Bloco Volta Belchior arrasta 50 mil em BH com “presença” do cantor

O jornalista Kerison Lopes, fundador do bloco Volta Belchior, com a camisa feita com a “presença” do cantor cearense que morreu em 2017 – Foto: Liliane Pelegrini/Divulgação Belotur – Blog do Arcanjo – UOL

Bloco mineiro presta tributo pelo terceiro ano ao cantor cearese Belchior e arrasta 50 mil pessoas pelas ruas do bairro Santa Tereza, em Belo Horizonte.

Por Miguel Arcanjo Prado
Enviado especial a Belo Horizonte*

O jornalista Kerison Lopes estava muito emocionado ao fim do terceiro desfile do bloco Volta Belchior, do qual é presidente. Ele fez seu terceiro cortejo no Carnaval de Belo Horizonte, arrastando 50 mil pessoas pela rua Mármore, no bairro de Santa Tereza, na capital mineira, ao som das músicas do cantor Belchior (1946-2017), no último sábado (2).

“Quando criamos o Volta Belchior, em 2016, Belchior ainda estava vivo, morando no Sul do Brasil. A gente até esperava que ele pudesse aparecer de surpresa em nosso primeiro desfile, que foi feito com ele ainda vivo”, recordou Kerison.

“Lembro que no nosso primeiro desfile, em 2017, lançamos um desafio de que no terceiro cortejo Belchior estaria presente. E seria agora em 2019”, falou, emocionado.

Bigodudo e feminista: a advogada Soraya Roberta toca na bateria Alucinação do bloco Volta Belchior, que arrastou 50 mil pessoas em BH – Foto: Liliane Pelegrini/Divulgação Belotur – Blog do Arcanjo – UOL

O bloco desfilou com seu costumeiro bigode nos integrantes e com a bateria Alucinação composta majoritariamente por mulheres, dando um tom feminista e bigodudo ao desfile.

Kerison ainda contou que a camiseta do bloco foi desenhada pelo artista plástico Fernando Pacheco, amigo íntimo de Belchior, apresentado por Coiote, o produtor Jackson Martins, que acompanhou Belchior nos últimos anos de sua carreira.

“Espiritualista, Fernando contou que sentiu a presença de Belchior no momento da pintura e que ele chegou a interferir, fazendo escorrer uma gota que parece um corte no seu pescoço”, revelou Kerison.

Bloco Volta Belchior arrasta 50 mil pessoas no Carnaval de BH – Foto: Liliane Pelegrini/Divulgação Belotur – Blog do Arcanjo – UOL

“Só temos de agradecer o legado de música e poesia deixado por Belchior, músicas que ajudam a resistir, a sonhar, a lutar contra a imbecilidade que campeia”, ponderou.

O jornalista prometeu seguir com o bloco adiante, preservando a memória de Belchior no Carnaval de BH: “Enquanto nos restar forças, levaremos o Volta Belchior por todos os cantos, reverenciando a voz mais inteligente da Música Popular Brasileira”.

Bigodudo e feminista, bloco Volta Belchior arrasta 50 mil pessoas no Carnaval de BH celebrando o legado do cantor e compositor – Foto: Liliane Pelegrini/Divulgação Belotur – Blog do Arcanjo – UOL

Bigodudo e feminista, bloco Volta Belchior arrasta 50 mil pessoas no Carnaval de BH celebrando o legado do cantor e compositor – Foto: Liliane Pelegrini/Divulgação Belotur – Blog do Arcanjo – UOL

Bigodudo e feminista, bloco Volta Belchior arrasta 50 mil pessoas no Carnaval de BH celebrando o legado do cantor e compositor – Foto: Liliane Pelegrini/Divulgação Belotur – Blog do Arcanjo – UOL

Bigodudo e feminista, bloco Volta Belchior arrasta 50 mil pessoas no Carnaval de BH celebrando o legado do cantor e compositor – Foto: Liliane Pelegrini/Divulgação Belotur – Blog do Arcanjo – UOL

Bigodudo e feminista, bloco Volta Belchior arrasta 50 mil pessoas no Carnaval de BH celebrando o legado do cantor e compositor – Foto: Liliane Pelegrini/Divulgação Belotur – Blog do Arcanjo – UOL

Bigodudo e feminista, bloco Volta Belchior arrasta 50 mil pessoas no Carnaval de BH celebrando o legado do cantor e compositor – Foto: Liliane Pelegrini/Divulgação Belotur – Blog do Arcanjo – UOL

Bigodudo e feminista, bloco Volta Belchior arrasta 50 mil pessoas no Carnaval de BH celebrando o legado do cantor e compositor – Foto: Liliane Pelegrini/Divulgação Belotur – Blog do Arcanjo – UOL

Bigodudo e feminista, bloco Volta Belchior arrasta 50 mil pessoas no Carnaval de BH celebrando o legado do cantor e compositor – Foto: Liliane Pelegrini/Divulgação Belotur – Blog do Arcanjo – UOL

Bigodudo e feminista, bloco Volta Belchior arrasta 50 mil pessoas no Carnaval de BH celebrando o legado do cantor e compositor – Foto: Liliane Pelegrini/Divulgação Belotur – Blog do Arcanjo – UOL

Bigodudo e feminista, bloco Volta Belchior arrasta 50 mil pessoas no Carnaval de BH celebrando o legado do cantor e compositor – Foto: Liliane Pelegrini/Divulgação Belotur – Blog do Arcanjo – UOL

Bigodudo e feminista, bloco Volta Belchior arrasta 50 mil pessoas no Carnaval de BH celebrando o legado do cantor e compositor – Foto: Liliane Pelegrini/Divulgação Belotur – Blog do Arcanjo – UOL

*O jornalista Miguel Arcanjo Prado viajou a convite da Belotur.

Siga Miguel Arcanjo Prado no Instagram

Please follow and like us: