Dan Rosseto une Nelson Rodrigues e expressionismo em nova peça

Carol Hubner, ao centro, vive a noiva Lucia na nova peça de Dan Rosseto, “Diga Que Você Já Me Esqueceu”; à esq.., Marjorie Gerardi e Ana Clara Rotta; à dir., Daniel Morozetti- Foto: Natalia Angelieri/Divulgação

Uma mistura do inebriante universo do dramaturgo pernambucano Nelson Rodrigues (1912-1980) com a força do expressionismo, corrente artística do começo do século 20, em uma família conturbada.

É assim que pode ser definida a quinta peça que o profícuo diretor e dramaturgo paulista Dan Rosseto estreia neste 2018 em São Paulo.

Diga Que Você Já Me Esqueceu” tem sessões de pré-estreia neste fim de semana e estreia marcada para 31 de março no Teatro Viradalata (r. Apinajés, 1387, Sumaré, tel. 11 3868 2535).

A encenação cumpre temporada até 29 de abril, sábado, 21h30, e domingo, 19h, com ingresso a R$ 60 a inteira e R$ 30 a meia.

“É um texto que escrevi em 2010, a partir das tragicomédias malditas de Nelson Rodrigues. A música ‘Negue’, cantada por Maria Bethânia, também inspirou a história”, conta Rosseto, afirmando que esta é a “versão definitiva” de sua peça.

O elenco traz Ana Clara Rotta, Daniel Morozetti, Carol Hubner, Juan Manuel Tellategui, Larissa Ferrara, Marjorie Gerardi, Nalin Júnior e Pablo Diego.

Rosseto conta que todas as cenas foram pensadas em um forte diálogo com o expressionismo, presente, por exemplo, na luz de Nicola Manfredini, na direção de arte criada por Luiza Curvo ou na trilha original composta pelo ator e cantor Fred Silveira, astro dos musicais.

Tudo para criar no público uma espécie de imersão naqueles personagens, em um mar de sensações: “A peça repousa sobre a palavra, em uma fragilidade que se funde com o poético”, avisa.

A atriz Carol Hubner faz a noiva Lucia na peça “Diga Que Você Já Me Esqueceu”, de Dan Rosseto – Foto: Natalia Angelieri/Divulgação

Escolha do elenco

O espetáculo conta a história do dia do casamento de Silvio (Pablo Diego) e Lúcia (Carol Hubner), um casal unido por famílias repletas de segredos que estão vindo à tona. Dan Rosseto conta que o elenco foi definido de forma rápida e certeira.

“A escolha do novo elenco foi muito curiosa. Eu e Fabio Camara, produtor e assessor do espetáculo, tivemos 24 horas para selecionar o time de oito atores. A premissa foi: vamos trabalhar com atores em quem a gente confia e que conseguem chegar ao nível de complexidade desses personagens, além do desafio de oferecer algo diferente a eles”, conta o diretor.

“Os primeiros que trouxemos logo de cara foi Carol Hubner e Juan Manuel Tellategui, pela ótima experiência que tivemos em ‘Enquanto as Crianças Dormem’ [peça de 2017 escrita e dirigida por Dan Rosseto que recebeu quatro indicações ao Prêmio Aplauso Brasil]. Lá eles se odiavam, como a atendente Kelly e o gerente Stanley, e agora eles vêm numa relação de nora e sogra”, adianta.

O ator Juan Manuel Tellategui, que faz Dona Querubina, a sogra da noiva vivida por Carol Hubner em “Diga Que Você Já me Esqueceu”, de Dan Rosseto – Foto: Natalia Angelieri/Divulgação

“O Juan faz uma mulher, a matriarca da família, a Dona Querubina, que tem câncer no seio. O Juan traz para a gente a característica de um trabalho muito limpo, econômico e intenso. E a personagem vai por esse lugar. O Juan foi a primeira escolha. Falei: quero apostar em uma Dona Querubina feita por um homem, e o Juan é uma figura muito interessante”, elogia.

“A Carol Hubner foi protagonista do nosso espetáculo anterior, a gente gosta dos resultados, da loucura, da paixão, do amor com que ela se joga no processo. Além de ser uma amiga, uma querida, uma pessoa que queremos levar para a vida porque tem uma qualidade de trabalho ímpar”, afirma Rosseto.

“Com a Marjorie Gerardi eu flertava há muito tempo. Ela está despontando na televisão, mas tem um interesse muito grande pelo teatro, de conhecer, se aprofundar. Queria uma atriz que fizesse a prima Selma, que tem uma questão de sexualidade, de ser apaixonada pela prima e ser noiva de um homem, queria alguém que trouxesse humor e fosse linda. Ela tem um lugar de pesquisa que vai para o grotesco e no final chegar num lugar de beleza poética”, define.

Cena da peça “Diga Que Você Já Me Esqueceu”, de Dan Rosseto, que faz temporada no Teatro Viradalata, em São Paulo: a partir da esq.: Marjorie Gerardi, Daniel Marozetti, Ana Clara Rotta e Nalin Júnior – Foto: Natalia Angelieri/Divulgação

“Já a Ana Clara Rotta está estreando como Dalia. Acho importante trazer alguém jovem. Já começamos um dia e sabemos o quanto as oportunidades são escassas. Cheguei em São Paulo há mais de 15 anos e sei o quanto é complicado ter a primeira oportunidade. Escolhemos a Clara por ter esse brilho, essa paixão e para estrear. Quando tem alguém estreando vira uma garalhufa para o trabalho como um todo”, diz.

“O Daniel Morozetti é um cara interessantíssimo da cena teatral paulistana, é intenso e bonito, não uma beleza óbvia, uma beleza forte, de terra, que queria para o personagem Pedro. O Pablo Diego, que faz o Silvio, filho da Dona Querubina, um homem que quer desprender-se da mãe, consegue dar essa dualidade e mostrar algo tão patético ao mesmo tempo. Ele conseguiu encontrar um caminho belíssimo”, fala.

“Temos ainda o Nalin Júnior, que faz o Nestor, último virgem que quer transar. O Fabio trouxe o Nalin, que é impecável e incrível em sua abordagem. Para a filha de Dona Querubina, Teresa, trouxemos a Larissa Ferrara. Ela é pequena, mas áspera, consegue ser ao mesmo tempo um anjo e um demônio. Ela tem um calor para medir a temperatura das personagens”, complementa Rosseto.

“Diga Que Você Já Me Esqueceu”, de Dan Rosseto, no Teatro Viradalata, em SP: em cena, Juan Manuel Tellategui, Larissa Ferrara e Pablo Diego – Foto: Natalia Angelieri/Divulgação

Siga Miguel Arcanjo no Instagram
Curta Miguel Arcanjo no Facebook
Siga Miguel Arcanjo no Twitter

Please follow and like us:
Teatro nos Parques percorre SP e Brasil ‘Se fosse homem, teria mais visibilidade’, diz Eloisa Vitz Musical A Pequena Sereia encanta família inteira no Teatro Santander Capital Inicial lança Natasha com feat de Marina Sena Evita Open Air conquista o público no Parque Villa-Lobos