Morre Marilu Bueno, grande atriz brasileira, aos 82 anos

Marilu Bueno (1940-2022)

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Morreu Marilu Bueno, grande atriz do Brasil, aos 82 anos, no Rio de Janeiro, vítima de complicações de uma cirurgia no abdômen. Ela não deixa filhos nem cônjuge.

Com mais de 30 trabalhos na televisão, a atriz carioca fez novelas emblemáticas como A Gata Comeu, na qual viveu a engraçada Tetê, e Partido Alto, trama na qual interpretou a costureira Sulamita. Também esteve nas duas versões de Guerra dos Sexos, dando vida à governanta Olívia.

A carioca estreou no cinema em 1960, aos 20 anos, em O Cupim, filme do grande diretor Carlos Manga, e também atuou no filme Lua de Cristal, de Xuxa, como Tia Zuleika, em 1990.

Também na década de 1990, fez sucesso na série infantil Caça Talentos como a Fada Margarida, ao lado de Angélica.

No teatro, deu vida à empregada Olímpia na peça Trair e Coçar É Só Começar, entre outros trabalhos.

Sua última novela foi Salve-se Quem Puder, em 2020. A atriz vivia sozinha em um apartamento no bairro de Copacabana.

O Brasil perde uma de suas grandes atrizes, deixando o mundo da arte em profundo luto.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Vingança, O Musical é aplaudido por estrelas Longa Jornada Noite Adentro é aplaudida por famosos Marina Sena fala do 2º álbum Orgulho LGBT+ 5 peças em São Paulo Parada do Orgulho LGBT+ bate recorde com 4 milhões de pessoas