Com protagonistas negros, MPB – Musical Popular Brasileiro estreia em SP

Adriana Lessa e Érico Brás estrelam “Musical Popular Brasileiro” em SP – Foto: João Caldas/Divulgação

Com nossa musicalidade em foco, o “MPB – Musical Popular Brasileiro” estreia no Teatro das Artes do shopping Eldorado, em São Paulo, na próxima sexta (2).

A superprodução dirigida por Jarbas Homem de Mello conta com dois atores negros como protagonistas: Adriana Lessa e Érico Brás.

Para ambos, isso é algo a ser comemorado.

“Não somos invisíveis! É de significativa importância termos representatividade cultural negra em vários segmentos de nossa sociedade. Desejamos há muito tempo nos reconhecermos e nos fortalecermos com histórias que nos pertencem. E nós somos os melhores protagonistas de nossas próprias histórias reais”, fala a atriz paulista Adriana Lessa ao Blog do Arcanjo do UOL.

Érico Brás concorda com a colega de elenco.

“Existe a necessidade do Brasil se aproximar do movimento mundial na busca pela equidade de raça em todos os setores da economia e um desses setores é a arte. A gente sabe que o percentual de negros na arte sempre foi muito pequeno. Recentemente, a ANCINE divulgou que a participação dos negros em produções cinematográficas é de 2% e no teatro não é tão diferente”, aponta.

Leia também:
Felicidade incomoda? Sinto muito, diz Narjara Turetta sobre ida ao Faustão

“O Brasil precisa se olhar e olhar para o seu povo que tem a maior parte da sua população negra e se conscientizar de que não dá para contar sua história sem a participação dos negros. O ‘MPB – Musical Popular Brasileiro’, além de cumprir sua função artística de mostrar que a música brasileira é muito diversa, me dá a oportunidade de homenagear um dos maiores artistas negros do Brasil: o Grande Otelo”, diz o ator baiano.

“Musical Popular Brasileiro” tem grande elenco – Foto: João Caldas/Divulgação

Equipe tarimbada

A ideia do musical é de Renata Ferraz e Silvio Ferraz, que chamaram Enéas Carlos Pereira e Edu Salemi para construir a dramaturgia.

Mello convocou equipe tarimbada dos musicais para o projeto: Miguel Briamonte faz a direção musical, já Kátia Barros criou as coreografias.

O espetáculo ainda tem cenografia e adereços de Marco Lima, iluminação de Fran Barros, figurinos de Fábio Namatame, visagismo de Dicko Lorenzo, direção de produção de Charles Geraldi e realização da ViaCultura.

Ao todo são 19 atores em cena e orquestra com nove músicos.

“Musical Popular Brasileiro” mostra bastidores do mundo dos musicais – Foto: João Caldas/Divulgação

Musical dentro do musical

No musical, Adriana Lessa é Suzete Campos, uma grande atriz de musicais.

O texto conta a história de uma filial brasileira de uma multinacional na expectativa da visita de seus investidores estrangeiros.

Para impressionar os gringos, a empresa decide preparar um grande espetáculo musical mostrando o Brasil tem de melhor: sua música e sua gente. Só que algo inesperado acontece.

Na obra, Érico Brás vive o anjo Jura. O elenco ainda tem Reiner Tenente (Gero, o anjo), Giulia Nadruz (Clara), Dagoberto Feliz (Nogueira) e Marcelo Góes (Dino).

“Ao invés de escolher uma época ou estilo da música popular brasileira a enfocar, surgiu a ideia de fazer um espetáculo atemporal que contasse com os grandes sucessos da MPB – com a música, o humor e os arquétipos que permeiam o universo da cultura popular do brasileiro – permitindo que os espectadores cantem junto”, avisa o diretor Jarbas Homem de Mello.

“Acredito que a metalinguagem enriquece o texto, principalmente porque trabalhamos com elementos de uma linguagem teatral popular, o humor e o teatro de revista, mostrando nossa capacidade de rirmos de nós mesmos”, fala o dramaturgo Enéas Carlos Pereira.

Saiba informações sobre “MPB – Musical Popular Brasileiro”

Siga Miguel Arcanjo no Instagram
Curta Miguel Arcanjo no Facebook
Siga Miguel Arcanjo no Twitter

Você pode gostar...