Ellen Oléria leva canto afrodiaspórico à América Latina no Festival Mucho!

Potência negra: Ellen Oléria representa Brasil no internacional Festival Mucho! – Foto: Rodrigo Gianesi/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

Por Runan Braz, colaboração para o Blog do Arcanjo

Com muita alegria, consciência e axé, a cantora Ellen Oléria pretende tocar o coração do público latino-americano na terceira edição do Festival Mucho!, neste sábado (19), a partir das 16h, online e grátis. “Estou super ansiosa para ver os shows acontecendo e para a gente se misturar mesmo que numa dimensão virtual”, avisa a artista em conversa exclusiva com o Blog do Arcanjo. Ela revela um desejo que é comum a todos nós: “Apenas torcendo para que a gente se encontre fisicamente ao vivo em breve”. O evento abre com atividades formativas nesta sexta (18), a partir das 16h, como esquenta para os shows de sábado.

A cantora brasiliense que despontou para o Brasil e o mundo ao vencer o reality musical The Voice em 2012 na Globo será uma das atrações do encontro que celebra a produção sonora na América Latina. Mulher dona de seu destino, Ellen Oléria, com sua potente voz, propaga o reconhecimento da cultura afro-brasileira e fortalece o elo de identidade negra nas Américas. No Festival Mucho!, demonstra estar consciente de sua representatividade.

“A música está posta como uma ponte entre nós. Cantamos as nossas tradições, nossas memórias. Dizer que sou uma cantora brasileira, que eu canto uma música afrodiaspórica, me reconecta com toda a América latina”, avalia. Músicas como Zumbi e Afrofuturo são alguns dos sucessos contagiantes no repertório do show, que contará com a pianista Paola Lappicy.

“Canto uma música afrodiaspórica”, diz Ellen Oléria, uma das estrelas do Festival Mucho! neste sábado às 16h – Foto: Rodrigo Gianesi/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

Se artistas unem seus países com seus sons, no contexto geopolítico o sonho de uma América Latina unida e sem conflitos, infelizmente, ainda parece distante, sobretudo nestes últimos tempos. Contudo, o Festival Mucho! se impõe como importante alegoria de uma real aproximação cultural e quebras de estereótipos entre os países vizinhos, fazendo da arte um exemplo ao mundo político.

Para a cantora, o evento que propõe a integração cultural e o respeito à diversidade entre os povos latinos é um caminho para esta união chamada latinidade. “Acredito que a ponte já está estabelecida. Precisamos entender também nosso processo colonizador como algo que nos integra a uma mesma história, tanto dentro dos processos de violência que passamos, como na superação desses mesmos processos”, pondera. 

Com 16 anos de carreira e cinco discos lançados, a artista mantém como marcas o entusiasmo e o sorriso no rosto, transitando com facilidade por ritmos como MPB, soul e hip hop. Sempre com sua voz inigualável que arrepia palcos e festivais. “Acho que o Festival Mucho! é um espaço muito lindo e colorido para gente chegar ao povo também e entender os nossos encontros e produções enquanto artistas latino-americanos que somos” , pontua.

“Festival Mucho é um espaço lindo e colorido para chegar ao povo latino-americano”, diz Ellen Oléria – Foto: Rodrigo Gianesi/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

Ellen Oléria sobe ao palco instalado na cobertura do Edifício Martinelli, no centro histórico de São Paulo, acompanhada no lineup de Daymé Arocena (Cuba), Francisco, El Hombre (México/Brasil), Pascuala Ilabaca y Fauna (Chile), Santa Mala (Bolívia), Señor Flavio de Los Fabulosos Cadillacs (Argentina), Villagrán Bolaños (Paraguai). Com produção de Hernan Halak e Felipe Gonzalez, das produtoras Mundo Giras e Difusa Fronteira, o evento tem apresentação do ator argentino Juan Manuel Tellategui e do jornalista cultural brasileiro Miguel Arcanjo Prado, em mais um recado de integração latino-americana.

Acompanhada da pianista Paola Lappicy, Ellen Oléria canta no Festival Mucho! neste sábado – Foto: Rodrigo Gianesi/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

O Festival Mucho! tem apoio a Cidade de São Paulo – Turismo, Ministério de Cultura da Cidade de Buenos Aires (que transmitirá a festa na plataforma Cultura en Casa), Programa Ibermúsicas no Ano Iberoamericano da Música, MMF Latam Associação Latino-Americana de Managers e Agentes Musicais, Edifício Martinelli e Organização TECHO. Siga @festivalmucho e @ellenoleria!

Agradecimentos: Felipe Gonzalez, Hernan Halak, Nina Souza, Renato Fernandes e Rodrigo Gianesi.

Tudo sobre Festival Mucho!

Festival Mucho! une artistas de 7 países neste sábado: Santa Mala, Francisco, El Hombre, Señor Flavio, Villagrán Bolaños, Ellen Oléria, Daymé Arocena e Pascuala Ilabaca – Fotos: Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

SERVIÇO

Festival MUCHO! 2020 Online

Data: 18 e 19 de setembro, sexta (ações formativas) e sábado (shows), às 16h. Grátis. Youtube.com/festivalmucho Classificação: 18 anos.
Mais informaçõeswww.festivalmucho.com

Ouça o Podcast do Arcanjo

Siga @miguel.arcanjo

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. 20/09/2020

    […] de voz ímpar, a brasileira Ellen Oléria representou com grandeza a música brasileira e exaltou a […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *