Rock dos anos 60 embala Alice no País do Iê Iê Iê

“Alice no País do Iê Iê Iê” tem clássicos do rock brasileiro da década de 1960 – Foto: Divulgação

Por Miguel Arcanjo Prado

A movimentada década de 1960 bem que poderia ter feito parte de uma grande viagem psicodélica. Esta é a proposta do musical “Alice no País do Iê Iê Iê”.

A obra, com texto e direção de Carla Candiotto, nome renomado no teatro feito para crianças, está em cartaz em São Paulo, sempre aos sábados e domingos, às 15h, no Theatro Net São Paulo (r. Olimpíadas, 360, 5º andar), com entrada entre R$ 25 e R$ 90.

A trilha promete contagiar pais, filhos, avós, titios e quem mais aparecer. Afinal, é composta de pérolas de nomes como Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Ronnie Von e Rita Lee.

O Blog do Arcanjo do UOL descobriu que a trilha tem  “O Calhambeque”, “Negro Gato”, “Esse Tal de Rock’n’roll” e “Meu Bem”, entre outras canções.

A superprodução de Frederico Reder conta com 10 cenários e 70 figurinos que prometem encher os olhos do público.

A Alice da peça, inspirada na clássica personagem de Lewis Carroll, é uma menina sonhadora que sofre bullying na escola por fugir dos padrões.
Solitária, busca refúgio na loja de discos do avô, um grande amante da jovem guarda e do rock produzido no Brasil na década de 1960.

A menina acaba sendo sugada pela vitrola e vai parar num mundo mágico de fantasia e de muito iê iê iê.

Estão no elenco Amanda Doring, Deborah Marins, GiuMallen, Leandro Massaferri, Leo Araujo, Pedro Arrais, Rodrigo Naice, Rosana Chayn e Victor Maia.

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Please follow and like us:
Brasil e Argentina se beijam na Copa do Mundo do Qatar 2022 Após críticas, Nômade Festival coloca negros com Erykah Badu Festival de Curitiba anuncia novidades em 2023 II Expo Internacional Consciência Negra SP The Crown mostra que Charles traiu Diana