Morte de Gabriel Diniz ocorre 60 anos após tragédia com cantor de La Bamba

Gabriel Diniz, do hit ‘Jenifer’ (esq.), e Ritchie Valens, do hit ‘La Bamba’ (dir.), morreram no auge do sucesso, em um desastre aéreo – Fotos: Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo – UOL

No auge, eles morreram em desastre aéreo que chocou seus fãs: 60 anos separam as histórias de Gabriel Diniz e Ritchie Valens.

A morte do cantor Gabriel Diniz, do hit “Jenifer’, em um desastre aéreo em Sergipe, nesta segunda (27), aos 28 anos, ainda choca e comove o Brasil.

A tragédia acontece 60 anos depois de outra histórica queda de avião que também matou um jovem cantor que, assim como Gabriel, desfrutava do sucesso de um grande hit.

Em 1959, o cantor estadunidense descendente de mexicanos Ritchie Valens morreu do mesmo modo, com apenas 17 anos, quando o mundo inteiro cantava sua música “La Bamba”, assim como o Brasil cantou neste ano “Jenifer”, de Gabriel Diniz.

O desastre que matou Ritchie Valens foi chamado de “o dia em que a música morreu” pelo compositor Don McLean, já que no mesmo avião monomotor que caiu em Iowa, nos EUA, ainda estavam Buddy Holly e J.P. “The Big Bopper” Richardson, outros grandes ícones da história do rock.

Veja cena do filme “La Bamba”, de 1987, com a canção de Ritchie Valens:

Veja o clipe de “Jenifer”, de Gabriel Diniz:

Siga Miguel Arcanjo no Instagram

Please follow and like us:
Jô Soares sofre censura após morte Diário de Pilar na Grécia faz temporada no Teatro das Artes em SP O Deus de Spinoza estreia no Teatro Itália Bandeirantes Teatro nos Parques percorre SP e Brasil ‘Se fosse homem, teria mais visibilidade’, diz Eloisa Vitz