Alejandro Melero fala do sucesso de Nosso Irmão: ‘Seria um sonho morar no Brasil uma temporada’, diz escritor espanhol

Alejandro Melero, autor da peça de sucesso Nosso Irmão © Divulgação Blog do Arcanjo 2024

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Alejandro Melero colhe os frutos do sucesso de seu drama Nosso Irmão no Brasil, uma década depois de sua estreia em Madrid. O escritor espanhol trabalha pela segunda vez com o produtor teatral e ator Bruno Ferian, que também montou sua peça Clímax em São Paulo. Após temporada de sucesso no Tucarena, na capital paulista (leia a crítica da peça), o espetáculo dirigido por Dan Rosseto com Bruno Ferian, Regiane Alves e Marina Elias segue em turnê por cidades do interior de São Paulo e outras capitais brasileiras. Professor do Departamento de Comunicação da Universidade Carlos III de Madrid, Melero é ainda especialista em história do cinema LGBT espanhol e teve peças encenadas em países como EUA, Perú, Uruguai, Argentina e Portugal, além do Brasil. É também autor dos romances La luz de Mis Días e El Secreto de la Hierba. Ele conversou com exclusividade com o Blog do Arcanjo. Leia a entrevista.

Marina Elias, Bruno Ferian e Regiane Alves estão em Nosso Irmão, sofisticado drama de Alejandro Melero dirigido por Dan Rosseto © Pino Gomes Divulgação Blog do Arcanjo 2024

Miguel Arcanjo Prado – O que te levou a escrever Nosso Irmão?
Alejandro Melero –
Já se passaram mais de dez anos desde que escrevi Nosso Irmão. Então, é quase como se eu fosse outra pessoa. Por isso, é difícil dizer na perspectiva de hoje, 2024, como me relacionei com este trabalho naquela época. Foi um trabalho muito importante para mim, porque foi a primeira vez que escrevi sobre histórias próximas da minha família, da minha cidade na Andaluzia, e sobretudo da figura do meu tio António, a quem o trabalho é dedicado e que tem muito a ver com o personagem Jacinto.

Miguel Arcanjo Prado – Como é ter sua obra Nosso Irmão encenada no Brasil e por essa equipe?
Alejandro Melero –
Estou apaixonado por essa encenação e equipe no Brasil. O Bruno Ferian é um ator e produtor maravilhoso, já o conhecia de Clímax, outra peça minha que ele produziu em 2018, e posso dizer que ele faz tudo bem. Confio cegamente no que ele faz, porque tem um gosto requintado. Graças a ele, conheci o trabalho da Regiane Alves e da Marina Elias, que são incríveis. Dan Rosseto esteve recentemente em Madrid e não nos vimos por algumas horas, mas espero encontrar minha família brasileira em breve!

Alejandro Melero © Ana Prados Divulgação Blog do Arcanjo 2024

Miguel Arcanjo Prado – As relações familiares são um tema inesgotável. Como definiria seu olhar para essa temática em Nosso Irmão?
Alejandro Melero –
A família cria dependências e, se você não tiver sorte de sua família ser boa, essas dependências podem ser um inferno. Mas, se tudo funcionar bem, é o pilar mais importante. Em Nosso Irmão, os personagens estão em um ponto de suas vidas em que precisam decidir o quão boas pessoas são para suas famílias, quanta generosidade e perdão estão dispostos a conceder. É um dos maiores dilemas que uma pessoa pode enfrentar.

O teatro é o lugar mais especial para contar histórias.”

Alejandro Melero
escritor espanhol autor da peça Nosso Irmão

Miguel Arcanjo Prado – Você já esteve no Brasil?
Alejandro Melero –
Ainda não fui, infelizmente.

Miguel Arcanjo Prado – Você tem vontade de visitar pela primeira vez nosso país?
Alejandro Melero –
Estou morrendo de vontade de ir. Estudei português, que é uma das línguas mais bonitas do mundo, e não só gostaria de visitar, mas seria um sonho morar no Brasil por um tempo. Neste momento, a vida em Madrid deixa-me muito preso, mas espero que num futuro próximo conseguir ir. Ver essa montagem tão especial seria o melhor!

Miguel Arcanjo Prado – O que te levou como escritor a aproximar-se da dramaturgia teatral? Por que faz teatro?
Alejandro Melero –
O teatro é o lugar mais especial para contar histórias. Gosto de tudo no teatro: dos atores, do trabalho dos diretores, dos músicos e dos técnicos… Gosto do desafio de contar uma história da melhor maneira possível, e o teatro é sempre um enigma, nunca se sabe o que vai funcionar da primeira vez. E permite milagres tão maravilhosos quanto ver sua obra no Brasil anos depois de sua estreia em Madrid.

Siga @miguel.arcanjo no Instagram

Ouça Arcanjo Pod no Spotify

Blog do Arcanjo no YouTube

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Jornalista cultural influente e respeitado no Brasil, Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, desde 2019. É Mestre em Artes pela UNESP, Pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, Bacharel em Comunicação pela UFMG e Crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e apresenta o Arcanjo Pod. Eleito três vezes um dos melhores jornalistas culturais do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, UMA, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. Integra o júri de Prêmio Arcanjo, Prêmio Jabuti, Prêmio Governador do Estado de São Paulo, Prêmio Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Prêmio Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. Vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil, Prêmio Leda Maria Martins e Medalha Mário de Andrade do Prêmio Governador do Estado, maior honraria na área de Letras de São Paulo.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *