Maitê Proença volta com O Pior de Mim, sucesso no teatro digital

Maitê Proença encena O Pior de Mim toda quinta, às 19h – Foto: Dalton Valério/Divulgação – blogdoarcanjo.com

Por Miguel Arcanjo Prado

Uma das grandes atrizes brasileiras, Maitê Proença está de volta com um dos grandes sucessos do teatro digital em 2020: a peça O Pior de Mim, com autoria da atriz e direção de Rodrigo Portella. A obra está indicada ao Prêmio Arcanjo de Cultura.

A artista se inspira na própria vida para tecer um mergulho filosófico sobre a mulher, a profissão de atriz e os enfrentamentos de situações adversas na vida, demonstrando farto amadurecimento nos enxutos 50 minutos de peça.

Ao lado de nomes pioneiros como Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez com a Cia. de Teatro Os Satyros e Ricardo Cabral e Natasha Corbelino com o Teatro Caminho, Maitê Proença foi uma das precursoras do teatro digital, desbravando sem preconceito essa nova possibilidade artística de comunicação com o público em uma situação de pandemia, quando estreou seu espetáculo no projeto Teatro Já, no Teatro Petra Gold, no Rio.

Atriz com farta capacidade de comunicação não só em sua atuação como também na dramaturgia que constrói, Maitê Proença mostra em O Pior de Mim seu domínio das palavras e da poesia que emana delas.

Agora, é a primeira vez que Maitê encenará a peça direto de sua própria casa, o que dará à obra um tom ainda mais intimista. A trilha é assinada por Marcello H.; já a própria atriz assina a produção, que conta com assessoria de João Pontes e Stella Stephany, da JSPontes Comunicação.

A nova temporada de O Pior de Mim será toda quinta, 19h, a partir de 4 de março, com ingressos a partir de R$ 20.

Retire seu ingresso para O Pior de Mim com Maitê Proença!

Siga @miguel.arcanjo!

Ouça o Podcast do Arcanjo!

+ Artistas, Cultura e Entretenimento

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela ECA-USP e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. Eleito três vezes pelo Prêmio Comunique-se um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil. Nascido em Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. É crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Passou por Globo, Record, Folha, Contigo, Editora Abril, Gazeta, Band, Rede TV e UOL, entre outros. Desde 2012, faz o Blog do Arcanjo, referência no jornalismo cultural. Em 2019 criou o Prêmio Arcanjo de Cultura no Theatro Municipal de SP. É coordenador de Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro, colunista do Notícias da TV e faz o Podcast do Arcanjo em parceria com a OLA Podcasts. Foto: Edson Lopes Jr.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg





Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *