Rapidinhas: Biografia de Sérgio Mamberti traz detalhes inéditos de vida privada e pública

O ator Sérgio Mamberti lança biografia: na foto, ele está no 1º Prêmio Arcanjo de Cultura, em 2019, quando recebeu o Prêmio Especial - Foto: Edson Lopes Jr. - Blog do Arcanjo 2021
O ator Sérgio Mamberti lança biografia: na foto, ele está no 1º Prêmio Arcanjo de Cultura, em 2019, quando recebeu o Prêmio Especial – Foto: Edson Lopes Jr. – Blog do Arcanjo 2021

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Senhor do tempo

Grande ídolo do teatro brasileiro e um dos atores mais respeitados do país e por esta coluna, Sérgio Mamberti lança sua autobiografia pelas Edições Sesc. O título escolhido é Sérgio Mamberti: Senhor do Meu Tempo. O tomo de 376 páginas foi escrito em parceria com o jornalista Dirceu Alves Jr. Nele, o ator que completa 82 anos em 22 de abril próximo revela bastidores de sua vida artística, privada e política. Livro obrigatório e já disponível.

Fernandona e Gil

Quem assina o prefácio de Sérgio Mamberti: Senhor do Meu Tempo é ninguém menos que Fernanda Montenegro, prima do ator. Já a orelha é escrita pelo cantor, compositor, amigo e ex-ministro da Cultura Gilberto Gil. Só a fina flor da cultura nacional.

Política

Ligado ao Partido dos Trabalhadores (PT), Sérgio Mamberti conviveu intimamente com o presidente Lula, eleito em 2002, e trabalhou no Ministério da Cultura, à frente de diversas secretarias, até 2013, já no governo Dilma Rousseff, chegando a ser presidente da Funarte. “Fui capaz de enfrentar um desafio para o qual vinha me preparando desde a juventude, o de colaborar diretamente com o meu país com a vitória de Lula para a presidência da República. Apoiado por todos, coloquei o cidadão em primeiro plano e assumi um compromisso político”, diz ele. Um artista consciente.

Bissexualidade

Homem à frente de seu tempo, Sérgio Mamberti nunca negou sua bissexualidade, apesar de sempre se manter elegantemente reservado aos olhos do grande público. Membro de uma geração que abriu portas para a liberdade na sexualidade nos dias atuais, ele viveu os tempos de contracultura dos anos 1960 e 1970. No livro, o ator fala de seu grande amor por Vivian Mamberti, com quem teve um sólido casamento que gerou três filhos. A relação foi vivida com toda a intensidade do mundo até a morte da esposa, no começo da década de 1980. A partir daí, o ator amou quem seu coração quis. Um pioneiro da liberdade.

Grande artista cubana, Mirta Portillo participa do Ciclo Palavras Mágicas - Foto: Dora Cabanillas/Divulgação - Blog do Arcanjo 2021
Grande artista cubana, Mirta Portillo participa do Ciclo Palavras Mágicas – Foto: Dora Cabanillas/Divulgação – Blog do Arcanjo 2021

Dama da ilha

Grande dama das artes de Cuba, a atriz e poetisa cubana Mirta Portillo abre a programação do Ciclo Palavras Mágicas – Histórias Semeiam Mundos, nesta sexta (16), às 17h. Com curadoria de Emilie Andrade e Magno Rodrigues Faria, o evento gratuito e digital reúne por quatro dias artistas e contadores de histórias. No canal Sementeira no YouTube, sempre às 17h. Imperdível.

Aniversariante

O CCBB SP apresenta no feriado de 21 de abril conteúdos exclusivos de sua programação digital para celebrar os 20 anos de vida de atuação na cidade. Coisa boa.

Foto da primeira formação da Cia. Os Satyros em 1989 - Foto: Arquivo Os Satyros/Divulgação - Blog do Arcanjo 2021
Foto da primeira formação da Cia. Os Satyros em 1989 – Foto: Arquivo Os Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo 2021

Do fundo do baú

A Cia. de Teatro Os Satyros completou 32 anos no começo do mês. Para celebrar, o ator Ivam Cabral resolveu tirar uma foto do fundo do baú. Ele mesmo legendou: “Primeira formação dos Satyros, Teatro Zero Hora, 1989. Em sentido horário, a partir de mim, de barba, no alto, à direita: Rodolfo García Vázquez, Lauro Tramujas, Mariyvone Klock, Camasi Gumarães, Rosemeri Ciupak e Paula Madufeira, com Suzana Borges ao centro”. Turma histórica.

A atriz Bel Friósi na peça Pink Star do Satyros direto de Londres - Foto: André Bachiega/Divulgação - Blog do Arcanjo 2021
A atriz Bel Friósi na peça Pink Star do Satyros: direto das madrugadas londrinas – Foto: André Bachiega/Divulgação – Blog do Arcanjo 2021

Madrugadeira

Bel Friósi, que faz diretamente de Londres a personagem Gina Made In China na peça Pink Star, do Satyros, anda com noites insones. O motivo é que a Terra da Rainha fica quatro horas à frente de São Paulo. Como a peça faz sessões sextas e sábados, 23h, e domingos e segundas, 21h, pelo horário de Brasília, Bel atua às 3h e 1h da madrugada britânica, respectivamente, no Espaço Digital dos Satyros, que não conhece fronteiras geográficas. É claro que depois ela dorme até mais tarde, mas custa a pegar no sono, por conta da adrenalina do espetáculo. Não é fácil a vida de uma atriz.

O dramaturgo Samir Yazbek - Foto: Annelize Tozetto/Festival de Curitiba 2015 - Blog do Arcanjo 2021
O dramaturgo Samir Yazbek – Foto: Annelize Tozetto/Festival de Curitiba 2015 – Blog do Arcanjo 2021

Escrevo e pronto

Dramaturgo que já venceu os prêmios Shell e APCA, Samir Yazbek conduz o curso Pensando a Dramaturgia Hoje. Começa em 3 de maio, com cinco encontros às segundas, pelo Zoom, das 19h às 21h, pelo Célia Helena Centro de Artes e Educação, instituição sob comando de Ligia Cortez. “O curso livre on-line oferecerá certificado aos participantes e deverá ser acompanhado na íntegra, já que a atividade foi criada para que os encontros sejam complementares entre si”, avisa o escritor. As inscrições já estão abertas.

Novidade na Cultura

Criador da Casa do Mancha, importante espaço musical em Pinheiros, Danilo Mancha é o novo coordenador de Centros Culturais e Teatro da Cidade de São Paulo. Ele entra no lugar de Eliana Monteiro, do Teatro da Vertigem, que estava no cargo desde janeiro. “Estamos criando um novo Circuito Cultural para São Paulo, projetando a retomada do setor pós pandemia, com ênfase em novos palcos públicos para a circulação da musica independente, proteção da tradição da canção e fortalecimento da cena nesse momento tão difícil”, diz à coluna o secretário de Cultura, Alê Youssef. Recado dado.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico de artes Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, Folha, Abril, Band e UOL. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Foto: Edson Lopes Jr.

© Blog do Arcanjo – Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados | Proibida reprodução sem citação com link.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *