Conflitos de casal: Vida a dois é tema de peças em São Paulo e no Rio

Vamos Aguardar Só Mais Essa Aurora tem Fabi Oliveira e Pedro Medina – Foto: Maíra Barillo/Divulgação – blogdoarcanjo.com

Por Miguel Arcanjo Prado

A quarentena e o maior convívio trouxeram um repensar para muitas relações. Dentro desse clima tão atual, os conflitos de casal são tema de dois espetáculos neste mês de março, um em São Paulo e outro no Rio de Janeiro, ambas produções com recursos da Lei Aldir Blanc.

Na capital fluminense, a peça digital Vamos Aguardar Só Mais Essa Aurora traz os atores Pedro Medina e Fabi Oliveira, dirigidos por Lúcio Mauro Filho. A temporada online acontece todas as terças, às 20h, no Teatro Petra Gold até 30 de março e com entrada gratuita. O texto foi escrito em 1974 pelo dramaturgo carioca Wilson Sayão e levado ao palco pela primeira vez em 1980 sob direção de Ricardo Petraglia. A obra tem um tema denso: um casal confinado que decide se matar juntos.

Kiko Vianello e Fernanda Couto estão em Aviso Prévio em SP: digital e presencial – Foto: Heloísa Bortz/Divulgação – blogdoarcanjo.com

Na capital paulista, a pedida é Aviso Prévio, com os atores Kiko Vianello e Fernanda Couto, casados na vida real há 27 anos, sob direção de Clara Carvalho. A obra mostra os vários conflitos da vida a dois. A estreia em São Paulo ocorre nesta sexta (5), com direito a temporada presencial gratuita no Viga Espaço Cênico de sexta a domingo, às 18h, e também sessões digitais de terça a quinta, às 20h, com ingresso a R$ 20 na Sympla. O texto é de autoria da mineira Consuelo de Castro e já foi encenado em 1987 por Nicette Bruno e Paulo Goulart sob direção de Francisco Medeiros, os três nomes saudosos de nossos palcos.

Siga @miguel.arcanjo!

Ouça o Podcast do Arcanjo!

+ Artistas, Cultura e Entretenimento

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela ECA-USP e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. Eleito três vezes pelo Prêmio Comunique-se um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil. Nascido em Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. É crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Passou por Globo, Record, Folha, Contigo, Editora Abril, Gazeta, Band, Rede TV e UOL, entre outros. Desde 2012, faz o Blog do Arcanjo, referência no jornalismo cultural. Em 2019 criou o Prêmio Arcanjo de Cultura no Theatro Municipal de SP. É coordenador de Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro, colunista do Notícias da TV e faz o Podcast do Arcanjo em parceria com a OLA Podcasts. Foto: Edson Lopes Jr.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *