Festival de Curitiba completa 30 edições com grandes artistas de 29 de março a 10 de abril

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Celebração do reencontro é o mantra que move os diretores Leandro Knopfholz e Fabíula Passini na elaboração do Festival de Curitiba. Afinal, o maior evento das artes cênicas do Brasil e da América Latina retoma o presencial de 29 de março a 10 de abril, justo quando comemora sua 30ª edição.

Para isso, a curadoria aposta em grandes nomes do teatro, entre os quais grupos como Satyros, Galpão e Armazém, além de diretores como Gerald Thomas e Gabriel Villela e diálogo farto como outras áreas, como as artes visuais, com a exposição fotográfica de Lenise Pinheiro no Museu Oscar Niemeyer.

Essa é uma edição especial do Festival de Curitiba! Uma edição da celebração e do reencontro. Vamos preencher as ruas e os teatros com espetáculos, olhar para a memória desses 30 anos, homenagear pessoas importantes para o Festival, dar ênfase para espaços de diálogos e formação, além de dar o primeiro passo para o digital, com a criação de uma plataforma que facilita a conexão profissional de todos que trabalham com a cena, de atores a fornecedores, divulgando pessoas e oportunidades de trabalho. Na comemoração dessas três décadas vamos celebrar na rua, nos teatros e no universo digital.

Leandro Knopfholz e Fabíula Passini
diretores do Festival de Curitiba.
Leandro Knopfholz, diretor do Festival de Teatro de Curitiba: de volta ao presencial para celebrar 30ª edição – Foto: Daniel Sorrentino – Blog do Arcanjo
Fabíula Passini, diretora do Festival de Curitiba: 30ª tem lançamento de rede social do teatro brasileiro – Foto: Annelize Tozetto – Blog do Arcanjo

Os ingressos começam a ser vendidos dia 21 de fevereiro tanto na bilheteria montada no piso L3 do Shopping Mueller, em Curitiba, quanto pelo site oficial: www.festivaldecuritiba.com.br. Entre 17 e 20 de fevereiro, haverá troca de vouchers de quem comprou ingressos para a edição de 2020, que foi cancelada pela pandemia.

Lucia Camargo: gestora cultural pioneira vira nome da Mostra Oficina do Festival de Curitiba, agora Mostra Lucia Camargo – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Mostra Lucia Camargo

Uma das novidades desta edição é a nomeação da Mostra, em uma homenagem permanente à memória da produtora cultural, professora e jornalista Lucia Camargo, que perpetua sua importância na arte brasileira e, especialmente, na história do Festival de Teatro de Curitiba.Este ano a programação faz um resgate histórico dos 30 anos do evento, reunidos em 25 espetáculos com a participação de companhias, diretores e atores que passaram pelos palcos durante o período. Em cartaz, montagens de sucesso e com a presença de nomes conhecidos nacionalmente, como Mateus Solano, Vladimir Brichta, Júlia Lemmertz, Denise Fraga, Guta Stresser, Luís Melo, Deborah Colker, Denise Stoklos, Emicida, Nicole Puzzi, Rosana Stavis, Edson Bueno, Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez. A Mostra Lucia Camargo é apresentada por EBANX, Paraná Banco, Governo do Estado do Paraná e New Holland, com patrocínio de Neodent, Vonder, SulAmérica e Novozymes.

Gerald Thomas – Foto: Emi Hoschi – Blog do Arcanjo

Gerald Thomas

Como estreia nacional, o aguardado espetáculo “G.A.L.A”, que marca o retorno do premiado autor e diretor Gerald Thomas ao Festival. Já entre as pré-estreias nacionais estão “Tudo”, comédia dramática com direção de Guilherme Weber, e “A Aforista”, novo texto do dramaturgo Marcos Damaceno. Destaque também para as remontagens, com “O Casamento”, da companhia Os Fodidos Privilegiados, que estreou no Festival em 1997; com “Conselho de Classe”, da Cia. dos Atores, do Rio de Janeiro, que esteve na programação de 2014; com “Parlapatões Revistam Angeli”, sucesso de crítica na Mostra de 2013; e de “Till, A Saga de um Herói Torto”, estreia do Grupo Galpão no Festival em 2010 e que retorna dentro das comemorações dos 40 anos da companhia.

Emicida – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Emicida

Fortalecendo a união da dramaturgia com a música, a 30ª edição também apresenta o show “AmarElo”, de Emicida, em única apresentação no Guairão, como também os musicais “A Hora da Estrela ou O Canto de Macabéa”, adaptação da obra de Clarice Lispector com músicas originais de Chico César; “Brasileiro, profissão: esperança”, um clássico dos anos 70 que já contou com interpretações de grandes nomes da MPB; e “Cordel do Amor Sem Fim”, com direção, cenário e figurino de Gabriel Villela.

Espaços alternativos

Além das 25 atrações, a Mostra Lúcia Camargo também contará com duas mostras convidadas e que ocorrem em espaços alternativos: a 6ª Mostra Ave Lola, uma programação ao ar livre com variadas expressões artísticas, e a Mostra Pôr do Sol, produzida pelo Campo das Artes, projeto do ator e diretor Luís Melo, em São Luiz do Purunã, (a 60 km de Curitiba) em parceria com o cantor, ator e diretor Marcio Juliano. A Mostra Pôr do Sol marca também a inauguração do espaço ao público.

Exposição

Ainda dentro da programação comemorativa, o Festival de Curitiba promove a exposição gratuita “Viva! 30 Anos por Lenise Pinheiro”, de 29 de março a 29 de abril, no Museu Oscar Niemeyer (MON), e com intervenções urbanas em vários espaços na cidade. Será um recorte de 408 fotografias e imagens do acervo da cobertura exclusiva dessas três décadas de evento pelas lentes da fotógrafa Lenise Pinheiro, uma das maiores referências em fotografia documental do teatro brasileiro, num panorama da evolução dos artistas e da estética dos espetáculos no período. A exposição “Viva! 30 Anos por Lenise Pinheiro” é apresentada por Paraná Banco, Governo do Estado do Paraná e Grasp, com patrocínio de Banco RCI Brasil, Chocolates Weissburg e Grupo Servopa.

Na exposição Viva! 30 Anos por Lenise Pinheiro tem aquecimento de peças, muita foto em cena. Tem Bia Lessa conversando com uma atriz, Chico César comovido com o autor da peça. Uma característica da exposição é que não tem ator ruim. A excelência dos trabalhos é que levou as escolhas.

Lenise Pinheiro
Fotógrafa

Interlocuções

O Interlocuções mantém seu foco em ações formativas, que objetivam a experiência e a integração entre artistas e público, além de atrair estudantes e grupos estimulando o pensamento crítico sobre as artes cênicas. Com curadoria de Celso Curi e de Giovana Soar, estão na programação de 2022 os debates, encontros, palestras, oficinas, filmes e lançamentos de livros. Parte das oficinas contam com vagas limitadas e as inscrições podem ser feitas pelo e-mail interlocucoes@festivaldecuritiba.com.br. O Interlocuções é apresentado por Copel, Sanepar e Governo do Estado do Paraná, com patrocínio da Klabin, da Celepar e da Vonder.

Festival na Rua

A Mostra Festival na Rua tem o objetivo de fomentar o setor da economia criativa de Curitiba e Região Metropolitana, conectando o espaço público com as pessoas. Serão mais de 120 sessões de teatro, música, circo e dança, distribuídas em áreas abertas, como parques e praças, e com a participação média de 250 artistas de companhias e grupos da Grande Curitiba. A abertura da mostra será no dia 1º de abril, às 19h30, com a estreia nacional do espetáculo “Roberta, uma Ópera Rock”, com texto de Roberto Innocente (falecido em abril de 2021) e direção artística de Nena Inoue e Mauricio Vogue. A Mostra Festival na Rua é apresentada por Uninter, Junto Seguros, CNH Industrial e Bosch, com patrocínio de Vivo, Copel, Vale e Da Magrinha 100% Integral.

Guritiba

O Programa Guritiba é um projeto anual que tem seu pontapé inicial no Festival de Curitiba. Impacta anualmente mais de 30 mil crianças e chega ao seu 13 º ano com atrações para toda a família. Brincadeiras, shows e apresentações teatrais, como as comédias infantis “Momo e o Senhor do Tempo” e “Henriques”, estão na programação. O intuito do programa é o de formar plateias e tornar mais amplo o acesso à arte e à cultura. O Programa Guritiba é apresentado por Peróxidos do Brasil, CNH Industrial, Da Magrinha 100% Integral e Schattdecor, com patrocínio da NTT DATA, Brose, Berneck e Cimentos Itambé.

MishMash 

Mostra de variedades artísticas e performáticas que diverte famílias inteiras com números de malabarismo, mágica, mímicas, circo, palhaçaria, música, entre outras vertentes, o MishMash ocorrerá 8 e 10 de abril, na Live Curitiba, tendo como anfitrião o famoso Palhaço Alípio, que já confirma a presença de artistas como o ilusionista Willian Seven, o equilibrista Fábio Salgueiro, manobras de bike aérea com Marina Prado, entre outras atrações. O MishMash é apresentado por Thales Group, Balaroti, Gelopar e Nissei, com patrocínio de Vianmaq Equipamentos, Grupo Arotubi, Cocamar e Cimentos Itambé.

Danilo Gentili- Foto: Nilton Russo Festival de Curitiba – Blog do Arcanjo

Risorama

Um grande comedy club com os maiores nomes do humor do país, em um pot-pourri de apresentações com a possibilidade de serviço de bar para o público, tendo como anfitrião um dos percursores do stand-up no Brasil, Diogo Portugal. Ao chegar em seu 18º ano, o mais tradicional festival de comédia do país ocorrerá de 31 de março até 5 de abril, na Live Curitiba, com nomes já confirmados como Thiago Ventura, Fábio Porchat, Danilo Gentili, Igor Guimarães, entre outros. O Risorama é apresentado por Paraná Banco, Potencial Biodiesel, Balaroti, Supermax e CNP Seguros, com patrocínio de Grasp, Grupo Barigüi, Helisul Aviação, Porto a Porto e Havan, tendo como cerveja oficial a Cacildis.

Circuito Espaço Aberto

O Circuito Espaço Aberto recebe apresentações de artistas da Grande Curitiba e convidados em seus próprios espaços, integrando a programação da 30ª edição do Festival de Curitiba. Serão 52 espetáculos, sendo 5 gratuitos e 15 no sistema “Pague Quanto Puder”, com atrações para diferentes idades e espalhados por toda a cidade.

Acompanhe todas as novidades e informações pelo site do Festival de Curitiba www.festivaldecuritiba.com.br, pelas redes sociais disponíveis, no Facebook @fest.curitiba, pelo Instagram @festivaldecuritiba e pelo Twitter @Fest_curitiba.

Público do Festival de Curitiba – Foto: Daniel Sorrentino – Blog do Arcanjo

Serviço

O que: 30.º Festival de Curitiba

Quando: De 28/03 a 10/04 de 2022.

Valores: Os ingressos vão de R$ 0,00 até R$ 80,00 (mais taxas administrativas).

Ingressos: www.festivaldecuritiba.com.br e na bilheteria física exclusiva do Shopping Mueller (piso L3), de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h; domingos e feriados, das 14h às 20h.

Verifique a classificação indicativa e orientações de cada espetáculo

Hashtags oficiais – #festivaldecuritiba #festcuritiba #viva #vivaofestival #festival30anos

Valores:

Mostra Lúcia Camargo – De R$ 40 a R$ 80,00 (entrada inteira), + taxa administrativa.

Risorama – De R$ 40 a R$ 80,00 (entrada inteira) + taxa administrativa
Circuito Espaço Aberto – De R$ 0 a R$ 80 (entrada inteira) + taxa administrativa MishMash – De R$ 25 a R$ 50,00 (entrada inteira) + taxa administrativa

Programa Guritiba – De R$ 25 a R$ 50,00 (entrada inteira) + taxa administrativa

+ Festival de Curitiba

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Um dos mais influentes e respeitados jornalistas e críticos culturais do Brasil, Miguel Arcanjo Prado dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Foi eleito entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Surra de estilo: Prêmio Bibi Ferreira 2022 Grammy Latino 2022: Veja brasileiros indicados! Travessia estreia em 10 de outubro na Globo Fred Raposo é destaque no Mirada Maitê Proença estreia O Pior de Mim em SP