Salve-se Quem Puder volta à Globo: autor e diretor falam das gravações na pandemia

Salve-se Quem Puder: Alexia/Josimara (Deborah Secco), Luna/Fiona (Juliana Paiva) e Kyra/Cleyde (Vitória Strada) – Foto: Victor Pollak/Globo/Divulgação – blogdoarcanjo.com

Após um ano, a novela Salve-se Quem Puder está de volta no horário das 19h, informou a Globo ao Blog do Arcanjo. A partir de 22 de março a trama começa a ser reexibida desde o primeiro capítulo, marcando a retomada da história escrita por Daniel Ortiz que foi interrompida em função da pandemia.

Com as gravações finalizadas em dezembro de 2020, agora o público terá a oportunidade de se reconectar com a história e rever as aventuras de Alexia (Deborah Secco), Kyra (Vitória Strada) e Luna (Juliana Paiva) para, a partir de maio, começar a acompanhar os capítulos inéditos.

Na trama, as três personagens têm seus destinos entrelaçados ao tentarem sobreviver à chegada de um furacão em Cancún, no México. Como se não bastasse, elas também se tornam testemunhas acidentais de um assassinato.

De volta ao Brasil, são obrigadas a viver sob a custódia do Programa de Proteção à Testemunha e começam uma vida bem diferente. Com novas identidades, se juntam para tentar colocar Dominique (Guilhermina Guinle), integrante de uma organização internacional e assassina do juiz Vitório (Ailton Graça), atrás das grades, e finalmente recuperar suas vidas e a tão sonhada liberdade.

Mas, até lá, muitos acontecimentos, dramas, romances e aventuras estão previstos na trama. Este retorno e a finalização da novela são motivos de comemoração.

Fred Mayrink e Daniel Ortiz: diretor artístico e autor de Salve-se Quem Puder – Foto: João Miguel Jr. e Reginaldo Teixeira/Divulgação/Globo – blogdoarcanjo.com

Desfecho da novela

O autor Daniel Ortiz conta de que forma construiu o desfecho da história sem ter a novela no ar, uma situação até então inédita para ele e fala sobre a opção de não abordar a pandemia na trama.

“Essa decisão foi tomada por volta de maio do ano passado, quando pensávamos que voltaríamos com a trama no segundo semestre. Fiquei imaginando que colocar o coronavírus na novela seria pesado, primeiro porque iria alterar toda a dinâmica da história, e segundo porque é uma novela das sete, exibida entre dois jornais. Decidimos tentar fazer o melhor que poderíamos. Essa é uma novela de comédia, de aventura, e sabíamos que seria difícil gravá-la com os protocolos. Mas tínhamos que tentar, porque o público merece esse respiro”, afirma o novelista.

Já o diretor artístico Fred Mayrink fala sobre os desafios na retomada dos trabalhos seguindo os protocolos de segurança dos Estúdios Globo.

“Fazer uma novela já é um grande desafio, mas, quando veio o protocolo, a gente tinha uma preocupação muito grande com a segurança de todas as pessoas envolvidas. Acho que esse foi o primeiro ponto: como retomaríamos esse processo fazendo com quem as pessoas se sentissem seguras, e mais que isso, que elas estivessem realmente seguras. Houve um pacto muito bonito entre todos nós, no sentido de nos cuidarmos, de cuidarmos uns dos outros. Acho que só foi possível tornar esse trabalho agradável, dentro da loucura que foi, por causa dessa grande parceria. Reforçou mais ainda as nossas relações, o quanto nós nos admiramos e nos respeitamos”, diz o diretor.

Salve-se Quem Puder é escrita por Daniel Ortiz com Flavia Bessone, Nilton Braga e Victor Atherino e estreia dia 22 de março. A direção artística é de Fred Mayrink, direção geral de Marcelo Travesso, e direção de João Boltshauser, Alexandre Klemperer, Hugo de Sousa e Bia Coelho. Ainda no elenco, Flavia Alessandra, Rafael Cardoso, Guilhermina Guinle, Thiago Fragoso, Bruno Ferrari, Felipe Simas, Murilo Rosa, Otavio Augusto, entre outros.

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico de artes Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se. Passou por Globo, Record, Folha, Abril, Band e UOL. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Foto: Edson Lopes Jr.

© Blog do Arcanjo – Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados | Proibida reprodução sem citação com link.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *