Malvino Salvador arrebata 4.000 pessoas no Festival de Curitiba

Malvino Salvador durante passagem pelo no 27º Festival de Curitiba – Foto: Annelize Tozetto/Divulgação – Blog do Arcanjo/UOL

Por Michele Marreira, em Curitiba*
Colaboração para o Blog do Arcanjo

O final de semana foi agitado para o ator Malvino Salvador e o elenco da peça “Boca de Ouro”, que desembarcou na capital paranaense para duas apresentações no 27º Festival de Teatro de Curitiba.

Com público estimado em 2.000 pessoas no Teatro Guairão em cada uma das apresentações, nas noites de sábado (31) e domingo (1º), totalizando público de cerca de 4.000 espectadores, o texto de Nelson Rodrigues foi encenado pelo diretor mineiro Gabriel Villela a partir das memórias da personagem dona Guigui. De forma densa e contraditória, narra diferentes versões sobre a emblemática trajetória de Boca de Ouro, lendário bicheiro carioca mais conhecido como Drácula de Madureira.

“É um personagem rico em vários aspectos. Ele mostra que o crime não compensa. O espetáculo traz uma trajetória mítica de nascimento e morte. Não é uma peça realista, nos utilizamos de um figurino diferenciado, trabalhamos uma composição corporal e gestual que me leva a um homem animal, vampiro, algo do tipo. Ele quer o poder absoluto, virar mito”, diz Malvino Salvador ao Blog do Arcanjo no UOL.

Malvino Salvador ao lado dos colegas de elenco em cena de “Boca de Ouro” no 27º Festival de Curitiba – Foto: Humberto Araujo/Divulgação – Blog do Arcanjo/UOL

Novela na Globo

Atualmente, o ator está no ar na trama das 18h da Globo, “Orgulho e Paixão”. Nela, vive um rígido militar, Coronel Brandão, homem fascinado por corridas ilegais e que, mais para frente, vai se tornar uma espécie de anti-herói na novela inspirada nos romances da escritora inglesa Jane Austen e escrita por Marcos Bernstein.

“Ele irá combater crimes, atuando como um motoqueiro mascarado”, explica o ator que vem conciliando as gravações da TV com a turnê da peça que viaja por várias capitais do Brasil.

Malvino Salvador com os companheiros de elenco de “Boca de Ouro” no 27º Festival de Curitiba – Foto: Annelize Tozetto/Divulgação – Blog do Arcanjo/UOL

Fome de palcos internacionais

“Foi muito importante nossa temporada em São Paulo, Rio de Janeiro e outras cidades. Passar com o nosso espetáculo pelo Festival de Curitiba é um grande privilégio, algo emblemático estarmos aqui. Terminaremos nossas viagens em julho. Fomos agraciados pela critica e o público. Esse trabalho precisa seguir. Meu desejo é desbravar fronteiras sair do Brasil rumo a novos festivais internacionais”, ressalta.

No elenco de “Boca de Ouro” ainda estão nomes como Mel Lisboa, Claudio Fontana, Leonardo Ventura, Mariana Elisabetsky e Lavínia Pannunzio, entre outros.

*Enviada especial, a jornalista Michele Marreira viajou a convite do Festival de Curitiba.

Siga Miguel Arcanjo no Instagram
Curta Miguel Arcanjo no Facebook
Siga Miguel Arcanjo no Twitter

Please follow and like us:
Vingança, O Musical é aplaudido por estrelas Longa Jornada Noite Adentro é aplaudida por famosos Marina Sena fala do 2º álbum Orgulho LGBT+ 5 peças em São Paulo Parada do Orgulho LGBT+ bate recorde com 4 milhões de pessoas