Pantanal: Rica, família Novaes movimenta novela da Globo

Família Noves vai movimentar Pantanal - Foto: João Miguel Jr. Globo - Blog do Arcanjo
Família Noves vai movimentar Pantanal – Foto: João Miguel Jr. Globo – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Novelão bom tem família rica repleta de podres. O Blog do Arcanjo adianta aqui todos os detalhes de uma das famílias que vai movimentar a novela Pantanal, remake que a Globo estreia no horário das 21h no dia 28 de março de 2022.

O cenário é o Rio de Janeiro da década de 90. Membros da alta sociedade, uma família riquíssima, que não sabe que sua fortuna está em risco devido às imprudências de Antero (Leopoldo Pacheco).

Eloquente, educado e sagaz, Antero é um bon vivant, um tipo tão polido quanto dissimulado. Embora não seja um sujeito íntegro, no sentindo literal da palavra, é absolutamente honesto.

Herdeiro de uma família tradicional da cidade, ele é casado com Mariana (Selma Egrei), com quem tem duas filhas, Madeleine (Bruna Linzmeyer/ Karine Teles) e Irma (Malu Rodrigues/ Camila Morgado). 

Madeleine é subversiva por natureza e arrebata corações por onde vai. Embora conviva com a marcação acirrada da mãe, Mariana, ela vive rodeada de amigos. E pretendentes. Madeleine não dá a mínima para normas ou qualquer convenção social que a mãe tenta ditar.

Enquanto sua irmã Irma reza pela cartilha da mãe, Madeleine reza pela do pai, blefando, aqui e acolá, para conseguir o que quer. Não tem medo de nada, muito menos de jogar alto. 

É justamente essa vontade de viver que faz com que, ao conhecer José Leôncio (Renato Góes), Madeleine se fascine pela figura tão excêntrica e diferente de todos ao seu redor. E quase como uma brincadeira, ela se joga nesta aventura em uma noite que mudará para sempre sua vida.

Mas nem tudo é leve como a jovem acredita ser. Esta noite com José Leôncio pode lhe trazer muitos prazeres, mas traz muitos inconvenientes também.   

Mariana, a mãe de Madeleine, é uma verdadeira raposa, capaz de antever onde cada passo irá terminar. Afeita à vida em meio à alta roda, assimila uma personalidade controladora e moralista, sem se tornar hipócrita.

Ela será a primeira a ir de encontro às escolhas de Madeleine após a filha conhecer o peão pantaneiro. Mariana não está sozinha, tem como aliado Gustavo Sousa Aranha (Gabriel Stauffer/ Caco Ciocler), ex-namorado de sua caçula. 

Oriundo de uma tradicional família carioca e, seja pela vontade de Mariana, os laços entre os Sousa Aranha e os Novaes se estreitariam através do sagr éado matrimônio entre ele e Madeleine.

Mestre em análise comportamental, Gustavo é equilíbrio, lucidez e a razão que Madeleine tanto carece. Ela, a paixão, o desejo e, de certa maneira, o tempero que a vida dele precisa.

Embora seja capaz de analisar com profundidade todos à sua volta, Gustavo não encara seus problemas de frente e por isso, porque não se dá o devido valor, atende sempre aos apelos de Madeleine.  

Enquanto Antero tenta amenizar os conflitos que esse encontro de Madeleine e José Leôncio trazem à Mansão Novaes; Mariana e Gustavo são os responsáveis por fazer o conflito crescer; e quem parece – só parece – estar alheia às escolhas da irmã é IrmaIrma vive uma vida sem grandes emoções.

Primogênita da família Novaes, nasce sob os firmes cabrestos impostos pela mãe, sem liberdade para muita coisa além de obedecer. Na juventude, tem um pudor extremo, é sempre muito cordata, obediente. Esse recato autoimposto a faz sofrer, sem que as pessoas imaginem o quanto lhe custa toda essa repressão.

O que ninguém percebe também é o fardo que Mariana impõe a Irma sempre que a usa de sarrafo para a caçula Madeleine. Forjadas sobre esse paralelo constante, e injusto, cada uma reage à sua maneira.

Enquanto Madeleine responde com rebeldia, Irma se embrenha cada vez mais no jogo da mãe, sem notar que a vida escorre por entre os dedos sem que ela tenha sentido sequer o seu sabor. A chegada de José Leôncio, contudo, promete mexer com essa personalidade tão delicada.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Um dos mais influentes e respeitados jornalistas e críticos culturais do Brasil, Miguel Arcanjo Prado dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Foi eleito entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Morre pai do Padre Marcelo: “Até a eternidade” Colplay cancela shows no Brasil por doença de Chris Martin Marilyn Monroe, Blonde: Curiosidades do filme Tim Maia: 80 anos do eterno síndico Arlete Salles brilha no Teatro das Artes