Rapidinhas: Ilana Kaplan e Beth Goulart se unem em live teatral

Por Miguel Arcanjo Prado

Herdeiras

Ilana Kaplan e Beth Goulart, atrizes respeitadas pela classe e pela crítica, farão a leitura do texto Antes Que Amanheça, do dramaturgo Vitor de Oliveira, sob direção de Edgar Benitez. Interpretam irmãs que passam por um desafio para receber a herança milionária da avó. Dia 18 de agosto, terça, 21h, no Facebook do Teatro João Caetano. Após a leitura, haverá conversa com o autor. Imperdível.

O Pequeno Príncipe: clássico da literatura chega ao teatro digital – Foto: Daniel Augusto/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

Principito

Obra aclamada mundialmente, O Pequeno Príncipe, do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, sai dos livros e chega aos palcos em musical digital. O Diversão em Cena ArcelorMittal Online exibe o espetáculo no próximo domingo, 16 de agosto, às 16h. A peça, encenada pela Copas Produções Artísticas, será transmitida pelo Facebook e YouTube. Olha só.

Por Aí: Teatro Oficina lança o podcast Rádio Uzona | Itaú Cultural
O Bailado do Deus Morto: temporada digital do Teat(r)o Oficina – Foto: Jennifer Glaass/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

Maratona Oficina

Mais longevo e importante grupo cênico do Brasil com 62 anos de trajetória, o Teat(r)o Oficina, dirigido por Zé Celso, faz maratona no FarOFFa no Sofá. O grupo já transmitiu Bacantes e Navalha na Carne. Nesta sexta (14), 21h, tem Ham-Let. Já no domingo, 18h, O Bailado do Deus Morto, e, por último, às 22h, Why the Horse?. Depois, O Bailado do Deus Morto tem sessões quartas, 21h, e domingos, 18h, até 2 de setembro. Para ver tudo é só entrar no Teatro Oficina Digital. Prestigie.

Sísifos, da Cia Candongas: sessão pelo FaOFFa digital – Foto: Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

Sem fronteiras

A Cia Candongas fará o espetáculo Sísifos, às 16h, no dia 15 de agosto, sábado, no FarOFFa no Sofá, a a versão digital do FaOFFa – Circuito Paralelo de Artes de São Paulo. A sessão terá legendas em inglês. Que chique.

Festival de Gramado: coletiva digital para anúncio da edição 2020 – Foto: Edison Vara/Pressphoto/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

Novos tempos

O 48º Festival de Cinema de Gramado, que acontece de 18 a 26 de setembro no Canal Brasil, fará coletiva de apresentação oficial do evento 18 de agosto, terça, às 11h, pela TV direto dos estúdios da TVE RS. E transmissão online pelos canais digitais do Festival e também pelo site da TVE. É o novo normal.

Carol Melgaço no filme 30 Anos Blues: no streaming Belas Artes À la Carte de 20 a 23 de agosto – Foto: Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

Casal em crise

A atriz Carol Melgaço, que fez sucesso na Netflix na série Samantha!, é uma das protagonistas do filme 30 Anos Blues, de Andradina Azevedo e Dida Andrade. O longa faz pré-estreia digital de 20 a 23 de agosto no Belas Artes À La Carte e será exibido no Drive-In Cine Belas Artes do Memorial no dia 3 de setembro, às 18h. No roteiro, a personagem de Carol vive fortes turbulências no casamento. Quem nunca?

Danielle Rosa e Adriano Toloza no filme 30 Anos Blues: pré-estreia digital e no drive-in pelo Belas Artes – Foto: Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

Dose dupla

A atriz Danielle Rosa, destaque no Teat(r)o Oficina, trabalhou com os diretores Andradina Azevedo e Dida Andrade no filme de estreia deles, A Bruta Flor do Querer, vencedor dos Kikitos de Melhor Direção e Melhor Fotografia no Festival de Gramado de 2013. Agora, volta a trabalhar com a dupla em 30 Anos Blues, vencedor do Kikito Especial do Júri no Festival de Gramado 2019. Aliás, a baiana de Vitória da Conquista radicada em São Paulo acaba de ser mãe da pequenina Flor Bela, de dois meses. Danielle foi especialmente convidada pelos cineastas. Afinal, é atriz excelente.

Mayana Neiva e Juan Manuel Tellategui em Agua dos Porcos Águas Selvagens: sucesso de público na Argentina – Foto: Chaparral Pictures/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

Blockbuster 

Coprodução Brasil-Argentina da Laz Audiovisual, de Rubens Gennaro e Virginia Moraes, o filme Agua dos Porcos, de Roly Santos, conquistou o público argentino pelo streaming. O longa, que no Brasil se chamará Águas Selvagens, foi visto por 33.200 usuários do Cine.Ar, segundo divulgou esta semana a plataforma, sendo líder de audiência em julho com apenas dois dias de exibição, já que estreou em 30/7. E este número pode ser facilmente multiplicado por dois, já que a maioria dos usuários assiste aos filmes com companhia. Ou seja, é certo que pelo menos 60 mil pessoas já viram o longa previsto para chegar ao Brasil em 2021. Um estádio La Bombonera lotado. Coisa boa.

Cinema Petra Belas Artes, que agora integra o Belas Artes Grupo: streaming, distribuidora, drive-in e o que mais surgir – Foto: Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

Todos por um

O cinema de rua Petra Belas Artes, a distribuidora Pandora Filmes, o streaming Belas Artes À La Carte e o novíssimo Belas Artes Drive-In no Memorial se fundiram nesta quarentena. Todos agora integram o Belas Artes Grupo, que comemora o fato de ser a marca de cinema de maior destaque nos últimos meses no Brasil. Merecido.

Matías Umpierrez posa para o fotógrafo Bob Sousa no Blog do @miguel.arcanjo

Teatro em Movimento

O Teatro em MovDigital começou suas atividades nesta quinta-feira (13), com a entrevista em seu canal do artista Matías Umpierrez, de Buenos Aires, que já esteve em São Paulo com seu Teatro Solo e sempre fusionou sua cena com elementos tecnológicos e digitais. O projeto sob coordenação de Tatyana Rubim ainda inclui formação em teatro digital, websérie e outras ações virtuais, como pede o novo normal. A coluna aplaude a iniciativa.

O Surto – Uma Não Peça Online, do Grupo Trapo, tem sessões na Sympla – Foto: Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

Confinados

O Grupo Trapo, com 20 anos de atividades em São Paulo, está nas redes com a peça O Surto – Uma Não Peça Online. A obra pode ser vista no Sympla. Muriel Vitória assina concepção e direção. Estão em cena Diego Britto, Mariana Figueiredo, Marília Pacheco, Márcio Lima e Priscilla Rosa. No enredo, quatro amigos passam a quarentena juntos em um mesmo apartamento, no centro de São Paulo, especulando sobre a vida da misteriosa vizinha. Dá pano pra manga.

Siga @miguel.arcanjo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *