sul),de Diego Tafarel
Eu não sou um robô (Porto Alegre),de Gabriela Lamas
Desvirtude (Porto Alegre),de Gautier Lee
Noite Macabra (Canoas),de Felipe Iesbick
Love do Amor (Restinga Sêca),de Fabrício Koltermann
Isso me faz pensar (Porto Alegre, de Hopi Chapman
Brecha (Pelotas),de Helena Thofehrn Lessa
Rufus (São Leopoldo),de Eduardo Reis
Hora feliz (Porto Alegre),de Alex Sernambi
Trem do Tempo (Pelotas),de Vitor Rezende Mendonça

A exibição dos curtas gaúchos vai de 16 a 19 de agosto, a partir das 22h30, na grade linear da TVE-RS. De 14 a 21 de agosto, os filmes ficam disponíveis nos serviços de streaming Canais Globo e Globoplay + Canais ao Vivo.

Filme de encerramento – Fourth Grade, de Marcelo Galvão

Dia 20 de agosto, a partir das 21h30, na grade linear do Canal Brasil, para toda a base de assinantes, e nos streamings Canais Globo e Globoplay + Canais ao Vivo – somente durante o horário da exibição na TV.

Cerimônia de premiação

Dia 21 de agosto, às 21h, com transmissão ao vivo pelo Canal Brasil e nos serviços de streaming Canais Globo e Globoplay + Canais ao Vivo – somente durante o horário da exibição na TV.

+ Festival de Cinema de Gramado no Blog do Arcanjo!

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico de artes Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, Folha, Abril, Band e UOL. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Foto: Edson Lopes Jr.

© Blog do Arcanjo – Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados | Proibida reprodução sem citação com link.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *