Instituto do Teatro Brasileiro faz aula inaugural do PTAC no Teatro Porto

Aula inaugural do programa Práticas e Técnicas para as Artes Cênicas (PTAC) – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo
Aula inaugural do programa Práticas e Técnicas para as Artes Cênicas (PTAC) no Teatro Porto pelo Instituto de Teatro Brasileiro (ITB) – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo
Fotos RAFA MARQUES
@rafamarquesfotografo_jpg

Aconteceu na noite desta terça-feira, 31 de maio, no Teatro Porto, uma importante aula inaugural do programa Práticas e Técnicas para as Artes Cênicas (PTAC), iniciativa do Instituto do Teatro Brasileiro (ITB) com parceria do Instituto Porto. O Blog do Arcanjo esteve presente com exclusividade. O encontro reuniu os 80 alunos dos cursos nas áreas de luz, som, técnicas de palco e produção.

Vale destacar que o PATC recebeu 540 inscrições para as atividades, que são gratuitas e viabilizadas por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

“Essa é uma conexão com que a Porto já faz por meio do Instituto Porto, que atende à comunidade do nosso entorno. Desta vez, abrimos às portas para recebermos outras comunidades, entregando um trabalho para a sociedade, que não fazíamos até então, desta maneira no Teatro. O Teatro Porto tem um papel social por ser um equipamento cultural, com acesso às pessoas por meio da cultura. Agora a gente também possibilita formação de mão de obra que não é só para a arte, isso que mais nos encanta. As pessoas também poderão trabalhar efetivamente, não só nos palcos. Elas estarão prontas para serem produtoras, iluminadoras… Isso é muito bacana como resultado social do trabalho que fazemos há muito tempo”, descreve Diogo Rios, coordenador de live experience da Porto.

Coordenador de live experience da Porto, Diogo Rios, na aula inaugural do PTAC – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo
Coordenador de live experience da Porto, Diogo Rios, na aula inaugural do PTAC no Teatro Porto – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo

Esteve presente também o presidente do Instituto do Teatro Brasileiro, Gabriel Fontes Paiva – que é um dos coordenadores pedagógicos do programa PTAC, juntamente com André Prado (ambos coordenam as oficinas de luz e produção, respectivamente), com a consultoria pedagógica de Maria Thais, professora da ECA-USP. André Omote responde pela coordenação do curso de Técnico de Som.

Presidente do Instituto do Teatro Brasileiro, Gabriel Fontes Paiva, na aula inaugural do PTAC – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo
Presidente do Instituto do Teatro Brasileiro, Gabriel Fontes Paiva, na aula inaugural do PTAC – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo

É uma honra inaugurar esse programa em São Paulo, que já está ocorrendo em Ipatinga (MG). A próxima cidade beneficiada pelo projeto será a cidade de Petrolina (PE). É muito importante essa parceria do Instituto do Teatro Brasileiro e Teatro Porto. É um programa que é voltado para formação de técnicos e produtores, com uma pedagogia mais generalista e menos específica. No primeiro mês, eles terão as mesmas disciplinas e depois irão para suas especialidades. É interessante, pois ele é voltado para jovens, com a oportunidade de se aprofundar nessas profissões do teatro que têm poucas opções de cursos.

Gabriel Fontes Paiva
presidente do Instituto do Teatro Brasileiro

Além disso, Carol Bucek, coordenadora do curso de Técnicas de Palco conversou com o Blog do Arcanjo sobre a relevância do projeto.

“Estou convidando professores com experiência em suas áreas de atuação, para ministrar os conteúdos. É uma iniciativa muito válida para novos profissionais. O teatro precisa disso! Pessoas com tempo, conhecimento e formação. A maioria de nós se formou de maneira autodidata, na raça. Que muitos desses alunos estejam daqui a vinte anos trabalhando”, destaca Carol Bucek.

Coordenadora do curso de Técnicas de Palco, Carol Bucek, na aula inaugural do PTAC – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo
Coordenadora do curso de Técnicas de Palco, Carol Bucek, na aula inaugural do PTAC no Teatro Porto – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo

Segundo os organizadores, o corpo docente contará ainda com mais de 40 profissionais de notório conhecimento nas disciplinas ministradas.

Palestrantes de peso

Para compor a mesa da banca, o evento contou com três especialíssimos nomes, inseridos de maneira visceral no universo das artes cênicas – cada um em seu setor de atuação:

Cantora, compositora, atriz, figurinista e co-fundadora do Grupo Cupuaçu, Ana Maria Carvalho iniciou a palestra contando e cantando parte de sua trajetória artística.

“Eu me sinto acolhida por essas pessoas. É um privilégio passar um pouco do que eu sei para esses jovens. Minha missão é trocar, passar conhecimento. É isso. Quando a gente ministra um trabalho é uma espécie de troca contínua, aprendemos bastante”, destaca a multifacetada artista, Ana Maria Carvalho.

Atriz, cantora e compositora, Ana Maria Carvalho, na aula inaugural do PTAC – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo
Atriz, cantora e compositora, Ana Maria Carvalho, na aula inaugural do PTAC – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo

Na sequência, Aníbal Marques, conhecido como Pelé, descreveu os bastidores do ofício que desempenha há mais de três décadas, como chefe de palco do Theatro Municipal de São Paulo. Ele é pedagogo do curso de Técnicas de Palco.

“Me sinto muito realizado pelo meu trabalho. Esse convite me deixou honrado, feliz e nervoso (risos). É sinal que as pessoas gostam do meu trabalho, sabem da minha capacidade e confiam no que eu faço”, avalia Pelé.

Chefe de palco do Teatro Municipal de São Paulo, Pelé, na aula inaugural do PTAC – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo
Chefe de palco do Teatro Municipal de São Paulo, Pelé, na aula inaugural do PTAC – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo

Já a diretora e iluminadora Cibele Forjaz ressaltou a importância da formação técnica de novos talentos.

“Essas pessoas terão a oportunidade de obter uma formação técnica, profissionalizante e de forma gratuita. E para a cena é importante porque as técnicas milenares eram passadas de pai para filho, de uma geração para outra. Nos últimos tempos, as escolas estão substituindo esse lugar. Mas há várias instituições ótimas como a SP Escola de Teatro no campo da atuação. Na parte considerada mais artística de cenografia, direção, som, iluminação, cenotécnica, costura de figurino ainda há poucas escolas. Há um campo vasto de trabalho que também precisam de novos profissionais”, explica Cibele Forjaz.

Diretora e iluminadora, Cibele Forjaz, na aula inaugural do PTAC – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo
Diretora e iluminadora Cibele Forjaz na aula inaugural do PTAC no Teatro Porto – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo

Os cursos são gratuitos e as aulas ocorrerão até 26 de julho deste ano. Os estudantes celebram a novidade. “Estou ansiosa para fazer a aula. Eu escolhi fazer o curso Técnico de Iluminação, porque eu já tenho experiência com fotografia, é muito mais a minha área. Me identifiquei bastante”, afirma Tayná Fernandes, aluna do programa PTAC.

“Eu escolhi Produção Cultural porque já trabalho com produção e teatro, sou atriz. Vim buscar a parte acadêmica, vivência eu já tenho”, entrega Dairzey Nascimento, aluna do programa PTAC.

Alunas Tayná Fernandes e Dairzey Nascimento na aula inaugural do PTAC – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo
Alunas Tayná Fernandes e Dairzey Nascimento na aula inaugural do PTAC – Foto: Rafa Marques – Blog do Arcanjo

Com reportagem de Michele Marreira

Blog do Arcanjo mostra os bastidores da aula inaugural do programa Práticas e Técnicas para as Artes Cênicas (PTAC) por Teatro Porto e ITB pelo olhar do fotógrafo Rafa Marques

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Vingança, O Musical é aplaudido por estrelas Longa Jornada Noite Adentro é aplaudida por famosos Marina Sena fala do 2º álbum Orgulho LGBT+ 5 peças em São Paulo Parada do Orgulho LGBT+ bate recorde com 4 milhões de pessoas