Peça mostra versões diferentes de uma mesma história

“Tentativa contra a Vida Dela” estreia no CCC da Barra Funda, em São Paulo – Foto: Danilo Cianciarullo

Por Miguel Arcanjo Prado

Quantas versões é possível criar sobre a vida de alguém?

Foi esta pergunta que motivou o Coletivo Seteset a criar a peça “Tentativas contra a Vida Dela”, com texto de Martim Crimp e direção de Alaissa Rodrigues e Pedro Costa, também em cena ao lado de Ana Elisa Mello, Helena Miguel e Leandro Oliveira

A obra estreia em 3 de junho, próximo sábado, às 21h, no Centro Compartilhado de Criação – CCC (r. Brigadeiro Galvão, 1010, metrô Marechal Deodoro ou Barra Funda), em São Paulo.

Fica em cartaz até 25 de junho, sábado, 21h, e domingo, 20h, com ingresso a R$ 30.

Desde o ano passado, o grupo, que pesquisa a linguagem do cinema, escolheu estudar também o tema “manipulação midiática”.

“Queríamos contar uma história sem verdade, ou que pudéssemos construir versões de verdades em cima dessa história”, dizem os artistas, que apontam a atualíssima crise política que vive o Brasil com estopim criativo.

A peça ainda tem iluminação de Laura Salermo e operação de vídeo de Fred Peixoto Azevedo.

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Please follow and like us: