Opinião: Do fundo do poço à vitória na Fazenda, Rafael Ilha é um vencedor

Rafael Ilha nos tempos de sucesso com o grupo pop Polegar: vida turbulenta até a vitória em “A Fazenda” – Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

Um ano e meio antes de o ex-Polegar se tornar ganhador da décima edição de “A Fazenda” com 62,51% dos votos, Rafael Ilha declarou no “Programa Raul Gil”: “”Sou um vencedor, mais que um vencedor”. Ele estava coberto de razão.

E a frase não era uma espécie de premonição do prêmio de R$ 1,5 milhão que ganhou na madrugada desta sexta (14) no reality da Record muito bem apresentado por Marcos Mion. Era uma conclusão diante de sua própria vida até então e sua capacidade de reinvenção confirmada agora em rede nacional.

Conhecemos Rafael Ilha há muito tempo. De diversas formas.

Desde o ídolo adolescente do grupo Polegar, que causava frisson nas garotas na virada dos anos 1980 para a década de 1990, até as manchetes policiais do “Jornal Nacional” noticiando suas prisões ou envolvimento com o crack, pesada droga na qual foi viciado por longos 13 anos no pós-fama, chegando a viver, literalmente, debaixo da ponte.

Já sem os flashes do início da juventude e abandonado pela mídia, na qual um dia foi o rostinho jovem da vez, Rafael chegou a consumir 70 pedras de crack por dia da droga e praticamente destruiu sua vida, chegando a parar em um manicômio judiciário, onde engoliu pilhas; tempos depois, tentou se matar. Do auge, chegou ao fundo do poço.

Mas, seu desejo genuíno de recuperação e de reconstrução da própria vida comoveu a jornalista Sonia Abrão, que lhe deu oportunidade de trabalho nos bastidores de seu programa de variedades — este colunista conheceu Rafael assim, como produtor de TV, nos bastidores de pautas, trabalhando de modo responsável, humilde e muito simpático com todos os colegas de imprensa.

Sonia ficou tão impressionada com a garra do rapaz que resolveu contar sua trajetória de superação no livro biográfico “Rafael Ilha – As Pedras do Meu Caminho”, lançado em 2015 e que agora precisa, urgentemente, de uma nova edição atualizada.

Quando todos pensavam que os fatos mais importantes deste artista brasileiro tão frágil e ao mesmo tempo verdadeiro já haviam passado, eis que a vida surpreende a todos mais uma vez, colocando novamente Rafael Ilha, aos 45 anos, no centro dos holofotes. E com a conta bancária bem mais recheada que nos tempos do Polegar.

Da glória juvenil ao fundo do poço, e do fundo do poço à vitória em “A Fazenda” consagrado pelo Brasil, Rafael Ilha é, realmente, um vencedor.

Por Miguel Arcanjo Prado

Rafael Ilha vence a décima edição de “A Fazenda” e ganha prêmio de R$ 1,5 milhão – Foto: Reprodução – Record – Blog do Arcanjo – UOL

Siga Miguel Arcanjo Prado no Instagram

Please follow and like us:
Surra de estilo: Prêmio Bibi Ferreira 2022 Grammy Latino 2022: Veja brasileiros indicados! Travessia estreia em 10 de outubro na Globo Fred Raposo é destaque no Mirada Maitê Proença estreia O Pior de Mim em SP