Exclusivo: Musical exige artistas “cristãos” e gera polêmica

Anúncio feito pela 4Act Entretenimento pede artistas “cristãos” nas audições de “A Próxima Estação, O Musical”; Constituição proíbe discriminação religiosa no ambiente de trabalho e artistas protestam nas redes – Foto: Reprodução

A produção de “A Próxima Estação, O Musical”, a cargo da 4Act Entretenimento, publicou um polêmico anúncio nas redes sociais no qual exige em suas audições atores, cantores e bailarinos “cristãos”.

Pelo anúncio, profissionais que sejam judeus, espíritas, budistas, candomblecistas, umbandistas ou mesmo ateus ou de outras religiões sequer podem se candidatar às audições do musical.

A exigência religiosa provocou reação entre os artistas em São Paulo, que lembraram que discriminação religiosa é crime previsto na Constituição Federal de 1988.

Esta determina que ninguém pode sofrer discriminação por conta da religião, como deixa claro no Artigo 5º parágrafo VIII: “ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política”.

Contudo, a religião cristã é reforçada no anúncio de trabalho divulgada pela 4Act Entretenimento com um negrito.

O Blog do Arcanjo no UOL telefonou para a 4Act Escola de Teatro Musical, ligada à 4Act Entretenimento.

A funcionária que atendeu a reportagem afirmou que não tinha contato telefônico nem poderia passar o nome do responsável pela produção e audições de “A Próxima Estação, O Musical”. Ela declarou que qualquer contato deveria ser feito apenas pelo e-mail que consta no anúncio.

A reportagem enviou, então, questionamentos ao e-mail, perguntando por que a exigência de profissionais “cristãos” foi tomada, onde e quando o musical vai estrear, se a estreia será em um teatro ou em uma igreja, qual é o nome de seu produtor e de seu diretor responsável e se a produção considera discriminação exigir determinada religião a um profissional, algo proibido pela Constituição.

As perguntas não foram respondidas até o momento.

Após o contato da reportagem, a 4Act retirou o anúncio do ar. O Blog do Arcanjo no UOL apurou também que a 4Act Entretenimento pediu para o site Backstage Musical, especializado no mercado musical e que havia replicado o anúncio em suas redes como faz com todos os anúncios de audições, também fazer a retirada da convocatória exigindo artistas “cristãos” do ar.

Veja a nova arte que foi enviada ao Backstage Musical após o contato da reportagem, onde foi retirada a exigência que os profissionais sejam cristãos.

Nova arte feita pela 4Act Entretenimento após o contato da reportagem questionando a exigência que os profissionais fossem cristãos do primeiro anúncio para as audições do musical “A Próxima Estação” – Foto: Reprodução

Veja, abaixo, alguns comentários de artistas na internet sobre o polêmico anúncio da 4Act Entretenimento exigindo profissionais “cristãos” para o musical “A Próxima Estação”:

Siga Miguel Arcanjo Prado no Instagram

Please follow and like us:
Surra de estilo: Prêmio Bibi Ferreira 2022 Grammy Latino 2022: Veja brasileiros indicados! Travessia estreia em 10 de outubro na Globo Fred Raposo é destaque no Mirada Maitê Proença estreia O Pior de Mim em SP