Dia Mundial do Teatro: 21 peças inesquecíveis do século 21

Este sábado, 27 de março de 2021, é o Dia Mundial do Teatro. Para celebrar a data, sem nenhuma pretensão de ser uma lista definitiva, o Blog do Arcanjo recorda 21 espetáculos inesquecíveis do teatro brasileiro neste século 21. Veja só quanta saudade!

Visitando o Sr. Green, de Jeff Baron, dirigida por Elias Andreato com Cássio Scapin e Paulo Autran, no Teatro Augusta, 2000-2004, marcou época com uma história sensível e duas grandes atuações- Foto: João Caldas/Divulgação – Blog do Arcanjo
Idealizado por Grace Gianoukas, Terça Insana estreou em 2001 com variados quadros que revelaram uma nova geração de grandes humoristas que conquistaram todo o Brasil- Foto: Divulgação - Blog do Arcanjo
Idealizado por Grace Gianoukas, Terça Insana estreou em 2001 com variados quadros que revelaram uma nova geração de grandes humoristas que conquistaram todo o Brasil- Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo
Por Elise, de Grace Passô, com o Grupo Espanca, em 2005, Belo Horizonte, lançou a dramaturga e atriz mineira ao estrelato nacional- Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo
Vestido de Noiva, de Nelson Rodrigues, dirigido por Rodolfo García Vázquez com a Cia. de Teatro Os Satyros, 2007-2012, em São Paulo, trouxe elementos tecnológicos para a cena em um pioneirismo no teatro nacional – Foto: André Stéfano/Divulgação – Blog do Arcanjo
Amanda Acosta e Daniel Boaventura em dois momentos de My Fair Lady: musical foi sucesso de público em 2007 no Teatro Alfa com atuações arrebatadoras e protagonistas em sintonia fina sob comando de Jorge Takla – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo
Musical A Noviça Rebelde, de Charles Möeller e Claudio Botelho, em 2008, no Teatro Alfa, em São Paulo, marcou época com Kiara Sasso em grande momento como protagonista e crianças repletas de talento e graça, algumas das quais viraram estrelas mais tarde, como Larissa Manoela – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo
Luis Antonio – Gabriela, de Nelson Baskerville, com Marcos Felipe e Sandra Modesto e Cia. Mungunzá, em 2011, no Centro Cultural São Paulo, trouxe para a discussão a temática travesti, em uma época que o tema ainda era tabu nos palcos e ignorado por boa parte da classe artística – Foto: Bob Sousa/Divulgação – Blog do Arcanjo
Aysha Nascimento na peça Movimento Número 1: O Silêncio de Depois, do Coletivo Negro, no Tendal da Lapa e Sesc Consolação em 2011 - Foto: Leandro Jorge/Divulgação - Blog do Arcanjo
Aysha Nascimento na peça Movimento Número 1: O Silêncio de Depois, do Coletivo Negro, no Tendal da Lapa e Sesc Consolação em 2011, o espetáculo marcou época e um novo momento para o teatro negro no país, questionando estereótipos do racismo estrutural – Foto: Leandro Jorge/Divulgação – Blog do Arcanjo
Jarbas Homem de Mello e Claudia Raia no musical Cabaret em 2012 no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo, com o casal em pura química no palco, que foi levada pelos dois para a vida real, já que tornaram-se marido e mulher após o musical eternizado por Liza Minnelli na Broadway – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo
Máquina de Dar Certo, montagem da Cia. Bruta de Arte que marcou o ano de 2012 no Tusp, em São Paulo, sob direção de Roberto Audio, foi uma das coisas mais poéticas que o teatro brasileiro produziu no século 21 – Foto: Allis Bezerra/Divulgação – Blog do Arcanjo
Tiago Barbosa como O Rei Leão, sucesso de público no Teatro Renault em 2013 em São Paulo trouxe uma África exuberante para os palcos e conquistou os corações com a trilha assinada por Gilberto Gil – Foto: João Caldas/Divulgação – Blog do Arcanjo
Pessoas Perfeitas, de Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, direção do último com a Cia de Teatro Os Satyros, no Espaço dos Satyros, em 2014, em São Paulo, mostrou os habitantes de São Paulo por meio de uma ótica poética que arrebatou público e crítica – Foto: André Stéfano/Divulgação – Blog do Arcanjo
André Torquato, Ruben Gabira e Luciano Andrey em Priscilla, A Rainha do Deserto, musical que marcou o ano de 2012 no Teatro Bradesco, em São Paulo, levando a cultura LGBTQIA+ para o topo do Entretenimento com toda a competência do mundo – Foto: Caio Gallucci/Divulgação – Blog do Arcanjo
Musical Cabaret, sob direção de André Latorre, com Rita Gutt como protagonista e elenco afinado, lotou o Teatro Ruth Escobar e o Espaço Cia do Pássaro entre 2013-2014 em uma das mais bem sucedidas montagens estudantis do teatro brasileiro – Foto: Bob Sousa – Blog do Arcanjo
O ator Sidney Santiago Kuanza em Cartas a Madame Satã ou Me Desespero sem Notícias Suas, da Cia Os Crespos de Teatro, em 2014-2015, no Espaço dos Fofos e Teatro Studio Heleny Guariba, em São Paulo, mostrou com delicadeza um lado menos convencional da masculinidade negra – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo
Os 120 Dias de Sodoma em 2015 - Foto: Andre Stefano/Divulgação - Satyros
Os 120 Dias de Sodoma da Cia de Teatro Os Satyros, dirigido por Rodolfo García Vázquez, fez temporada de sucesso em 2015 no Espaço dos Satyros Dois e manteve-se por mais de uma década em cartaz, sempre com público lotando a casa para ver seu elenco jovem e efervescente no texto de Marquês de Sade – Foto: Andre Stefano/Divulgação – Blog do Arcanjo
Enquanto as Crianças Dormem, de Dan Rosseto, com Juan Manuel Tellategui, Carol Hubner e Diogo Pasquim, em 2017, no Teatro Aliança Francesa, em São Paulo, mostrou a crueldade que destrói sonhos artísticos em uma montagem corajosa ao expor o olhar cruel da vida – Foto: Bob Sousa – Blog do Arcanjo
Musical Madame Satã, do Grupo dos Dez, de Belo Horizonte, fez temporada de sucesso em São Paulo na Caixa Cultural em 2017, conquistando o país inteiro com a história do grande artista e boêmio carioca – Foto: Guto Muniz/Divulgação – Blog do Arcanjo
Larissa Luz no musical Elza em 2019 no Festival de Curitiba, com texto de Vinicius Calderoni e direção de Duda Maia, com temporadas de sucesso pelo país com a história da grande cantora brasileira Elza Soares, defendida com bravura por um elenco impecável – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo
Entrevista com Phedra, de Miguel Arcanjo Prado, sob direção de Robson Catalunha e Juan Manuel Tellategui e com Márcia Dailyn e Raphael Garcia, no Espaço dos Satyros, em 2019, em São Paulo, trouxe à tona a história de vida e o pensamento da lendária diva cubana Phedra D. Córdoba, um verdadeiro mito do teatro latino-americano – Foto: Edson Lopes Jr. – Blog do Arcanjo
A Arte de Encarar o Medo, de Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, da Cia de Teatro Os Satyros, abriu portas do teatro digital e foi encenada em quatro continentes em 2020, fazendo do Brasil um feito internacional em um dos mais difícieis anos da humanidade – Foto: Andre Stefano/Divulgação – Blog do Arcanjo

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, criado em 2019. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e apresenta o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Eleito um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se por três vezes e recebeu a Medalha Mário de Andrade, maior honraria nas letras do Governo do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, Uma, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil, Prêmio Leda Maria Martins e Prêmio Governo do Estado de São Paulo – Medalha Mário de Andrade.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg

Please follow and like us:

1 Resultado

  1. 29/03/2021

    […] fim de semana sobre a luta dos artistas negros nos palcos nacionais. Sua fala foi por conta do Dia Mundial do Teatro, celebrado no último sábado (27), feita a convite da SP Escola de Teatro e da MT Escola de […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Morre Glória Maria Harry e Meghan na Netflix Michael Jackson: Thriller faz 40 anos Marina Sena lança música com Gal Costa Crítica | Anitta maceta sons do Brasil no álbum À Procura da Anitta Perfeita e supera críticas com hits do verão