Rapidinhas teatrais: Larissa Manoela volta a musical que a lançou

Larissa Manoela volta com nova personagem ao musical “A Noviça Rebelde”, que a lançou quando tinha 5 anos – Foto: Divulgação

Boa filha à casa torna
Larissa Manoela, a grande estrela teen, vai reviver as emoções de sua tenra infância. Ela volta ao musical “A Noviça Rebelde”, que a lançou quando tinha cinco anos. E roubou a cena.

16 anos
Grandinha, Larissa não mais será a filha caçula Gretl do Capitão Von Trapp, agora interpretado por Gabriel Braga Nunes no lugar de Saulo Vasconcellos e Herson Capri. Ela será a adolescente Leisel, a que só tem 16 anos e nada sabe da vida e que na primeira montagem foi defendida por Carolina Puntel.

Anjo bom
A babá de “A Noviça Rebelde” que foi vivida em 2006 pela estrela Kiara Sasso agora será defendida por Malu Rodrigues. Ao todo a superprodução tem 45 atores e 18 músicos, sob direção da tarimbada dupla Charles Möeller e Claudio Botelho. Estreia em 28 de março no Teatro Renault. A coluna não perde por nada deste mundo.

Flávio Tolezani em “Carmen”: últimas sessões neste fim de semana no Masp – Foto: Ronaldo Gutierrez/Divulgação

Burburinho
Após virar assunto da semana com a morte de seu personagem pedófilo Vinícius na novela das 21h da Globo “O Outro  Lado do Paraíso”, o ator Flávio Tolezani encerra a temporada da peça “Carmen”, com direção de Nelson Baskerville, no Masp Auditório, neste fim de semana. Vai lotar.

Na vida e na arte
Em “Carmen”, Flávio Tolezani contracena com a atriz e bailarina Natalia Gonsales, seu par na vida real também. O amor é lindo.

Inês Peixoto em “Os Gigantes da Montanha”, do Grupo Galpão – Foto: Guto Muniz/Divulgação

Ô de casa!
Um dos mais importantes grupos teatrais do Brasil, o Galpão faz sessões em sua terra natal, Belo Horizonte. Em casa, uai.

Grande teatro
O Galpão, que já prepara espetáculo novo para este ano, faz três apresentações no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, durante a última semana da 44ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança. O grupo participou de 30 edições do projeto. Eita.

Dose dupla
As peças escolhidas para os belo-horizontinos verem desta vez são “Os Gigantes da Montanha”, com direção do também mineiro Gabriel Villela, com sessões nos dias 2 e 3 de março, e “De Tempo Somos – Um Sarau do Grupo Galpão, com direção de Lydia Del Picchia e Simone Ordones, com apresentação única no dia 4. Imperdível.

Juliana Alonso, à frente, e Lorena Garrido e Fabio Penna, ao fundo, em “O Incrível Mundo dos Baldios”, nova peça do Satyros que estreia em 3 de março – Foto: Andre Stefano/Divulgação

Encontro marcado
O grupo Os Satyros já agendou a estreia de sua nova peça, “O Incrível Mundo dos Baldios”, de Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez. Será em 3 de março, sábado da semana que vem. Tem gente na praça Roosevelt disputando um ingresso a tapa.

Milagreiro
A nova obra trata de pequenos milagres do cotidiano. Um deles é o Fomento ao Teatro que o grupo conseguiu para fazer o projeto. Se Phedra D. Córdoba estivesse viva, estaria rindo de orelha a orelha. Ela amava quando o Satyros pegavam um Fomento, afinal, era garantia de contas pagas, né?

Diversidade
O Satyros avisa à coluna: “O Incrível Mundo dos Baldios” tem no elenco uma atriz transexual, uma atriz refugiada da Síria e dois atores egressos do sistema prisional. Todos colaboraram no processo criativo da obra. Danados.

Maitê Proença em “A Mulher de Bath”- Foto: Marcos Ribas/Brazil News

Repeteco
Após passar pelo Sesc Bom Retiro, Maitê Proença reestreia sua peça “A Mulher de Bath” no Teatro Faap, em São Paulo, em 9 de março. Coisa boa.

Comemoração
Com a peça, Maitê celebra seus 60 anos de vida e 40 de carreira. A coluna manda os parabéns.

Beleza é fundamental
Aliás, eterna musa, Maitê Proença está lindíssima em seus recém completados 60 anos. Continua uma menina.

Célia Regina Forte é a autora da comédia de sucesso “Amigas pero no Mucho” – Foto: Bob Sousa

Amigas e rivais
“Amigas, pero No Mucho”, a ótima comédia de Célia Forte, faz as duas últimas sessões no Teatro Folha, no shopping Higienópolis, em São Paulo, nesta quarta e quinta, às 21h. É engraçadíssima.

Quem pode pode
“Amigas, pero no Mucho” está em cartaz há dez anos. Sempre com casa cheia.

Tango
Falando em Célia Forte, sua sócia na Morente Forte, a produtora teatral Selma Morente revelou à coluna que em breve irá para Buenos Aires buscar novos textos teatrais. Faz muito bem.

O ator, cantor e diretor Rodrigo Jerônimo – Foto: Flávio Patrocínio/Divulgação

Ano bom
O ator Rodrigo Jerônimo está todo prosa em 2018. É que o ano promete “muita delícia cremosa”, como diz em sua prosódia exclusiva.

Detalhes
Jerônimo explica para a coluna: “Dez anos de Grupo dos Dez, Dez anos de Associação Campo das Vertentes, primeiro solo no teatro, apresentação internacional, circulação do Madame Satã, Aquilombô…”, enumera, quase sem fôlego. E conclui: “2018 parece que já começou há seis meses”. Parece mesmo.

Siga Miguel Arcanjo no Instagram
Curta Miguel Arcanjo no Facebook
Siga Miguel Arcanjo no Twitter

Você pode gostar...