A Primeira Barbie Negra estreia na Netflix com história da boneca marco da representatividade em 1980

A primeira Barbie Negra ©Netflix Divulgação Blog do Arcanjo 2024
A Primeira Barbie Negra estreia na Netflix com história da primeira boneca não branca da Mattel © Divulgação Blog do Arcanjo 2024

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Colaborou Tiago Lira

A Netflix estreia o filme A Primeira Barbie Negra nesta quarta, 19 de junho. O documentário de Lagueria Davis aborda o surgimento da primeira boneca Barbie negra em 1980, marco da representatividade. O filme explora como as Barbies podem ser importantes para a formação da identidade e da imaginação. Três mulheres que participaram da evolução da marca Barbie, na Mattel, contam como a primeira Barbie negra foi idealizada. A narrativa inclui o impacto de Beulah Mar Mitchell, cujo questionamento sobre a falta de bonecas que se parecessem com ela desencadeou uma jornada significativa na indústria dos brinquedos, que culminou no lançamento da primeira Barbie oficialmente não branca. O filme destaca não apenas a visibilidade e a representatividade, mas também a força e a influência positiva que uma mulher negra pode ter ao ver sua imagem refletida em uma boneca, com o objetivo de impactar positivamente novas formas de pensar e de aceitar, além de valorizar, o que é mais visível em nosso corpo: a nossa pele. Imperdível.

Siga @miguel.arcanjo no Instagram

Ouça Arcanjo Pod no Spotify

Blog do Arcanjo no YouTube

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Jornalista cultural influente e respeitado no Brasil, Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, desde 2019. É Mestre em Artes pela UNESP, Pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, Bacharel em Comunicação pela UFMG e Crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e apresenta o Arcanjo Pod. Eleito três vezes um dos melhores jornalistas culturais do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, UMA, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. Integra o júri de Prêmio Arcanjo, Prêmio Jabuti, Prêmio Governador do Estado de São Paulo, Prêmio Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Prêmio Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. Vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil, Prêmio Leda Maria Martins e Medalha Mário de Andrade do Prêmio Governador do Estado, maior honraria na área de Letras de São Paulo.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *