CineOP: Audiovisual na educação é discutido na 18ª Mostra de Cinema de Ouro Preto com destaque ao Cinema no Brejo

Encontro da Educação com o tema Cinema e Educação Digital: Deslocamentos é debate na 18ª edição da CineOP © Universo Produção Leo Fontes Divulgação Blog do Arcanjo 2023

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Enviado especial a Ouro Preto*

As relações do audiovisual com a edução, sobretudo em tempos de IA – inteligência artificial, são foco das discussões na 18ª CineOP Mostra de Cinema de Ouro Preto.

Na temática Cinema e Educação Digital: Deslocamentos, a prática do audiovisual em relação à terra tem sido assunto nos Encontros da Educação promovidos pelo evento na cidade histórica mineira.

O assunto foi central no debate Cinema, Território e Soberania Digital, realizado na tarde de 24/6 (sábado) e no qual se discutiram processos pedagógicos que se utilizam da produção em imagem e som em contato direto com o ambiente físico onde são feitas.

Um dos projetos apresentados foi o Cinema no Brejo – Laboratório Rural de Formação e Experimentação Audiovisual, com a presença do pesquisador e formador Leonardo Câmara.

Cinema no Brejo

Criado em 2018 a partir da realização de um cineclube na região rural do Maciço de Baturité, no Ceará, o Cinema no Brejo tem o objetivo de potencializar a relação entre jovens estudantes locais com as histórias, memórias, saberes e fazeres que habitam o imaginário e o cotidiano de seus territórios.

“Percebemos que as crianças ficaram muito interessadas e curiosos com os equipamentos que usávamos no cineclube, queriam fazer vídeos e aprender a usar. Isso nos estimulou a criar uma série de oficinas de audiovisual nas escolas”, contou Câmara.

O percurso formativo do projeto foi dividido em três ciclos, de forma a desenvolver habilidades e formas de manejo do material de captação e das linguagens e recortes escolhidos: os ciclos Brincar, Trabalho e Terra. “O cinema então foi sendo manejado e apropriado pelos alunos como forma de registrarem descobertas dos espaços e do lugar que eles mesmos ocupavam em seus territórios”, diz o professor.

Dezenas de pequenos vídeos foram produzidos, todos explicitando relações muito diretas de seus pequenos realizadores com vivências e cotidianos conectados aos lugares onde eles habitavam ou trafegavam. Rios, estradas, casas, campos e tudo que chamasse atenção, nos mínimos detalhes, foram se tornando material filmado.

“Os exercícios se tornaram experiências sensíveis das crianças nesses territórios e como elas se relacionavam com ele”, finaliza Câmara.

Informações sobre o projeto podem ser vistas em https://www.cinemanobrejo.com.br/

Veja a cobertura da CineOP no Blog do Arcanjo!

*O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado viajou a convite da CineOP e Universo Produção.

Colaborou João Schelbauer

Siga @miguel.arcanjo no Instagram

Ouça Arcanjo Pod no Spotify

Blog do Arcanjo no YouTube

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Jornalista cultural influente e respeitado no Brasil, Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, desde 2019. É Mestre em Artes pela UNESP, Pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, Bacharel em Comunicação pela UFMG e Crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e apresenta o Arcanjo Pod. Eleito três vezes um dos melhores jornalistas culturais do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, UMA, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. Integra o júri de Prêmio Arcanjo, Prêmio Jabuti, Prêmio Governador do Estado de São Paulo, Prêmio Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Prêmio Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. Vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil, Prêmio Leda Maria Martins e Medalha Mário de Andrade do Prêmio Governador do Estado, maior honraria na área de Letras de São Paulo.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *