Rapidinhas: Ator brasileiro participa de teatro digital na Argentina

A coluna mais quente (e lida) do teatro brasileiro

Hermano digital
O mundo virtual desconhece fronteiras geográficas. Prova disso é que o ator brasileiro Ivo Müller integra o elenco da peça digital argentina Cajas Chinas, dirigida pela portenha Kris Nilison e encenada na plataforma Zoom toda quinta, 22h, a partir de 25 de junho. Muy bien.

Tcheco virtual
Além de atuar com os hermanos, Ivo Müller ainda conta à coluna que faz um segundo espetáculo na internet, dessa vez aqui mesmo no Brasil, em formato live em seu Instagram, toda segunda, 21h, a partir de 29 de junho. Trata-se de Rilke, sob direção de Arieta Corrêa, solo que homenageia o escritor e poeta Rainer Maria Rilke. “A peça conversa com o que estamos passando”, avisa o artista. Vai perder?

O ator Ivo Müller – Foto: Nick Holmes/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

Presença no streaming
Além das duas peças de teatro, Ivo Müller pode ser visto nas telas dos streaming da vida. Ele está no Globoplay em Hebe – A Série, na qual interpreta Carlucho, o fiel cabeleireiro da apresentadora paulista. O ator ainda pode ser visto em Tabu, filme de Miguel Gomes que está no Mubi e no ITunes. Olha só.

Projetos futuros
Ivo Müller ainda espera tudo isso passar para retomar outros dois projetos. A série O Anjo de Hamburgo, parceria da TV Globo com a Sony Entertainment Television, na qual está como ator, e o documentário vencedor do Festival É Tudo Verdade 2019, Cine Marrocos, de Ricardo Calil, que será lançado comercialmente no pós-pandemia, no qual fez preparação de elenco. Aguardemos ansiosos.

Gustavo Ferreira – Foto: Bob Sousa – Blog do @miguel.arcanjo

Nasce um entrevistador
O ator Gustavo Ferreira começou nesta semana a entrevistar personalidades no Instagram do Bloco da Mamma. Os primeiros foram o ator Ivam Cabral, o cantor Bruno Mog, o estilista Walério Araújo e a atriz e diva Márcia Dailyn, todos estrelas do bloco carnavalesco paulistano que nasceu na última folia. O papo não teve limites, é claro. E foi recheado de assuntos picantes. Danado.

Visita à velha casa
Recluso em sua casa à beira do lago em Parelheiros, ao lado do diretor Rodolfo García Vázquez, Ivam Cabral conta que foi visitar nesta semana o Espaço dos Satyros na praça Roosevelt. “No início da semana, quebrei meu isolamento social e fui ao Satyros, pela primeira vez, em 90 dias, para fazer umas fotos”. E faz questão de explicar: “Claro que tudo dentro do maior cuidado possível, com máscara e muito álcool em gel”. Ufa.

Mergulho no digital
Aliás, Ivam Cabral, nosso grande homem de teatro, está cada vez mais interessado nas propostas artísticas do digital. Precursor no teatro ambientado no virtual nesta pandemia, ele participou nesta semana de três debates sobre o tema, um promovido pelo Sympla, outro pelo Opinião Cult e o terceiro pelo Instituto Hilda Hilst. Quem fica parado é poste.

Márcia Dailyn – Foto: Edson Lopes Jr. – Blog do @miguel.arcanjo

Minhas velhas
Márcia Dailyn, atriz e diva do Satyros e da praça Roosevelt, além de musa do bloco Acadêmicos do Baixo Augusta, do Bar da Dona Onça e da boate The Week, anda requisitadíssima para lives nesta quarentena. E o povo ama. Ao brilhar nas redes, ela faz questão de falar das trans que vieram antes, como suas amigas Divinas Divas, a quem chama carinhosamente de “minhas velhas”. Afinal, é sempre preciso enaltecer as que vieram (e batalharam muito) antes. Ao agir assim, Márcinha dá exemplo às novas gerações que pensam que estão inventando o mundo. Conhecer um pouquinho de história é fundamental, não é mesmo?

Miss Biá e Rogéria em fotografia que faz parte do acervo que precisa ser preservado – Foto: Acervo Miss Biá – Blog do @miguel.arcanjo

Memória nacional
Este colunista está preocupadíssimo do que será feito com o precioso acervo de Miss Biá, que morreu vítima da covid-19. Seu baú era repleto de registros históricos em imagens e vídeos da noite de São Paulo nos últimos cinquenta anos, sobretudo da cena LGBTQIA+, que na época dela era chamada de noite gay mesmo, com as famosas transformistas. Seria importante que a família de Biá negociasse junto ao poder público a preservação deste material, que merece exposição no futuro. Por favor, não joguem nada fora! Seria o maior pecado do mundo!

Gustavo Vaz e Débora Falabella na websérie Se Eu Estivesse Aí – Foto: Jorge Bispo/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

É de casa
Débora Falabella resolveu misturar a vida e a arte nesta pandemia. Ela atua na websérie Se Eu Estivesse Aí ao lado do ator e namorado Gustavo Vaz, produção que está disponível no GShow da Globo. Na trama, um casal recém-separado resolve as pendências por meio de áudios trocados em plena quarentena. Eita.

Fígaro
O canal do Theatro Municipal de São Paulo disponibiliza nesta sexta (19) em seu canal no YouTube a gravação da ópera O Barbeiro de Sevilha, histórica por ser protagonizada pelo barítono negro David Marcondes. Fígaro, fígaro, fígaro!

Fábio Penna – Foto: Divulgação

Dose dupla
O ator Fábio Penna abraçou de vez o teatro digital. Tanto que está presente em dose dupla nas redes nesta quarentena. Ele dirige a live Desamparos, toda terça, 22h, no Instagram da atriz Cléo De Páris. Já de sexta a domingo, pode ser visto na peça A Arte de Encarar o Medo, do Satyros, no Zoom com ingressos vendidos pelo Sympla. Garoto esperto e sem medo do novo.

André Fischer e Fhelipe Chrisostomo: excelentes entrevistadores nas lives do @ccdiversidade – Fotos: Reprodução/Instagram e Nathane Chrisostomo/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

Todos ouvidos
O Centro Cultural da Diversidade tem feito interessantes papos em lives que acontecem sempre às 19h. Em foco, personalidades e artista que batalham em prol da diversidade no mundo da cultura. As lives possuem dois excelentes entrevistadores, do tipo que escutam com atenção seus convidados, como deve ser: André Fischer, diretor da instituição cultural municipal, e o ator Fhelipe Chrisostomo. Dois queridos.

Marisa Monte e Ton Miranda em foto que está no clipe Tempos Modernos – Foto: Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo

Feliz da vida
Ton Miranda, apresentador do canal Diversão & Arte no YouTube e do podcast Rabisco — que celebrou os 4 anos entrevistando ninguém menos que Fernanda Montenegro nesta semana —, é um dos astros do novo clipe da cantora Marisa Monte, Tempos Modernos. A diva da MPB reuniu imagens de fãs que lhe acompanham desde os primórdios. Caso do nosso Ton. A coluna manda os parabéns.

Siga @miguel.arcanjo

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. 20/06/2020

    […] Fonte: Blog do Arcanjo […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *