Los Puercos visitam obra de Fernando Arrabal para discutir Brasil em crise

Giovanna Marcomini e Nathalia Nigro estão em "A Oração de Fernando Arrabal" - Foto: Iara Marcek

Giovanna Marcomini e Nathalia Nigro estão em “A Oração de Fernando Arrabal” – Foto: Iara Marcek

Por Miguel Arcanjo Prado

Expoente do teatro surrealista, Fernando Arrabal é um dos principais nomes da dramaturgia espanhola. Ele é a inspiração do novo trabalho da Cia. Los Puercos, “A Oração de Fernando Arrabal”.

A obra sob direção de Luiz Campos faz temporada entre 16 de janeiro e 14 de fevereiro na Oficina Cultural Oswald de Andrade (r. Três Rios, 363, metrô Tiradentes), em São Paulo, sempre segundas e terças, às 20h, com entrada gratuita.

O texto que inspira a montagem é “A Oração”, escrito por Arrabal em 1957. Segundo o grupo, a escolha foi feita devido ao momento turbulento pelo qual passa o Brasil, onde o Estado laico é muitas vezes desrespeitado por parte de nossos políticos.

A peça mostra personagens que descobrem a Bíblia e acabam percebendo que suas vidas não são nada dignas quando comparadas às leis cristãs. Além da temporada paulistana, a peça será em 11 de março no Teatro Municipal de Araxá, no interior de Minas.

No elenco estão Giovanna Marcomini e Nathalia Nigro, além de participação de Gustavo Garcia. Os figurinos e cenegrafia são assinados por Eluane Fagundes, já a luz é de Juliana Sousa e a maquiagem, de Tatiana Rangel. Talita Kova opera luz e som.

A peça tem ainda duas participações especiais: uma crônica de Gregório Duvivier e uma voz em off gravada pelo ator Sérgio Mamberti. Além disso, o diretor Luiz Campos revela que Arrabal “apoiou desde o início” a montagem brasileira. “Não deu só os direitos de montagem no Brasil, mas também divulga em suas redes sociais todo o nosso material”, revela o diretor, que também fez a sonoplastia do espetáculo.

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Please follow and like us: