Morre Contardo Calligaris, psicanalista e escritor que analisou o Brasil

Morre psicanalista e escritor Contardo Calligaris (1948-2021) - Foto: Divulgação - Blog do Arcanjo
Morre psicanalista e escritor Contardo Calligaris (1948-2021) – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo

Morreu Contardo Calligaris, 72 anos, psicanalista, escritor e dramaturgo italiano radicado em São Paulo. A notícia foi confirmada por seu filho, Max Calligaris, em postagem nas redes nesta terça (30). A família não divulgou a causa da morte.

Ele atuava como colunista do jornal Folha de S.Paulo, onde escrevia semanalmente desde 1999, sendo considerado um dos grandes pensadores sobre o Brasil.

Calligaris é autor dos livros Hello Brasil!, pela Editora Três Estrelas, Cartas a um Jovem Terapeuta, pela Editora Planeta, e Coisa de Menina?, com Maria Homem, pela Editora Papirus, entre outros.

Também foi presidente do Conselho de Administração da Associação dos Artistas Amigos da Praça (Adaap), instituição que gere a SP Escola de Teatro.

Postagem de Max Calligaris confirma morte de seu pai, o escritor e psicanalista Contardo Calligaris (1948-2021) - Foto: Instagram @mxcalligaris - Blog do Arcanjo
Postagem de Max Calligaris confirma morte de seu pai, o escritor e psicanalista Contardo Calligaris (1948-2021) – Foto: Instagram @mxcalligaris – Blog do Arcanjo

Nascido em Milão, na Itália do pós-Segunda Guerra, em 2 de junho de 1948, Calligaris estudou Epistemologia Genética na Suíca, e também Ciências Sociais e Letras.

Depois, transferiu-se para Paris, onde fez doutorado em Semiologia com o grande intelectual Roland Barthes (1915-1980).

Nesta época, começou a fazer análise como paciente e se interessou pela Psicanálise.

Em 1975, entrou para a Escola Freudiana de Paris, na qual ouvia o psicanalista Jacques Lacan (1901-1981) apresentar casos de seus pacientes. Tornou-se doutor em Psicologia Clínica pela Universidade de Provença, na França.

Depois, transferiu-se para os Estados Unidos, onde lecionou Antropologia na Universidade da Califórnia em Berkeley e ainda Estudos Culturais na The New School de Nova York.

Contardo Calligaris esteve no Brasil pela primeira vez em 1986, para dar palestras sobre seu livro Hipótese sobre o Fantasma. Aí se apaixonou e resolveu ficar no país. Era casado com a atriz Mônica Torres desde 2011 e inspirou o protagonista da série Psi, da HBO Brasil, em 2014, criada por ele e dirigida pelo filho Max Calligaris e Marcus Baldini.

Repercussão

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico de artes Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, Folha, Abril, Band e UOL. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo na OLA Podcasts. Foto: Edson Lopes Jr.

© Blog do Arcanjo – Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados | Proibida reprodução sem citação com link.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *