24ª Mostra de Cinema de Tiradentes tem mais de 100 filmes online

Raquel Hallak abre a 24ª Mostra de Cinema de Tiradentes – Foto: Leo Lara/Universo Produção – Divulgação para o blogdoarcanjo.com

Por Miguel Arcanjo Prado

Desta vez, é diferente. Não dá para sentir presencialmente o aconchego da pequena Tiradentes, joia barroca no interior de Minas, exibindo nas telas de suas praças o novo cinema nacional. Mas, de certo modo, é possível sentir a magnitude da força do festival mineiro que abre o calendário audiovisual do conforto do lar, com a 24ª edição da Mostra de Cinema de Tiradentes, realizada de forma online.

A cerimônia de abertura, digital, nesta sexta, 22, contou com a presença do Governador de Minas Gerais, Romeu Zema; do Prefeito de Tiradentes, Nízio Barbosa; do Secretário de Estado de Cultura de Minas Gerais, Leônidas Oliveira e dos coordenadores da Mostra de Cinema de Tiradentes, Raquel Hallak e Quintino Vargas.

Participam também da solenidade os parceiros do evento: Flávio Roscoe – presidente da Fiemg; Carlos Eduardo Tavares de Castro – presidente da Copasa; José Eduardo Ramos – diretor-dresidente da Cimento Nacional; Guilherme França do Couto e Silva – diretor da Cedro Mineração; Eduardo Saron – diretor do Itaú Cultural; Giuliano Fernandes – head de Marketing da CBMM; Marcelo Matos – responsável pelo setor de Relações Institucionais da CSN e Grijalva Duarte – diretor de Programas Sociais, Serviços e Operações Sesc em Minas. O Blog do Arcanjo parabeniza as empresas que seguem apoiando a cultura mesmo nestes tempos tão difíceis.

Paula Gaitán é a homenageada da 24ª Mostra de Cinema de Tiradentes – Foto: Leo Lara/Universo Produção – Divulgação para o blogdoarcanjo.com

A grande homenageada deste ano é a cineasta Paula Gaitán, importante realizadora de nossas grandes e pequenas telas.

A Mostra de Cinema de Tiradentes vangloria-se de ser o maior evento dedicado ao cinema brasileiro contemporâneo em formação, reflexão, exibição e difusão realizado no país. Afinal, são 114 filmes, entre longas e curtas-metragens, de 19 estados brasileiros.

Em seu verão efervescente, o evento apresenta, exibe e debate, em edições anuais, o que há de mais inovador e promissor na produção audiovisual brasileira, em pré-estreias mundiais e nacionais. O robusto programa, além de exibir os mais de 100 filmes, promove homenagem, oficinas, debates, mostrinha de cinema, exposições, shows musicais, performance audiovisual, encontros e diálogos audiovisuais e atrações artísticas. Tudo gratuito e aberto ao público. A cultura agradece!

Confira a programação da Mostra de Cinema de Tiradentes

+ Artistas, Cultura e Entretenimento

Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela ECA-USP e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. Eleito três vezes pelo Prêmio Comunique-se um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil. Nascido em Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. É crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Passou por Globo, Record, Folha, Contigo, Editora Abril, Gazeta, Band, Rede TV e UOL, entre outros. Desde 2012, faz o Blog do Arcanjo, referência no jornalismo cultural. Em 2019 criou o Prêmio Arcanjo de Cultura no Theatro Municipal de SP. Em 2020, passou a ser Coordenador de Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e começou o Podcast do Arcanjo em parceria com a OLA Podcasts. Foto: Edson Lopes Jr.

Siga @miguel.arcanjo

Ouça o Podcast do Arcanjo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *