Musical Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolate estreia em 19 de março

Cartaz do filme “A Fantástica Fábrica de Chocolate”, de 1971, que encantou gerações na Sessão da Tarde – Foto: Divulgação – Blog @miguel.arcanjo UOL

As crianças estão de volta em grande estilo ao teatro musical paulistano para encantar o público com uma história conhecida (e amada) por todos nós. Trata-se de “Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolate, O Musical”, com estreia marcada para 19 de março no Teatro Alfa, com 15 atores e atrizes mirins se revezando em seis sessões semanais. Os ingressos já estão à venda.

O ganhador do Prêmio APCA Cleto Baccic será o icônico personagem Willy Wonka, o dono da fábrica de chocolates mais desejada pelos pequeninos. Já o protagonista, o menino pobre e sonhador Charlie Bucket, será dividido pelos atores Felipe Costa, João Pedro Delfino e Pedro Sousa. O musical ainda tem Rodrigo Miallaret como o simpático Vovô Joe e Sara Sarres como a Senhora Bucket, mãe do protagonista.

Sob direção geral de John Stefaniuk, a superprodução tem direção musical de Daniel Rocha e versão brasileira de Mariana Elizabetsky e Victor Mülethaler. A obra é baseada no livro de Roald Dahi (que virou filme em Hollywood em 1971 e em 2005) com libreto de David Greig, música de Marc Shaiman e letras de Scott Wittman e Marc Shaiman.

A realização é do Instituto Artium de Cultura, presidido por Carlos Cavalcanti, com apresentação do Ministério da Cidadania e Brasilprev e parceria com o Atelier de Cultura.

O Blog Miguel Arcanjo já descobriu que a versão musical será colorida e pra cima, bem mais próxima ao filme de 1971 do que da versão sombria de Tim Burton em 2005. Ainda bem.

>>> Siga @miguel.arcanjo

Conheça o elenco no vídeo abaixo:

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Charlie – O Musical (@charlieomusical) em

Please follow and like us:
The Crown mostra que Charles traiu Diana Caetano Veloso se emociona em show após morte de Gal Costa Prêmio Arcanjo de Cultura acontece no Teatro Sérgio Cardoso Gal Costa morre aos 77 anos Festival Satyrianas tem mil artistas na Praça Roosevelt