Viga Espaço Cênico é demolido para virar prédio e dono busca novo endereço

Visão da plateia do Viga Espaço Cênico: teatro que funcionou por 18 anos em SP já começou a ser demolido - Foto: Divulgação - Blog do Arcanjo
Visão da plateia do Viga Espaço Cênico: teatro que funcionou por 18 anos em SP já começou a ser demolido – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

O Viga Espaço Cênico, um dos teatros mais charmosos de São Paulo, já deixou de existir na rua Capote Valente, 1323, no bairro de Pinheiros. O espaço projetado pelo arquiteto Roberto Loeb fechou em 30 de junho, após ser alugado nos últimos 18 anos e sucumbir à crise por conta da quarentena.

O lugar já começou a ser demolido pela incorporadora MOS, que comprou o terreno por R$ 6,5 milhões e fará um empreendimento imobiliário. O produtor cultural Arnolfo de Mello, dono do Viga, procura novo endereço para reabrir o teatro em 2022.

O Blog do Arcanjo lembra que o Viga foi um dos espaços que aderiram à reabertura dos teatros, abrigando neste ano peças como O Último Concerto para Vivaldi, de Dan Rosseto, e A Ponte, de Luccas Papp.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico de artes Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, Folha, Abril, Band e UOL. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Foto: Edson Lopes Jr.

© Blog do Arcanjo – Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados | Proibida reprodução sem citação com link.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *