Cléo De Páris homenageia ator Leonardo Machado, com quem foi casada

Teatro e Musicais | UOL Entretenimento

A atriz Cléo De Páris prestou emocionada homenagem ao ator Leonardo Machado, com quem foi casada por oito anos. Atualmente um dos mais importantes atores do Rio Grande do Sul, ele morreu na noite desta sexta (28) aos 42 anos vítima de um câncer no fígado.

O artista fez oito trabalhos na TV, como nas novelas “Salve Jorge”, “Viver a Vida” e “Senhora do Destino” e na série “Na Forma da Lei”, 44 trabalhos em cinema, como nos recentes filmes “Yonlu” e “Teu Mundo Não Cabe Nos Meus Olhos”, além de seis peças de teatro.

Leia também: Gaúcho talentoso, Leonardo Machado não abriu mão do que era

“Ainda é difícil acreditar que o Léo partiu”, afirmou Cléo De Páris, que também é gaúcha e vive em São Paulo, onde atua na Cia. Os Satyros e na SP Escola de Teatro, da qual é uma das fundadoras.

“Quando nos conhecemos ele tinha 21 anos, eu 25. Em 4 meses de namoro, casamos na igreja. E, juntos, batalhamos e aprendemos muito. Saímos de Porto Alegre, com nossas malas e nossa fé. Moramos no Rio, e São Paulo. Sempre muito unidos, muito parceiros de verdade. Fizemos muitas músicas juntos e sonhamos muitos belos sonhos. Mesmo depois de separados, sempre estivemos próximos no respeito e no afeto”, contou a atriz.

“O Léo é a pessoa mais curiosa, destemida e ousada que conheci na vida. Quando casamos, eu cantava na banda Acretinice me Atray. Ele nunca tinha tocado violão, começou a fazer aulas e em dois meses já era um dos guitarristas e compositores da banda! Carismático como poucos, lindo e suave, nosso Léo…”, declarou.

“Decidiu fazer teatro e se tornou um grande ator, grande de verdade! No cinema, além de ator premiado e aclamado, virou produtor, roteirista, diretor. O Léo nunca, nunca mediu esforços por um sonho ou um amor. O Léo sabia das coisas”, disse.

Cléo ainda lembrou a vida a dois e o carinho que permaneceu mesmo após a separação. “Foram 8 anos de casados. Mais uns 15 depois, que ele me ligava em todos os aniversários, todos! O Léo era dessas pessoas raras, que não abandona quem ama”, revelou.

“Nas últimas mensagens que trocamos ele mandou um trecho de ‘Asas do Desejo’ e disse: ‘obrigado por me apresentar esse filme’. Eu pedi que me mandasse uma de nossas composições e ele gravou na hora, ouvi muitas vezes, agora inclusive, a ‘Milonga Inevitável’. Nós descobrimos a arte juntos e eu não vou esquecer jamais daqueles olhos lindos e curiosos, daquele sorriso doce e do mundo que ele criou pro mundo. Obrigada, Léo. Obrigada. Te amo”, concluiu, emocionada, a atriz.

Leia mais: Ator gaúcho talentoso, Leonardo Machado jamais abriu mão do que era

Siga Miguel Arcanjo Prado no Instagram

Ator Leonardo Machado morre aos 42 anos - ISTOÉ Independente

Você pode gostar...