Rock dos anos 60 embala Alice no País do Iê Iê Iê

“Alice no País do Iê Iê Iê” tem clássicos do rock brasileiro da década de 1960 – Foto: Divulgação

Por Miguel Arcanjo Prado

A movimentada década de 1960 bem que poderia ter feito parte de uma grande viagem psicodélica. Esta é a proposta do musical “Alice no País do Iê Iê Iê”.

A obra, com texto e direção de Carla Candiotto, nome renomado no teatro feito para crianças, está em cartaz em São Paulo, sempre aos sábados e domingos, às 15h, no Theatro Net São Paulo (r. Olimpíadas, 360, 5º andar), com entrada entre R$ 25 e R$ 90.

A trilha promete contagiar pais, filhos, avós, titios e quem mais aparecer. Afinal, é composta de pérolas de nomes como Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Ronnie Von e Rita Lee.

O Blog do Arcanjo do UOL descobriu que a trilha tem  “O Calhambeque”, “Negro Gato”, “Esse Tal de Rock’n’roll” e “Meu Bem”, entre outras canções.

A superprodução de Frederico Reder conta com 10 cenários e 70 figurinos que prometem encher os olhos do público.

A Alice da peça, inspirada na clássica personagem de Lewis Carroll, é uma menina sonhadora que sofre bullying na escola por fugir dos padrões.
Solitária, busca refúgio na loja de discos do avô, um grande amante da jovem guarda e do rock produzido no Brasil na década de 1960.

A menina acaba sendo sugada pela vitrola e vai parar num mundo mágico de fantasia e de muito iê iê iê.

Estão no elenco Amanda Doring, Deborah Marins, GiuMallen, Leandro Massaferri, Leo Araujo, Pedro Arrais, Rodrigo Naice, Rosana Chayn e Victor Maia.

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Você pode gostar...