Dia Internacional do Reggae: 3 astros da Jamaica que você precisa ouvir

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

O Dia Internacional do Reggae é celebrado em 1º de julho em todo o mundo. Ritmo associado à liberdade, à paz e ao amor, o estilo influenciou músicos de todo o mundo, entre eles Olodum, Gilberto Gil, Cidade Negra, Skank e Natiruts aqui no Brasil. Para celebrar o essa música nascida na Jamaica e que torna mais feliz quem a escuta, o Blog do Arcanjo lista 3 astros fundamentais do reggae jamaicano que você precisa ouvir agora mesmo!

Bob Marley

Junto com a banda Wailers, Bob Marley é pioneiro do movimento reggae. Gravaram 11 álbuns juntos entre 1973 a 1981, quando morreu de câncer aos 36 anos. Discos hoje cultuados no mundo inteiro e que venderam 75 milhões de cópias. Ele é a maior estrela do reggae de todos os tempos e foi amigo de músicos brasileiros como Gilberto Gil e Chico Buarque e sempre defendeu a legalização da maconha, erva considerada sagrada pela religião Rastafari.

Jimmy Cliff

Herdeiro musical de Bob Marley, Jimmy Cliff conquistou o mercado norte-americano e mundial nos anos 1980. No começo dos anos 1990, fez parceria com o Olodum, com quem gravou o disco Samba Reggae, no qual fusionou o ritmo jamaicano com o samba reggae baiano criado por Neguinho do Samba. Com mais de 30 discos, entrou no Hall da Fama do Rock and Roll em 2010. Atualmente está com 76 anos.

Peter Tosh

Um dos membros originais dos Wailers, Peter Tosh mais tarde tornou-se um artista solo e um promotor do movimento religioso Rastafari. Ele tinha pelo menos 14 álbuns de reggae com seu nome antes de sua trágica morte em 1987, quando foi assassinado em uma suposta tentativa de assalto aos 42 anos. Militou toda a vida pelos direitos humanos e legalização da maconha.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico de artes Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, Folha, Abril, Band e UOL. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Foto: Edson Lopes Jr.

© Blog do Arcanjo – Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados | Proibida reprodução sem citação com link.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *