Prêmio Arcanjo de Cultura: Conheça os finalistas na categoria Especial 2020

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

2020 foi um ano desafiador, não é mesmo? A arte foi – e sempre será – uma grande aliada nas adversidades da vida. Grandes nomes da nossa cultura nos alegram, emocionam e com sua arte transformam nosso modo de sentir, pensar, ouvir. A pandemia fez nossos artistas inovarem! Em sua segunda edição, o Prêmio Arcanjo de Cultura celebra a vida e a obra de grandes nomes na categoria Especial, que tem como curador o idealizador do Prêmio, o jornalista e crítico Miguel Arcanjo. No próximo dia 28/04, 19h, pelo canal Blog do Arcanjo no Youtube, vamos conhecer os vencedores. Vale lembrar que Teatro, Música, Artes Visuais, Streaming TV, Cinema e Redes também fazem parte da premiação! Vamos aos indicados!

Anderson Jesus pela proposta de comunicação que valoriza a trajetória negra, foco do projeto de conteúdo digital multiplataforma Todos Negros do Mundo (TNM). Angela Ro Ro pelos 70 anos de uma artista talentosa, pioneira na liberdade do amor e com trajetória de sucessos que marcaram gerações. Elza Soares pelos 90 anos desta artista de grande talento, farta coragem e constante capacidade de reinvenção, além de ser voz histórica da mulher negra brasileira. Fábio Porchat pelas entrevistas em formato live na quarentena e pela ajuda a artistas e técnicos em vulnerabilidade na pandemia.

Fundo Marlene Colé da APTI, Fundo Iasmine do Teatro Musical, APTR, SP Escola de Teatro, Cooperativa Paulista de Teatro e Sated pelas campanhas de ajuda a artistas e técnicos vulneráveis na pandemia da Covid-19. Hilton Cobra pela irretocável trajetória de valorização do teatro negro, coroada com a excelente peça Traga-me a Cabeça de Lima Barreto. Hugo Possolo pelos múltiplos editais da Secretaria Municipal de Cultura da Cidade de São Paulo durante a pandemia, primordiais para a sobrevivência do campo cultural paulistano. Itaú Cultural pelos editais Arte como Respiro durante a quarentena em diferentes linguagens artísticas, que trouxeram fôlego extra às artes e seus profissionais.

Os Crespos Cia. de Teatro pelos 15 anos da importante companhia dedicada ao teatro negro sob comando de Lucelia Sergio e Sidney Santiago Kuanza. Pedro Paulo Cava Pela trajetória de 70 anos de vida e dedicação às artes cênicas em Minas Gerais, onde comanda o Teatro da Cidade em Belo Horizonte há três décadas.Sesc São Paulo pela série #SescEmCasa com espetáculos que representaram uma nova possibilidade produtiva na quarentena para profissionais das artes. Sérgio Sá Leitão pelos constantes editais da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo em apoio aos artistas durante a pandemia com destaque para o #CulturaEmCasa, com a Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA), que possibilitou o encontro de artistas com milhares de espectadores durante a quarentena.

Miguel Arcanjo é jornalista, colunista e crítico de artes com passagem pelos principais veículos do país. Bacharel em Comunicação Social pela UFMG, especialista em Mídia, Informação e Cultura pela ECA-USP e mestre em Artes pela UNESP, é diretor do Blog do Arcanjo, referência na cobertura cultural. É crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Passou por Globo, Record, Abril, Folha, Band e Gazeta, entre outros. Eleito três vezes um dos melhores jornalistas culturais do Brasil pelo Prêmio Comunique-se, além de ter recebido os prêmios Inspiração do Amanhã, Nelson Rodrigues, Leda Maria Martins e Referência Nacional pela Ancec. Atualmente, é Coordenador de Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo em parceria com a OLA Podcasts. Natural de Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007.

O júri do Prêmio Arcanjo de Cultura, conduzido pelo jornalista e crítico Miguel Arcanjo, conta com Adriana de Barros, Bob Sousa, Hubert Alquéres e Zirlene Lemos, especialistas que acompanham de perto as linguagens artísticas abarcadas. Ivam Cabral assina a direção artística, com direção de produção de Hernan Halak e direção de vídeo da Iracema Rosa Filmes, além de produção de Elen Londero e Gustavo Ferreira, com assistência de Rodrigo Barros. O Prêmio Arcanjo conta com apoio do Edital Proac Expresso Lei Aldir Blanc.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista Miguel Arcanjo Prado é CEO do Blog do Arcanjo, fundado em 2012, e do Prêmio Arcanjo, criado em 2019. É mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes, da qual foi vice-presidente. Coordena a Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e apresenta o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Eleito um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se por três vezes e recebeu a Medalha Mário de Andrade, maior honraria nas letras do Governo do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Huffpost Brasil, Notícias da TV, Contigo, Superinteressante, Band, CBN, Gazeta, UOL, Uma, OFuxico, Rede TV!, Rede Brasil, Versatille, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Imprensa Digital, Melhores do Ano Guia da Folha, Prêmios ANCEC e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor do Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã, Prêmio África Brasil, Prêmio Leda Maria Martins e Prêmio Governo do Estado de São Paulo – Medalha Mário de Andrade.
Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Morre Glória Maria Harry e Meghan na Netflix Michael Jackson: Thriller faz 40 anos Marina Sena lança música com Gal Costa Crítica | Anitta maceta sons do Brasil no álbum À Procura da Anitta Perfeita e supera críticas com hits do verão