Morre Tom Veiga, o Louro José da Ana Maria Braga

Por Miguel Arcanjo Prado

Morreu o intérprete de Louro José, papagaio que fazia dupla com Ana Maria Braga, Tom Veiga, aos 47 anos. Ele foi encontrado morto em sua casa, no Rio de Janeiro, neste domingo (1º), informou a Globo, sem especificar a causa da morte.

Nesta segunda (2), a Globo divulgou que o laudo do IML (Instituto Médico Legal) informa que ele foi vítima de um AVC (Acidente Vascular Cerebral) hemorrágico provocado por um aneurisma. O AVC hemorrágico é quando um vaso sanguíneo – veia ou artéria – se rompe dentro do cérebro, extravasando sangue.

Segundo a Globo, o exame de necropsia revelou que ele já estava acometido por um aneurisma cerebral, que é um tipo de inchaço de vaso sanguíneo cujo rompimento costuma ser fatal. Geralmente, um aneurisma não provoca nenhum tipo de sintoma, o que dificulta diagnóstico precoce e tratamento eficaz.

Começo da carreira na TV

Tom Veiga conheceu Ana Maria quando organizava uma feira de artesanatos na qual ela ia para promover o Note e Anote, programa que apresentava na Record. Logo, foi chamado para trabalhar com a loira como coordenador de estúdio, logo tornando-se produtor executivo da atração feminina na emissora da Barra Funda.

O personagem Louro José foi criado ainda na Record, pela própria Ana Maria, para conquistar o público infantil com o programa Note e Anote, em 1996, e desde então Tom Veiga passou a acompanhá-la diariamente na atração, manipulando o fantoche. Logo, o papagaio ficou famoso e ganhou a simpatia do público, não só das crianças como dos adultos, sendo requisitado inclusive para publicidade.

A Record chegou a tentar registrar os direitos do boneco, mas perdeu na Justiça, pois Ana Maria mostrou documentos que comprovavam que ela havia criado o personagem inspirado no próprio papagaio do sítio da apresentadora. Em recente entrevista ao Roda Viva, na TV Cultura, Ana Maria falou sobre a saída turbulenta da Record em 1999: “Eu tive uma briga com o bispo [Honorilton] Gonçalves [então diretor da Record] por conta de um pagamento. Ficamos chateados um com outro. Era sexta-feira à tarde. Ele me olhou e disse: Você não precisa voltar mais. Eu falei: Não quer que eu faça semana que vem? Ele falou: Não! Aí não voltei mais”.

Na ida da apresentadora para a Globo, em 2000, Tom Veiga acompanhou Ana Maria, com quem apresentava diariamente o Mais Você. Ao todo, ficou ao seu lado na tela por 3 anos na Record e 21 anos na Globo.

Ana Maria Braga e Tom Veiga – Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

Recentemente, Ana Maria Braga falou da relação de amizade com Tom/Louro José: “Meu papagaio mais amado, meu filho. Obrigada pela companhia, parceria, lealdade. A gente nunca discutiu, nunca brigou, a gente nunca ficou sem se falar por nenhuma razão. É uma das relações mais fantásticas da minha vida. Ele é irmão do meu papagaio que está lá na fazenda, que também é Louro José. É meu filho de penas”, declarou.

Lembre outras mortes na cultura em 2020

Separação recente

Após apenas nove meses de união, Tom Veiga se separou em outubro da empresária Cybelle Hermínio Costa, com quem havia se casado em janeiro. “Existiam questões que não conseguimos alinhar e que, infelizmente, foram determinantes para o fim”, declarou Cybelle ao jornal carioca Extra, em outubro, sobre o fim do relacionamento. Antes, Tom Veiga foi casado por 14 anos com Alessandra Veiga. Ele deixou quatro filhos.

Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela USP e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. Eleito três vezes pelo Prêmio Comunique-se um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil. Nascido em Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. É crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Passou por Globo, Record, Folha, Contigo, Editora Abril, Gazeta, Band, Rede TV e UOL, entre outros. Desde 2012, faz o Blog do Arcanjo, referência no jornalismo cultural. Em 2019 criou o Prêmio Arcanjo de Cultura no Theatro Municipal de SP. Em 2020, passou a ser Coordenador de Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e começou o Podcast do Arcanjo em parceria com a OLA Podcasts. Foto: Bob Sousa.

Siga @miguel.arcanjo

Ouça o Podcast do Arcanjo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *