Héctor Babenco ganha mostra de filmes no Reserva Cultural em SP

O cineasta Hector Babenco em 2015- Foto: Junior Lago/UOL – Blog @miguel.arcanjo

Um dos maiores nomes do cinema latino-americano e indicado ao Oscar de Melhor Direção, um feito histórico em 1986 por “O Beijo da Mulher Aranha”, Héctor Babenco (1946-2016) é homenageado em São Paulo com uma mostra especial no cinema Reserva Cultural, na av. Paulista, 900. Oito filmes de Héctor Babenco (1946-2016) são reapresentados ao público. A mostra foi aberta no último dia 7, com o clássico “Pixote”. No dia 12, é a vez de “O Rei da Noite”; já no dia 19, “Coração Iluminado”. Dia 26 é exibido “O Passado”, seguido de “Lucio Flavio” no dia 4 de março. Já em 11 de março passa “Brincando nos Campos do Senhor”. No dia 18 de março é a vez de “O Beijo da Mulher Aranha”. A mostra termina com “Carandiru” no dia 25 de março. A ação faz parte do lançamento comercial do tocante documentário “Babenco – Alguém Tem Que Ouvir o Coração e Dizer: Parou” (leia a crítica), de Bárbara Paz, premiado nos festivais de Veneza, na Itália, e Mumbai, na Índia.

>>> Siga @miguel.arcanjo

Please follow and like us:
Brasil e Argentina se beijam na Copa do Mundo do Qatar 2022 Após críticas, Nômade Festival coloca negros com Erykah Badu Festival de Curitiba anuncia novidades em 2023 II Expo Internacional Consciência Negra SP The Crown mostra que Charles traiu Diana