O Retrato do Bob: O encanto de Patricia Pichamone

Foto de Bob Sousa
Por Miguel Arcanjo Prado

Patricia Pichamone é a grande estrela da peça Cândida, espetáculo de Bernard Shaw no Teatro do Núcleo Experimental, em São Paulo, sob direção de Zé Henrique de Paula. Formada pela Casa das Artes de Laranjeiras, no Rio, em 1996, a capixaba chegou a fazer a Oficina de Atores da Globo no ano seguinte. Em 2000, transferiu-se para São Paulo, para trabalhar com o reconhecido Grupo Tapa. Ficou por dez anos na trupe, com a qual levou o Prêmio APCA de melhor espetáculo em 2006, por Camaradagem. Patrícia também faz bonito no cinema. Sua atuação no longa Amores Imperfeitos lhe rendeu o prêmio de melhor atriz no Festival de Petrópolis. Há seis anos, integra o Núcleo Experimental, onde brilha no palco e nos bastidores. Doce e linda, como posou para o nosso Bob Sousa. Um encanto que só.

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Please follow and like us:

1 Resultado

  1. Felipe disse:

    Patricia é maravilhosa! Bela e talentosa. E capixaba! Linda de viver, como diria a saudosa Hebe Camargo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Teatro nos Parques percorre SP e Brasil ‘Se fosse homem, teria mais visibilidade’, diz Eloisa Vitz Musical A Pequena Sereia encanta família inteira no Teatro Santander Capital Inicial lança Natasha com feat de Marina Sena Evita Open Air conquista o público no Parque Villa-Lobos