Programa Modernismo Hoje celebra 100 Anos da Semana de Arte Moderna de 22 com 270 atrações

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Marco do movimento modernista no Brasil e na criação de uma identidade artística nacional, a Semana de Arte Moderna de 1922 completa 100 anos neste mês de fevereiro. Para celebrar a data, o Governo de São Paulo anunciou variados eventos que integram o Programa Modernismo Hoje. Em conversa com a imprensa, o secretário de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão, reforçou a importância da Semana de 22, assim como o secretário de Turismo e Viagens, Vinicius Lummertz, parceiro do projeto.

Somos militantes da cultura, da arte, da inteligência, da informação, da ciência e do conhecimento e trabalhamos para difundir isso. A celebração do Centenário da Semana de Arte Moderna de 1922 e do Centenário da Independência no segundo semestre não ficarão restritas ao círculo de artistas, intelectuais e acadêmicos. A premissa é mobilizar o maior número de cidadãs e cidadãos.

SÉRGIO SÁ LEITÃO
Secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo

Entre as ações anunciadas estão a nova Casa Mário de Andrade, no bairro da Barra Funda; obras modernistas do acervo da Pinacoteca expostas ao público; além de projeção mapeada no Palácio dos Bandeirantes. Ao todo são 270 atividades culturais programadas; das quais 186 eventos já foram realizados e 84 estão programadas para os próximos meses. Segundo Sá Leitão, o investimento nestas ações foi de R$ 50 milhões.

Vivemos no Brasil um contexto adverso no qual a cultura, a ciência, a tecnologia e o conhecimento estão sendo questionados. Por isso, é fundamental que a gente afirme na arena pública o caráter transformador e inclusivo do que nós fazemos na arte e na cultura, que deve ser objeto de incentivo do poder público. É isso que temos procurado fazer em todas as nossas ações e atividades. A Semana de 22 é um patrimônio do Brasil e deveria ser interesse do governo federal também, mas estamos empunhando esta bandeira de trazer o Modernismo para a agenda da sociedade, que pense sobre ele e tenha também um pensamento crítico sobre o mesmo. O Governo de São Paulo deixa com o Programa Modernismo Hoje um legado ao Brasil.

SÉRGIO SÁ LEITÃO
Secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo

Exposições

Os destaques de 2022 ficam por conta da exposição Modernismo. Destaques do Acervo, na Pinacoteca  (13 de janeiro a 20 de dezembro), com 134 obras de artistas modernistas que fazem parte do acervo do museu. O Blog do Arcanjo visitou a exposição, que traz pinturas históricas como Amigos, de Di Cavalcanti, Antropofagia e São Paulo, de Tarsila do Amaral; Auto-retrato e Portadora de Perfume, de Victor Brecheret; Bananal, de Lasar Segalli; Casal na Varanda, de Cícero Dias e Dois Irmãos, de Ismael Nery.

Também está programada a exposição O Atelier de Brecheret, no Museu Catavento, sobre a vida e a obra de Victor Brecheret (10 de fevereiro a 31 de março de 2022). Outra mostra de destaque é Pilares de 22, no Memorial da América Latina, com caricaturas de artistas brasileiros que influenciaram o modernismo na América Latina (13 de fevereiro a 13 de abril).

Ainda há a exposição Esse Extraordinário Mário de Andrade, no Museu Afro Brasil (25 de fevereiro a 30 de junho), e a projeção mapeada 100 anos de Modernismo / São Paulo celebra a Semana de 22, do Estúdio Bijari, na fachada do Palácio dos Bandeirantes (13 a 17 de fevereiro).

A partir de abril, estão previstas a inauguração da exposição A Arte Sacra dos Modernistas no Museu de Arte Sacra de São Paulo, com obras de artistas modernistas criadas a partir da religiosidade e da fé; da galeria multimídia do Museu Casa de Portinari (Brodowski, interior de SP), apresentando as obras de Candido Portinari reunidas em seu Catálogo Raisonné, e da mostra multimídia e interativa 100 Anos Modernos no MIS, com curadoria de Marcello Dantas.

“É fundamental afirmar a potência e o caráter transformador da arte e da cultura”, afirma o secretário de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão.

Show Novas Pagus

Nesta quarta, 9 de fevereiro, às 20h30, acontece o show Novas Pagus para celebrar o legado de uma das principais mulheres da Semana de 22. O evento contará com as cantoras Anná, Azzula e Maíra Baldaia, cantando músicas que falam da força da mulher brasileira e prestarão ainda tributo a Elza Soares e Rita Lee no repertório. Ingressos estão disponíveis pela Sympla. O evento é gratuito na SP Escola de Teatro da Praça Roosevelt, 210, gerida pela Adaap (Associação dos Artistas Amigos da Praça) e ligada à Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

Osesp modernista

A Osesp abre a temporada 2022 com Vasto Mundo: Clássicos Modernistas. A partir de março,serão 109 concertos, entre sinfônicos, corais e de câmara — do Quarteto Osesp e recitais com convidados. São mais de 50 artistas convidados e quase 200 obras, que vão do Barroco ao contemporâneo. Além disso, há também programas especiais e apresentações gratuitas e a preço popular.

Casa Mário de Andrade será ampliada na Barra Funda – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Casa Mário de Andrade de cara nova

“O Programa Modernismo Hoje traz a Semana de Arte Moderna, um patrimônio do Brasil, para a agenda da sociedade para que as pessoas conheçam e interajam com o tema. Também queremos deixar um legado, como a nova Casa Mário de Andrade”, pontua Sá Leitão ao destacar o projeto que será inaugurado até dezembro deste ano.

Trata-se da ampliação da Casa Mário de Andrade, museu que foi casa do grande escritor modernista na Barra Funda, zona oeste da capital. O local deve sediar um complexo sobre o modernismo, com áreas expositivas, núcleo educativo, sala multimídia e acervo. No investimento de R$ 8,6 milhões, está prevista ainda a construção de um auditório com 80 lugares, café e loja.  

Palácio dos Bandeirantes tem importante acervo do Modernismo – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Palácio dos Bandeirantes e Agenda Tarsila

Na programação virtual, a plataforma #CulturaEmCasa, feita pela Amigos da Arte, vai contar a história dos modernistas por meio de uma projeção mapeada na fachada do Palácio dos Bandeirantes. Também será possível assistir, de 13 a 19 de fevereiro, ao vivo, as projeções na própria sede do Governo de São Paulo. As projeções envolvem imagens de importantes ícones do modernismo – com iconografia, obras e alegorias inspiradas na produção artística da época. Segundo Sá Leitão, o governador João Doria fez questão que o Palácio dos Bandeirantes, que conta em seu acervo com obras importantes do movimento de 22, estivesse como uma das sedes do Programa Modernismo Hoje.

Além do vídeo mapping, outro destaque das celebrações do centenário da Semana de Arte Moderna é a Agenda Tarsila, plataforma criada em 2021 e lançada no aniversário de Tarsila do Amaral, 1º de setembro, que conta com entrevistas, vídeos exclusivos, material educativo com as participações de parentes dos modernistas, pesquisadores e artistas contemporâneos, além de curiosidades sobre o movimento.

A Agenda Tarsila reúne 500 atividades online e presenciais das instituições públicas e da sociedade civil, além de um vasto conteúdo relacionado ao tema modernism. Até o momento, o portal tem 100 mil usuários únicos compilados e 9 milhões de usuários alcançados em redes sociais.

Tarsila do Amaral: Agenda Tarsila destaca programação que celebra 100 Anos da Semana de 22 – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Fomento

O secretário de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão, ainda lembrou que no eixo Fomento, o ProAC Editais 2021 R$ investiu 1,5 milhão para um edital específico destinado a projetos relacionados ao tema modernismo. Foram 494 projetos inscritos 16 selecionados (10 do interior e 6 da capital).

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.