Peça brasileira Isto É Um Negro? ganha prêmio no Fringe do Festival de Edimburgo após comover Summerhall

Peça Isto É Um Negro? faz sucesso no Fringe do 75º Festival de Edimburgo – Foto: Nereu Jr./MITsp – Blog do Arcanjo

Público escocês ficou impactado com obra sobre o racismo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

ENVIADO ESPECIAL A EDIMBURGO*

Apresentada no Summerhall, um dos mais importantes templos do teatro de Edimburgo, na Escócia, Reino Unido, a peça brasileira Isto É Um Negro? Impactou o Fringe do 75º Festival de Edimburgo, o maior evento de artes cênicas do mundo, realizado entre 5 e 28 de agosto.

A obra dirigida por Tarina Quelho, com codireção de Lucas Brandão, produção de Dani Façanha, dramaturgia de Mirella Façanha e Tarina Quelho e os atores Mirella Façanha, Ivy Souza, Raoni Garcia e Felipe Roseno, que substituiu Lucas Wickhaus, foi o único espetáculo brasileiro a participar presencialmente do evento. A peça The Art of Facing Fear, da companhia paulistana Os Satyros, participou de modo digital.

A ação de 16 sessões de Isto É Um Negro? no Fringe teve curadoria da MITsp – Mostra Internacional de Teatro de São Paulo em realização do Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e Secretaria de Relações Internacionais do Estado com correalização da OEI – Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura e da InvestSP, por meio do programa Creative SP, que busca internacionalizar a produção cultural paulista bem como atrair investidores estrangeiros para o setor da economia criativa paulista.

Fachada do Summerhall, um dos principais templos do teatro no Fringe do Festival Internacional de Edimburgo, onde Isto É Um Negro cumpriu temporada de sucesso – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Secretário de Cultura e Economia Criativa de São Paulo, Sérgio Sá Leitão assistiu ao espetáculo Isto É Um Negro em Edimburgo. “É um espetáculo que representa muito bem a potência e a diversidade da cena teatral contemporânea de São Paulo. É uma peça que traz uma temática muito atual, muito contemporânea. Que é inclusive universal. Que não é só brasileira, que é questão da identidade do negro na sociedade contemporânea. E é um espetáculo também muito bem construído do ponto de vista da dramaturgia e muito bem realizado do ponto de vista da interpretação e da execução. Então, seja pela temática, seja pela qualidade da concepção, seja pela qualidade da realização, Isto É Um Negro, como disse, nos representa muito bem e tem um potencial de causar impacto na história do Fringe de Edimburgo”.

A peça brasileira Isto É Um Negro é de uma importância enorme.

Robert McDowell, diretor do Summerhall de Edimburgo

O prêmio de Destaque na Programação do Summerhall no Fringe foi entregue a Isto É Um Negro? pelo fundador e diretor do espaço, Robert McDowell, que ficou encantado com o espetáculo brasileiro. “Esta peça é de uma importância enorme”, definiu o executivo teatral escocês. A peça ainda ficou entre os 50 destaques do Fringe listados pelo jornal britânico The Guardian.

Mirella Façanha, Ivy Souza e Raoni Garcia em Isto É Um Negro? – Foto: Nereu Jr./MITsp – Blog do Arcanjo

Público emocionado

O Blog do Arcanjo acompanhou a penúltima sessão da peça, na noite de sábado, 28 de agosto. O diverso público do Fringe acompanhou, impressionado, a montagem que fala das mazelas do racismo estrutural brasileiro, com o elenco completamente nu dizendo um sofisticado texto.

Ao fim, o público aplaudiu de forma efusiva, com muitas pessoas profundamente emocionadas e impactadas com a montagem. O Blog do Arcanjo conversou com algumas delas assim que deixaram a sala Mail Hall.

“Foi um espetáculo muito intenso a todo momento, me senti surpreendido e sempre a cada momento minhas expectativas eram quebradas. O que achei interessante é que a dramaturgia e coreografia envolvem histórias pessoais deles junto com as histórias do Brasil”, opinou o estudante alemão Constantin Rintelmann, de 21 anos.

Já o estudante filipino Joshua Belleza Banket contou à reportagem que Isto É Um Negro? foi primeira peça de teatro do Brasil à qual assistiu: “Essa é a primeira peça brasileira que eu vejo. Fiquei muito emocionado, achei muito poderosa, principalmente com as minhas experiências com o racismo”, pontuou o universitário.

A estudante polonesa Magda Podelska, de 26 anos, também saiu impactada do espetáculo paulista em Edimburgo. “Achei a peça muito poderosa, não é uma peça de confronto, mas um convide para uma conversa. Fez eu refletir sobre as questões de racismo e encarceramento. Eu não achei pesada, achei muito interessante a questão das grades, pois não falamos sobre isso aqui na Escócia, não sei muito bem como é a questão do encarceramento no Brasil, mas aqui na Escócia não falamos muito sobre, precisamos de diferentes vozes para falar sobre o racismo na Europa. As performance dos atores são muito bonitas e tocantes”, declarou a jovem ao Blog do Arcanjo no saguão do Summerhall.

Em primeiro plano, Raoni Garcia em cena de Isto É Um Negro? – Foto: Nereu Jr./MITsp – Blog do Arcanjo

Desafio e vitória

Na saída, os atores de Isto É Um Negro? estavam profundamente tocados e receberam o carinho do público.

“As pessoas ficam extasiadas e querem agradecer. O feedback que recebemos foi muito positivo”, contou o ator Filipe Roseno. “Nossa presença em Edimburgo revela um certo embate, ao revelar as situações de estruturas e construções raciais. Estou feliz em poder fazer teatro, com esta temática, para essas pessoas”, acrescentou, antes de revelar que esta foi sua primeira viagem à Europa. “Estou substituindo o meu querido amigo Lucas Wickhaus, que me convocou para esta missão, pois ele está fazendo o musical Alcione no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, e não conseguiu viajar”, explicou.

Para Dani Façanha, produtora da peça Isto É Um Negro?, a aventura na Europa começou na Alemanha, onde o espetáculo fez apresentações antes de aportar no Fringe de Edimburgo. “É um festival que tem uma dinâmica de networking. Fomos muito bem recebidos e ganhamos um prêmio das mãos do diretor do Summerhall”, revelou.

Para a atriz Mirella Façanha, também do elenco de Isto É Um Negro?, a temporada em Edimburgo foi “uma verdadeira ginástica, sobretudo pelo pouco tempo de montagem e desmontagem, apenas 15 minutos”. Ela conta que a obra precisou ser adaptada para se encaixar na dinâmica do maior evento das artes cênicas do mundo. “Nossa peça originalmente tinha 1 hora e 40 minutos, e editamos para 1 hora. Então, foi um desafio para todos nós estar nesta engrenagem tão rápida”, explicou. “Cumprir essa temporada é um lugar de vitória para todos nós. Houve troca e conseguimos fazer o diálogo. E é isso que importa”, celebrou.

Colaboraram Danielle Nigromonte, Luiza Amaral e David Godoi.

Acompanhe o Blog do Arcanjo no Festival de Edimburgo!

*O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado viaja ao Festival Fringe no 75º Festival Internacional de Edimburgo, na Escócia, Reino Unido, a convite de Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São PauloOrganização dos Estados Ibero-americanos para Educação, a Ciência e a Cultura no Brasil (OEI) e Invest SP.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, criado em 2019. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e apresenta o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Eleito um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se por três vezes e recebeu a Medalha Mário de Andrade, maior honraria nas letras do Governo do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, Uma, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil, Prêmio Leda Maria Martins e Prêmio Governo do Estado de São Paulo – Medalha Mário de Andrade.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Morre Glória Maria Harry e Meghan na Netflix Michael Jackson: Thriller faz 40 anos Marina Sena lança música com Gal Costa Crítica | Anitta maceta sons do Brasil no álbum À Procura da Anitta Perfeita e supera críticas com hits do verão