Comédia As Bondosas reúne três carpideiras para questionar hipocrisia da sociedade

As Bondosas faz apenas duas sessões na Casa Café Teatro na Bela Vista e depois será disponibilizada no Cultura em Casa – Foto: Igor Cavalcanti – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Com uma visão cortante sobre a hipocrisia humana, a comédia As Bondosas faz apenas duas sessões na Casa Café Teatro, na Bela Vista, neste sábado e domingo, 30 e 31 de julho. O texto de Ueliton Rocon tem direção de Sônia Fonseca com os atores Crís Poletti, Eduardo Pereira e Jadson Sanjes.

Em cena, estão três carpideiras, as mulheres contratadas para chorar em enterros. Prudência, Astúcia e Angústia, que recebem a incumbência de velar o corpo da filha mais jovem de uma família tradicional, tecem uma atmosfera reveladora. A partir daí, sonhos, desejos e curiosidades são expostos ao público, em um jogo cênico repleto de astúcia.

Criei personagens acima de qualquer suspeita vivendo uma situação inusitada que provoca a queda das máscaras utilizadas no convívio social.

Ueliton Rocon
dramaturgo de As Bondosas

No andamento do espetáculo, entre fofocas e rezas, há um processo de transformação nessas três mulheres.

Contemplado pelo edital Cultura em Casa, a peça As Bondosas será filmada e disponibilizada on-line na plataforma da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

As Bondosas faz apenas duas sessões na Casa Café Teatro na Bela Vista e depois será disponibilizada no Cultura em Casa – Foto: Igor Cavalcanti – Blog do Arcanjo

As Bondosas

Gênero: Comédia
Data e horário: 30/7, às 20h, e 31/7, às 19h.
Ingressos: 40 + 1k de alimento | Meia 15 + 1k de alimento
Onde: Teatro: Casa Café Teatro – 90 lugares
Rua: Treze de maio, 176 – Bela Vista, São Paulo
Classificação etária: 14 anos

Ficha Técnica
Texto: As Bondosas
Autor: Ueliton Rocon
Direção: Sônia Fonseca
Atores: CrísPoletti / Eduardo Pereira / Jadson Sanches
Ilustração: Thiago Leonel
Arte Gráfica: Aquarelart Mídias Digitais
Costureira: La Mari
Figurinos: O grupo
Cenário: Sônia Fonseca e CrísPoletti
Produção Executiva: Elaine Lima
Produção: Olhare Produções Artísticas
olhareproducoesartisticas@gmail.com

Sobre a Produtora
A Olhare Produções Artísticas foi fundada em 2014 pela produtora cultural, atriz e Educadora de teatro Elaine Lima, a Olhare é especializada em produção cultural, também nas suas próprias produções. Além da execução das montagens teatrais, outra vertente da Olhare é a execução de Saraus. O Sarau Boca Selvagem deu início em 2015, em parceria com amigos Edna Rosane e Rodrigo, foi contemplado pelo Programa VAI em 2019/18. Posteriormente a Olhare deu início um trabalho solo com o Sarau OLHARE “Um Olhar sobre a arte”. Com o desejo de ampliar e ecoar vozes, visando sensibilizar as pessoas por meio de experiências literárias ao direito a voz e a fala. Com mais de 14 produções teatrais e saraus culturais apresentados nas Casas de Cultura e teatros independentes.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, criado em 2019. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e apresenta o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Eleito um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se por três vezes e recebeu a Medalha Mário de Andrade, maior honraria nas letras do Governo do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, Uma, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil, Prêmio Leda Maria Martins e Prêmio Governo do Estado de São Paulo – Medalha Mário de Andrade.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Morre Glória Maria Harry e Meghan na Netflix Michael Jackson: Thriller faz 40 anos Marina Sena lança música com Gal Costa Crítica | Anitta maceta sons do Brasil no álbum À Procura da Anitta Perfeita e supera críticas com hits do verão