Criolo canta Samba em 3 Tempos sob direção de Monique Gardenberg no Teatro Unimed: ‘Muito amor’

Criolo em Samba em 3 Tempos no Teatro Unimed – Foto: Pedro Pupo/Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

O cantor Criolo leva ao público nesta sexta (30) seu primeiro filme-concerto, Samba em 3 Tempos, sob direção de Monique Gardenberg e realização da Dueto Produções. O filme tem acesso gratuito no site do Teatro Unimed, onde o vídeo foi gravado. “Foi muita dedicação, muito amor, muita entrega envolvida numa equipe que só pensou em arte o tempo todo”, resume o músico ao Blog do Arcanjo.

“Diante da estranheza de filmar uma apresentação de Criolo voltado para uma plateia inexistente, concebi um pequeno ambiente vazado no palco, uma espécie de bar ou roda de samba com um clima nostálgico, para receber esse repertório extraordinário”, conta a diretora. A banda que acompanha o cantor é formada por Ricardo Rabelo (cavaco), Gian Correa (violão de 7 cordas), Ed Trombone (trombone) e Maurício Badé (percussão).

Criolo e Monique Gardenberg na gravação do especial Samba em 3 Tempos no Teatro Unimed - Foto: Pedro Pupo/Divulgação - Blog do Arcanjo
Criolo e Monique Gardenberg na gravação do especial Samba em 3 Tempos no Teatro Unimed – Foto: Pedro Pupo/Divulgação – Blog do Arcanjo

Criolo celebra a liberdade neste encontro artístico. “É com muita felicidade que eu reencontro Monique Gardenberg, que é uma grande diretora e ela deu a mim e a minha equipe toda segurança de sabermos que íamos fazer um trabalho de arte. Nesse conceito de concerto de cinema, estávamos em boas mãos e foi feito um trabalho com muita entrega, com muita dedicação, com muito carinho, com muito amor pra chegar na casa das pessoas, no coração das pessoas”, diz o cantor, fazendo questão de acrescentar. “E fica aqui o meu agradecimento a toda equipe, meu agradecimento a Monique por essa oportunidade e a gente tá vivenciando isso”.

Entre os clássicos que compõem o repertório estão Carinhoso, de Pixinguinha e Braguinha, e Luz Negra, de Nelson Cavaquinho e Amancio Cardoso, música já interpretada também por Cazuza. Caetano Veloso também integra o time de compositores, com Desde Que o Samba É Samba. O show segue o projeto Teatro Unimed Em Casa, que já contou com participação de artistas como Luis Miranda e os Irmãos Leme.

O Blog do Arcanjo mostra fotos exclusivas dos bastidores da gravação com Criolo no Teatro Unimed do especial Samba em 3 Tempos, no olhar do fotógrafo Pedro Pupo.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Vingança, O Musical é aplaudido por estrelas Longa Jornada Noite Adentro é aplaudida por famosos Marina Sena fala do 2º álbum Orgulho LGBT+ 5 peças em São Paulo Parada do Orgulho LGBT+ bate recorde com 4 milhões de pessoas